sábado, 12 de dezembro de 2009

FRAGMENTO VI

Cai como palavra
doce
algodão em rama
floco de fria neve
alvo dealbar de incógnitas
gélida interrogação
acolhedor destino
e cai e volta a cair
fragmentos
linhas de pensamento soltas e ao acaso
e outra e outro
dilúvio que me inunda a alma e não esmorece
encolhe-se apenas
contido pelo pontuar dos dias
um após o outro como as folhas do calendário que diz aqui
escreve acolá
e um
e outro e mais
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 12 de Dezembro de 2009

8 comentários:

Filomena disse...

Jaime!

Cá estou eu !
Agora já posso vir aqui ler o que escreve e comentar sempre que achar inspiração e saber para tal fazer.

Um beijinho


Filomena

Jaime Latino Ferreira disse...

FILOMENA CLARO


Minha Querida,

Então, já tem um novo computador!?


Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 12 de Dezembro de 2009

manuela baptista disse...

Pois é!

Eu cá também quero um novo computador, porque este não chega para tanto fragmento e para histórias compriiiiiiiiiiiiiiidas!!!

Este VI está bonito, por isso os meus excertos foleiros estão arrumados numa gavetinha...

beijinhos à Filomena e para ti também

manuela

Filomena disse...

Meninos!
Não é novo é o meu computador que foi arranjadinho pela módica quantia de 45 euros


Beijinhos

manuela baptista disse...

Pechincha!!!!!!!!!!!!

se calhar não tinha problema nenhum...

Manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

FILOMENA E MANUELA


Queridas,

... e depois dos vossos fragmentos, que mais dizer!?

Beijinhos para as duas


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 12 de Dezembro de 2009

Linda Simões disse...

Uma palavra doce
Uma exata ação
Aqui e acolá...


"Que presente daremos ao aniversariante JESUS?"

...


Linda Simões

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Minha Querida,

Boa pergunta!

De facto, para lá de intenções reeiteradas, que prenda dar-Lhe para que tudo não fique na mesma, isto é, pior?

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Dezembro de 2009