quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

FEBRIL




Há muitos anos, julgo mesmo que desde a minha infância, que não sabia o que era uma gripe.
Pois caiu-me, com todas as letras, uma em cima:
Prostração geral, horas e horas a dormir, noites agitadas, quasi delirantes em ataques de pânico a coincidir com picos de quarenta graus de febre e, agora, já na sua ressaca, a sensação de quem levou um enxerto de pancada com dores no corpo e fraqueza geral a pedirem não mais do que repouso absoluto.

Gripe.
Por este ano estou, naturalmente, vacinado contra ela, assim  me dizia uma colega de trabalho a quem pedi dispensa de, hoje, preventivamente, ir trabalhar.
Que corriqueira mas, simultaneamente, tão incapacitante doença.
Gripe:
A fronteira entre a saúde e a doença?

Durante três dias não peguei numa cigarrilha …
Ardiam-me as entranhas mal as levava à boca!
Retomo, no entanto e aos poucos os meus hábitos, dir-me-ão que maus hábitos, dou-o de barato, nas progressivas melhoras que se vão assinalando.
Retomo, também, o hábito, julgo que o bom hábito de escrever, para da minha gripe deixar aqui o seu registo.

Reabilitado do meu knockout, retomo também os meus canais informativos e, de repente, parece-me, febril, voltar a um mundo profundamente doente:
Fala-se contra a receita da austeridade que não poderia senão conduzir a mais austeridade e, simultaneamente e da mesma boca, alega-se que os ordenados, esses, não poderão senão cair;
Lançam-se palpites sobre a permanência ou não de A ou B no Euro e fazem-se cálculos percentuais sobre as hipóteses de tal poder vir ou não a acontecer;
Transformam-se laureados em bruxos ou videntes e soma-se especulação à especulação!

O mundo está em estado febril!
Numa ânsia de protagonismo nunca antes vista todos se sentem com direito a ele e independentemente das reações em cadeia que possam vir a desencadear que desencadeiam mesmo!
Dar-se-ão, os próprios, conta disso!?
E ainda que apenas para perpetuarem os seus momentos de fama e de glória!?

Febril …
Como em rastilho seco e inflamável, os fogos propagam-se agora em pleno Inverno!

Febril.
Estarei ainda com febre?
O melhor é ir, de pronto, medir de novo a temperatura!












Jaime Latino Ferreira
Estoril, 29 de Fevereiro de 2012

7 comentários:

manuela baptista disse...

a ser febre, é amarela

explico:

o sr. Krugman sossega-nos

"Portugal não precisa de baixar os salários para o nível dos chineses”, afirmou."

ah! muito obrigada


e:

"O economista norte-americano admitiu que “é terrível” ser chefe de Estado de um país pequeno da zona euro, como Portugal."

engana-se, terrível é ser povo

o resto, é laureação mal distribuída

Jaime Latino Ferreira disse...

DOMINIQUE LABAUME


Lieber Freund,

Sehr dankbar, Ich wünche Ihnen alles gut!

Orgulha-me muito esta amizade franco-alemã se assim o poderei dizer ... já que a amizade não conhece fronteiras!

Soyez le bienvenue!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 1 de Março de 2012

Maria João disse...

Jaime

Meu amigo

Da mesma maleita padeci eu também, há uma semanas atrás. Chegou decidida a fazer estragos esta gripe, e , um pouco por todo o país, foi contaminando gente miúda e graúda, indiferente a atitudes prévias de precaução da mesma, como a vacinação.

Até os vírus se aproveitam da crise, é que a mesma provoca outros danos, para além dos mais visíveis, e as preocupações e angústias, reduzem naturalmente as defesas...

Um abraço apertado para si e um beijinho para a Manuela. Com os meus votos de rápidas melhoras.

Desta
Sua/Vossa amiga

Maria João

Filomena disse...

Jaime!

Então deu-lhe forte!

Não se esqueça da canjinha.

Um grande beijinho.

Filomena

Filomena disse...

Jaime!

Então deu-lhe mesmo forte!

A Manuela fez-lhe canjinha ?

Beijinhos

Filomena

BRANCAMAR disse...

Amigo Jaime,

Espero que já esteja bem.

De resto o mundo anda todo febril, como muito bem diz, a falta de serenidade abunda e a precipitação nunca foi boa conselheira.

É realmente de pensar se não estamos a delirar...mas sabemos bem que não e mesmo arregaçando as mangas para combater este delírio, há que ter uma boa dose de ilusão e esperança.

Bom fim de semana e tudo de bom.

Beijos
Branca

Jaime Latino Ferreira disse...

A TODAS


A todas as Amigas que demonstraram a Sua preocupação com a gripe que me/nos atingiu, aqui venho agradecer-Lhes os Seus cuidados e garantir-Lhes que o tempo, este e a sensatez se encarregarão de colocar tudo nos eixos.

Obrigado pela preocupação manifestada, Vosso


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Março de 2012