sábado, 13 de dezembro de 2014

BIOGRAFIA FOTO-MUSICAL - 3






















ergo a minha bandeira na certeza de que inteiro é quem inclui em si todos os eus que vai sendo








1 * 2




JLF
2014


5 comentários:

Kika disse...

Kriu?

É tudo uma questão de berço e é desde o berço que chegamos aonde estamos, afinal, aonde queremos estar, neste preciso local onde podemos ser aquilo que somos e que sempre fomos!

Todos estes registos transpiram um berço da mais natural e fina talha.

Eu também nasci num berço de talha natural, hoje, dizem as más línguas, de que se tratava de uma caixa da fruta reaproveitada, mas eu não acredito mesmo em nada nisso!

Aliás, se eu tivesse nascido rapaz, ter-me-iam chamado João e hoje seria conhecida pelo João da Talha!

Na primeira fotografia pareces-me um personal trainer, a erguer um pouco do véu que na altura te terá sido o céu de mais um "arraial"... A prova disso mesmo está em tantas mãos a agarrar-te, isto é, a puxar-te de novo para o ninho... Que gente mais fixada!

Na segunda fotografia foste do oito ao oitenta e dizes ou noventa, porque sempre foste um acelerado... Gosto do registo a P&B mas o teu semblante transmite-me um estado de espírito aquietado...

Na terceira fotografia tentavas imitar, ainda que através de uma imitação mais ou menos rude, o rosto e a mão fininha e comprida de uma grande amiga minha...

E ainda dizem que não há coincidências!

Foste ao palha-de-aço e fizeste o cabelo e o batom que usaste já parecia ser de qualidade. De facto, há uma fase na vida, pela qual passa a maioria dos homens, na qual ser mulher, ainda que por breves momentos, os preenche e os anima!

Não te critico por isso... "Jaime" ou simplesmente "she", assim como eu sou a "kika" ou simplesmente "me"!

Na última fotografia estavas todo areadinho, de banho tomado, barba feita e com muito creme passadinho pela totalidade do rosto. Depois foste por-te à janela a perguntar "quem quer casar com o Jaimezinho que é bom rapaz e bonitinho?"

Só não reparaste que, enquanto isso, te fugia um neurónio pela nuca, o responsável pela luz do teu cérebro e desde então, tiveste de te tornar cliente do mercado regulado da EDP.

Kriu!

disse...

Tu, do outro lado do Sol, como se foras um anzol, do lado de cá deste rol...

. intemporal . disse...

.

.

"Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive" .

.

.

. e,,, . está tudo dito . por.que a.final . sempre esteve .

.

. um grande abraço .

.

.

manuela baptista disse...

a História aos quadradinhos

me, painted by you :)

ki.ti disse...

não sabia que gostavas de acampar...

e o último quadradinho é em Tavira, é só para informar a Kika