terça-feira, 8 de novembro de 2011

REAFIRMO

no beco há luz

Reafirmo tudo o que tenho escrito, que aqui se patenteia e que não dá para repetir ou repisar como novelo que se enrola e que permanentemente me teria de ver na contingência de desenrolar numa meada sem fim para satisfazer o comodismo daqueles que não me tendo lido se sentissem no direito de não me fazer sair do mesmo sítio!
Como se a todos tivesse a obrigação de manter a par e não o contrário, todos, antes de me ajuizarem por um texto avulso, seguirem o fio que, no novelo com fio condutor que publicamente disponibilizo (!), me fez chegar até aqui!
Para mais tendo eu estado sempre receptivo ao contraditório que pouco se fez, até aqui, ouvir …
Numa Obra que se ergue vai para vinte e dois anos ou mais e que aqui, neste meu blogue, apenas transparece!
Reafirmo tudo o que até aqui escrevi e que Vos dei, dou publicamente a ler!
Tudo e mais …!
Mais:
Reafirmo que no beco escuro alimento a luz que faço, permanentemente, por conservar acesa nos meandros que nos parecem querer arrastar para o fundo!
Um fundo sem retorno nem humanidade!
Reafirmo …!
Reafirmo que há saída e que a Humanidade, o humanismo, os Direitos Humanos e a Democracia não são negociáveis!
Humanismo esse que ergueu ideologias e que, pese embora ao seu simultâneo arrepio, agitou utopias, as fez soçobrar e nos parece, agora e impotente, deixar às mãos avassaladoras dos mercados, essa utopia sem rosto nem alma que a tudo e a essa mesma Humanidade parecessem querer ou ter o direito a negociar!
Na minha inteira flexibilidade, como tudo o que neste meu blogue está escrito o demonstra, não sou negociável!
Reafirmo que no Serviço sem cálculos nem contrapartidas que presto, sendo gratuito na sua generosidade, não estou à venda!
Reafirmo-o!
Reafirmo que já vai longa, muito longa mesmo esta minha Jornada e que não estou disposto a abdicar de mim mesmo!
Reafirmo que no beco há luz, simples candeia que ilumina a tortuosidade dos tempos!
E que fundados no humanismo, céleres e decididos que temos de ser, Todos à uma concertados (!), o tempo é um inesgotável templo, o templo que cada um de nós é e que ainda há tempo para tudo!
Reafirmo-me na primeira pessoa, inclusivo e sem interpostos que não este suporte em que Vos escrevo e sem o qual não teria podido chegar até Vós …
Reafirmo-me!






 

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 8 de Novembro de 2011

22 comentários:

ki.ti disse...

Tem lá calma!

Eu contradigo-te, pá!

quando me abres a porta, eu não quero sair

quando me chamas, viro-te o rabo

flexíveis são os gatos e apenas eu vejo a luz num túnel escuro

mais não, mio!

Jaime Latino Ferreira disse...

Ki.Ti


Como é que se diz cãostaparta em gatês!?


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 8 de Novembro de 2011

ki.ti disse...

auf! auf!

manuela baptista disse...

reafirma-Te sim!

os caminhos nunca acabam


manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

Ki.Ti


Auf, aufa-te ... pois que seja!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 8 de Novembro de 2011

BRANCAMAR disse...

Acho muito bem Jaime que se reafirme e não abdique de si e continue participativo.

Só sendo nós mesmos podemos dar algo de útil ao mundo e ainda há tempo sim e esperança para que tudo se reverta.

Há muito que existem crises no princípio do séculos e sempre se ultrapassaram, é cíclico e não vale a pena sermos arautos da desgraça, vale a pena sim trabalharmos em conjunto para ultrapassar e vencer os obstáculos.

Beijinhos
Branca

Jaime Latino Ferreira disse...

AOS MEUS LEITORES


No meio de toda a confusão onde difícil se torna destrinçar uma saída, nada como a reafirmação daquela que reputo como sendo a substância do meu compromisso, aquele que me faz mover e me fez chegar até aqui!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 10 de Novembro de 2011

BlueShell disse...

Meu bom amigo...tenho tido pouco tempo...mas quem perde sou eu,.
Ao ler este texto...uma palavra apenas : esperança--oxalá!
Bj

Jaime Latino Ferreira disse...

BlueShell


A minha Amiga o diz ... e a uma interjeição a Alá, à esperança lhe acrescenta!

Queira Deus ou se Deus quiser na sua relação com o Eu que, sempre dividido, se reafirma ...

Muito obrigado, com um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 12 de Novembro de 2011

. intemporal . disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jaime Latino Ferreira disse...

QUE É FEITO DA ÁFRICA DO SUL


( DESABAFO )


Olhando para o meu planisfério que no fundo deste meu blogue se situa, espanto-me por neste não existir ainda nenhum pontinho vermelho ( visita ) proveniente da África do Sul ...!

Espanto-me tanto mais quanto por falarmos de um país democrático onde reside uma significativa comunidade que se expressa em português ...!?


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 12 de Novembro de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

LOGO


Logo e ainda reportando-me ao meu desabafo anterior, hoje como ontem e ainda que nestas auto-estradas, atravessar o Cabo das Tormentas ou da Boa Esperança ... é um autêntico bico de obra ...!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 12 de Novembro de 2011

ki.ti disse...

A África fica a sul,

aí não há pontinhos encarnados.

Fézada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Téréré disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jaime Latino Ferreira disse...

KI.TI, FÉZADINHA E TÉRÉRÉ


Xó bicharia ...!


KI.TI


... que engraçadinha ...!


TÉRÉRÉ


Canitinho,


... é para já!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 12 de Novembro de 2011

manuela baptista disse...

e foi!

:)))))

Irene Alves disse...

Subscrevo esse seu reafirmar.
Subscrevo o seu texto.
Um abraço
Irene

Fézada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Téréré disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jaime Latino Ferreira disse...

FEZADINHA E TÉRÉRÉ


Estafermos dos bichos ... quem me manda a mim dar-lhes confiança ...!?


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Novembro de 2011

Maria João disse...

Jaime

Meu amigo

Sabe o que eu penso sobre a forma como se afirma e reafirma.
Oxalá assim fizessem todos aqueles que se vão perdendo na confusão ambígua das palavras e dos actos, ou deixam que lhes morra nas mãos a vontade de serem alguma coisa.

Um abraço forte!