domingo, 3 de julho de 2011

EXCELÊNCIA



A excelência tanto está em quem cria como em quem interpreta e quem interpreta é tanto quem executa como o destinatário dessa execução.
Eu crio, tu tocas ou lês, transmites, interpretas o que eu criei e ele, como receptor, também interpreta o que lhe foi transmitido.
Se a algum dos elos deste triângulo, digamos, lhe faltar a qualidade da excelência, o processo fica por concluir.
A criação pode ser da máxima excelência mas se aos intérpretes, tanto o transmissor tal como o receptor, igual excelência lhes faltar, não é a criação que fica em causa mas antes a excelência dos seus intérpretes.
Os intérpretes podem ser da máxima excelência mas se à criação igual excelência lhe faltar, esta nunca ficará à sua altura, será de qualidade inferior.
Como se afere a excelência?
Antes de mais, pelos conteúdos da obra criada.
Quantos mais os tiver, quanto mais em aberto ela se demonstrar ser pelas leituras escondidas que em si mesma se encerrem, isto é, quanto menos definitiva e em aberto ela se der, tanto ao intérprete transmissor como ao intérprete receptor, mais a obra se afere, no tempo, conservando a sua qualidade, exigência perene, actualidade, mais nela se afere, escrevia, da sua excelência.
Quanto aos intérpretes, a excelência na interpretação de uma obra, essa afere-se pela capacidade, sejam eles o intérprete transmissor como o receptor, pela capacidade que tenham de a esses conteúdos os serem capazes de desvendar, de trazer à tona.
Neste sentido, a criatividade está tanto do lado do criador como dos intérpretes transmissor e receptor, eles mesmos não menos criadores, melhor dizendo, recriadores.
Pergunto-me:
Reconheceria, rever-se-ia Mozart na qualidade, exigência interpretativa posta aqui, por Mitsuko Uchida, de um seu Romanze...?
E tu, rever-te-ás nela, acrescentando-lhe valia!?
Se, em simultâneo, eu for capaz de ser eu, tu e ele, os três num só, recriador da recriação da criação, ela mesma, já de si, recriação, não subestimando nenhum destes três elos, estão criados os ingredientes capazes de à obra, dando-lhe plena dimensão, a transfigurarem em Obra que é o que a obra de Mozart, de facto, em si mesma o é.
Chama-se a esta capacidade o trinitário mistério revelado da criação artística!
Na interpretação de Mozart a que se tem acesso no link abaixo, de que lado está a excelência criativa ...
... do dele, do teu ou do meu!?



aqui adaptado, este texto foi publicado, em primeira mão, no mural do meu facebook






Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Julho de 2011

30 comentários:

manuela baptista disse...

a excelência está por todos os lados

pelo menos aqui neste blogue, digno de um Moral!

já quando baralhamos gatos com gente...não sei...

ah! ah! ah!

não uso smiles, só para ter o trabalho de escrever ah! ah! ah!

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Moral, julgo que te referes a um tratado ... será?

Pior ainda é quando baralhamos gente com gatos, não te parece!?

( nem smiles e nem ahs só para ter o trabalho de escrever isto entre parêntisis! )


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Julho de 2011

Fézada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jaime Latino Ferreira disse...

FEZADINHA


Canito,

O quê, julgar-te-ás uma emanação nossa!?

Vai-te catar


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Julho de 2011

Fézada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
manuela baptista disse...

ai, Pulquério :)))))))))))

eu acho que lá para as minhas cidadelas ribatejanas havia uma tia-bi-bisavó chamada Pulquéria

este cão tem faro de perdigueiro!

quanto à Leish quem? tás tramado, que aqui em casa somos imensos murais a ir ao veterinário

:))))))))))))))))))))

. intemporal . disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Não lhe dês trela ...!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Julho de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

PAULO


Caríssimo,

...!

Uma boa semana para Si, reconhecido, abraço-O


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Julho de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

EXCELÊNCIAS I


38 980 = + 100 visitantes nas últimas vinte e quatro horas!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Julho de 2011

AFRICA EM POESIA disse...

Jaime

Belo Texto e...

saudades


Boa semana

Jaime Latino Ferreira disse...

ÁFRICA EM POESIA


Querida Amiga,

Muito obrigado, um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Julho de 2011

Fézada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jaime Latino Ferreira disse...

FEZADINHA


Canito,

Tudo na praia salvo seja ... eu não!

Cãolecta-te para outro lado


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Julho de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

EXCELÊNCIAS II


39 080 = + 100 visitantes!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Julho de 2011

ki.ti disse...

Chamaram-me?

ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti
ki.ti


PARIS, CINCO DE JULHO DE DOIS MIL E ONZE

Fézada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maltese Goat disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jaime Latino Ferreira disse...

BICHARADA


Abreviando:

Haverá mais, rãs dos poços, lavagentes dos pântanos ou osguinhas das paredes!?

Venha a mim a bicharada, estou por tudo!

( quanto a ti animal pulguento, Fezadinha por quem nutro uma simpatia particular, acabaste de descer a tua cãotação para ... lixo sem ladração e sem nada )

Só me faltava uma cabra fedorenta e quanto a ti.ki, estás de castigo ou quê!?


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Julho de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

EXCELÊNCIAS III


39 180 = + 100 visitantes!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Julho de 2011

BRANCAMAR disse...

Jaime,

Eu vou ler outra vez e já venho, porque não sei se entrei por engano no Jardim zoológico, :)))

A verdade é que estava com saudades, mas vou ali e já venho, não consigo dizer saudades sem ler tudo, por isso já andei por aqui ontem a pôr a leitura em dia, mas o meu amigo escreve que se farta.

Até já.
Beijinhos

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


Ah Querida Branca que me salvou do jardim zoológico ...

... diz bem!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Julho de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


Querida Amiga,

E ainda não viu nada:

Vá ao mural do meu facebook e dir-me-á, então, o que é escrever!

Mais beijinhos e uma boa noite para Si


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Julho de 2011

BRANCAMAR disse...

Ah! Jaime, faz perguntas tão difíceis, vem-me perguntar a mim de que lado está a excelência criativa quando se trata de Mozart?
E é o Jaime, um professor de música, um especialista que no-lo pergunta?

Eu percebi tudo que quis dizer, é como uma boa obra literária, aquela que é aberta a todas as interpretações e que fica para a posteridade, mas não me atrevo a falar de Mozart, apenas a gostar, agora e sempre.
Sabe que um dos mais interessantes e procurados psiquiatras do Porto e que é também especialista de Medicina da dor receita Mozart aos seus doentes? Não sei se receita outros clássicos, mas em três doentes que conheço tem repetido esta receita, para além de concelhos alimentares e outros para reduzir medicações.

Interessante, não é?
Talvez o médico esteja imbuido do conceito de musicoterapia e da excelência de que o Jaime nos fala e a consiga transmitir à inteligência do doente.

Tenha uma boa noite Jaime, sem pesadelos relacionados com animais.

Beijos
Branca

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


Querida Amiga,

Em Mozart como em qualquer outroa grande da música ou das artes, se o intérprete receptor gosta, já está criado o elo!

E, pelo meio há o intérprete transmissor, isto é, o músico que o interpreta ...!

A Branca vai-me perdoar mas o que aqui escrevo está quase reduzido à sua forma mais simples:

O autor, ele mesmo revelador do mistério trinitário da criação artística e que, por sua vez, se reparte entre o eu, o tu e ele próprio sem os quais a obra de arte não faz qualquer sentido nem tem qualquer propósito!

Um beijinho num dia luminoso


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Junho de 2011

Maltese Goat disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jaime Latino Ferreira disse...

MALTESE GOAT


Lata não te falta!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Julho de 2011

BRANCAMAR disse...

"A Branca vai-me perdoar mas o que aqui escrevo está quase reduzido à sua forma mais simples".

Eu percebi tudo Jaime, não é por acaso que gosto das interpretações da nossa Maria João Pires e do nosso Pedro Burmester, cada qual no seu estilo e como receptora sinto ambos de forma diferente, mas igualmente genial.
Espero pelo momento em que seja o Jaime o elo recreador entre o criador inicial e a Branca como última receptora, :))

Beijinhos e parabéns por este texto magnífico.

Branca

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


Esperemos então já que recriação, desculpe-me, não me falta!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Julho de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

EXCELÊNCIAS IV


39 260 = + 80 visitantes!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Julho de 2011