terça-feira, 24 de julho de 2012

RAJADAS

Maggie Taylor, The Reader



Rajadas
são o que escrevo
a atingir
da flor
o nervo
enfoque
a que me atrevo

Rajadas
são o que escrevo
petardo
meu
tem do trevo
cúmulo de folhas
acervo 

São rajadas
que te escrevo
com margem
para o teu senão
minha defesa
o ataque
surpresa respiração


da outra para esta frente, revisto e com uma diferente interpretação de Cold Song de Purcell





Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Julho de 2012



1 comentário:

BRANCAMAR disse...

Está mesmo frio de tão quente Jaime...
Ficou-me a ideia do trevo, uma ideia de que gosto.

Beijos
Branca