domingo, 1 de agosto de 2010

SEISCENTAS PÁGINAS

Gato na lua
num galho montado
pobre do gato
que voa sentado
corre voando
bichano danado
de ramo em ramo
que é seu cajado
ai o bichano
não sabe coitado
quantos mais galhos
terá o sobrado
mas não desiste
porque iluminado
do astro que paira
e é seu telhado
mia o felino
não escreve dobrado
quanto mais mia
mais canta afinado
-
perfaz o meu blogue, com esta, as seiscentas páginas de originais desde que foi criado, a 2 de Janeiro de 2009 e nele guardo a sensação sublime de um salto monumental que até aqui me conduziu
aproveito esta ocasião para fazer uma pausa, silêncio tão merecido quanto as palavras que neste arquivo vivo deixo ao Vosso inteiro dispôr
o silêncio não é menos empenhado e comprometido do que mil palavras
-
A lição seiscentos
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 1 de Agosto de 2010

18 comentários:

manuela baptista disse...

gato alado

que sopra no vento
canta afinado
em páginas de tempo

gato em telhado de zinco quente
de água fria tem medo
mais vale um gato na mão do que dois pássaros a voar

gato que ladra não mia
o gato mia e a caravana não passa

seis vezes cem que me ultrapassa!

:)))))))))))))))))))))))))))

Manuela

Dulce AC disse...

"...as seiscentas páginas de originais desde que foi criado, a 2de Janeiro de 2009 .."

Gato alado
que muito mia e canta
e sempre afinado

um Olá e um grande salto que já precisamos para aí chegar...!
PARABÉNS JAIME!!

dulce ac

Linda Simões disse...

..."Somos cada um de nós poeta único(...)

O homem não nasce para trabalhar,nasce para criar,para ser o tal poeta à solta."


Parabéns!


Beijoquinhas,

Linda Simões

Jaime Latino Ferreira disse...

PRIMEIRO UMA JUSTIFICAÇÃO


À Manuela, à Dulce e à Linda


Foi após a publicação dos Vossos anteriores comentários que a este poema acrescentei do aviso de uma pausa que se justifica.

Pelo facto peço-Vos desculpas!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Agosto de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Miau ...!

Uma das razões porque decidi parar foi, exactamente, para ver se me apanhas!!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Agosto de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Minha Querida,

Outra das razões porque decidi parar foi para Vos dar tempo a que me leiam de fio a pavio e daí possam chegar onde quiserem!

Um beijinho e muito obrigado


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Agosto de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Querida Amiga que tardo por conhecer em pessoa,

E quem Lhe disse que criar não é trabalhar!?

Por vezes labora-se nesse equívoco, o de opor trabalho a criação, mas eu não partilho dele ...

Também não faço como muitos que se entregam a medir as percentagens ideais dos factores trabalho e criação na obra artística que se compõe!

Mas que é trabalho o que neste meu blogue se guarda, ai pode crer que também é!!

Aqui está outro excelente tema para a tertúlia que se avizinha e que ansiosamente aguardo!!!

Tal como saber parar e fazer silêncio, que acto de contenção laboral não é também!?

Obrigado e um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Agosto de 2010

manuela baptista disse...

para te apanhar terás de descansar 498 dias!!!

Manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Como assim, vais passar a editar diariamente!?

Sobre o silêncio escrevia acima à Linda tratar-se de um acto de contenção laboral quando o que verdadeiramente Lhe queria transmitir era que se trata de um laborioso acto de contenção ...!

Importas-te de Lhe dizer!?


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Agosto de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

SOBRE O SILÊNCIO


( ... )

quanto mais mia
mais canta afinado


escrevia eu mas acrescento:

Para afinar também é preciso saber parar e fazer silêncio!

E foi assim que, de repente, por eles me decidi ...


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Agosto de 2010

Linda Simões disse...

Criar. Trabalhar.Miar.

...


Encontro Tertuliano.

...


Pois que vamos ter tempo para tanto assunto!


rsrsrs


Eita!


Beijoquinhas,

Linda Simões

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


... e o gato que diga quanto lhe não custa e que trabalheira lhe não dá ... miar!

Eita mesmo, já saboreio por antecipação!

Até amanhã e um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Agosto de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Aceitam-se apostas:

Amanhã sempre quero ver quantas vezes me enganarei no Seu verdadeiro nome!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Agosto de 2010

Filomena disse...

Jaime!

Parabéns! 600 páginas! Parece que foi ontem!


Beijinhos

KrystalDiVerso disse...

Não me restando apenas o reconhecimento de uma marca assinalável, esbugalho estes meus olhinhos "verdes-maluco" e pergunto ao fundo de toda a profundidade de minha preguiça, que a julgo ser ainda mais preguiçosa do que eu (contagiosa), como é possível tanta dedicação?!...
Quando eu era pequenito, gostava de ser grande, mesmo que fosse como uma burro; maior até ser grande era o que interessava!... Antes de ser grande e depois de ter crescido fui burro, mas foi numa fase passageira. A fase. A burrice continuou vida fora e, ainda que eu a tivesse conseguido ultrapassar, a verdade, verdadinha, é que me tem perseguido sem dar tréguas! Um dia espeto-lhe um coice e arrumo de vez com essa perseguição, hehehehhe....
Mas seiscentas páginas?!!!!... Um gato na lua?!!!... Mais valia falar de mulheres, essas criaturas misteriosas que têm o poder ainda mais misteriosos do feitiço da lua!... E são tal e qual como os gatos em toda a plenitude do indecifrável, quando não querem o puzzle resolvido. Impenetráveis, quando querem... tal como a "engrenagem" cerebral que blinda a mente do felino orgulhoso!... A Mulher, por natureza, mesmo aceitando uns castigos pelos pecados que não comete, tem um orgulho felino... mas funcionando numa aplicação de sentido errado!... Tal como os gatos orgulhosos que não deixam que lhe passe o amaciador no liso do pelo. Mas aceita e até ensaia um emproar de do traseiro. Tive vários gatos "da semente" que, sendo "da semente" era um ver-se-te-avias durante todo o ano. Eram mais de seiscentas, ou por aí, as voltas concretizadas do cio!... Ainda assim, eram todos preguiçosos, esses raio de gatos "cobridores" que morriam secos como as palhas por tão activos na especialidade!... Sempre os admirei, admirava-lhes aquele frenesim!... Sempre esgotados, mas felizes!...
Mas... seiscentas páginas?!!!!!... Caro Jaime Latino F.
Parabéns e venham daí mais seiscentas!




Abraço

KrystalDiVerso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jaime Latino Ferreira disse...

FILOMENA CLARO


Minha Querida,

É verdade, mas o ontem que passou neste muito aqui presente se tornou ...!

E o cansaço é tanto que esta pausa se impunha!

Já vi que secretamente voltou ...

Ficarei mais uns dias em silêncio, não que não venha aqui responder a quem me escreva mas o ruído também é tanto que como gato num galho na Lua me distancio e fico a observar e a recentrar-me.

Obrigado!

Um grande beijinho e continuação de boas férias na expectativa do regresso de Sua filha


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Agosto de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

KrystalDiVerso


António Pina

Meu Caro,

Essa Sua burrice que nestes comentários se transfigura em cio de gato cobridor deixa-me, a mim sim (!), esgotado!

Para quem se vangloria da preguiça, os Seus comentários são autênticos ensaios a desafiar a preguiça alheia!!

Não me leve a mal mas impus-me a mim mesmo um brake e, portanto, não Lhe responderei taco a taco!!!

Não posso, contudo, deixar de Lhe agradecer os seus incentivos coberto porém de uma fina ironia de como quem diz vá, vá e aproveite esta minha pausa para ler as seiscentas páginas que estão para trás, de fio a pavio.

Em que é que ficamos, ah (!), um abraço de volta


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Agosto de 2010