quinta-feira, 24 de junho de 2010

HÁ SEIS MESES

Jaime Latino Ferreira, Provação I, Junho de 2010
-
Há quase seis meses, não faltará muito (!), que minha mãe adoeceu, tendo ficado limitada na sua autonomia e em grande parte dependente de nós ...
Como vivemos paredes meias, sobre nós tem recaído grande parte do esforço que, de então para cá, na sua assistência não temos regateado ...
Exímia e incansável, minha mulher não tem parado de se desdobrar e a nossa disponibilidade também!
Minha cunhada e meu filho, eles também e na medida das suas próprias disponibilidades, também têm prestado o auxílio que esta nova situação, de todos nós, positivamente tem vindo a exigir ...
Sucedem-se, para mais, consultas médicas e exames atrás de exames!
A somar a tudo, também a empregada que em casa de minha mãe como na nossa presta serviço e que é da máxima confiança, ela também, de há duas semanas a esta parte adoeceu ...!
E vem isto a que propósito!?
Vem isto a propósito da assistência aos mais velhos de nós para Vos dizer:
Ela não pode ser regateada e tal como eles, quando dependentes o fomos, a nós não no-la regatearam!
Devem, os mais velhos, ser desumanamente desenraizados e atirados para um canto onde para além da doença se vêm privados de suas casas, afinal, extensões deles mesmos!?
Provavelmente, por vezes, será demasiado fácil, cruamente, levantar esta questão ...!
Não posso falar pelo dia de amanhã mas apenas posso dizer que, até agora e subitamente surpreendidos pela incapacidade que a minha mãe lhe retirou a autonomia que tinha, e que autonomia que até a não impedia de conduzir (!), ela tem 84 anos de idade, até agora, escrevia, fomos capazes de fazer frente a toda esta nova situação e sem esmorecer ...!
Minha mãe tem muita força e minha mulher não lhe fica atrás ...
Eu, todos os dias, a elas lhes vou também buscar as minhas e nelas me revejo profundamente gratificado!
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Junho de 2010
Jaime Latino Ferreira, Provação II, Junho de 2010

22 comentários:

manuela baptista disse...

bonito o sentimento!

e

para que nunca confies em quem descaradamente se confessa ladrão


aqui te deixo a música de um castanheiro!

árvore amada pela tua mãe

e onde todos os dias nasce, mais um rebento e um projecto de fruto

Manuela

Filomena disse...

Jaime, Sem dúvida um assunto constante e que a todos toca.
Eu ainda não vivo igual situação com o meu Pai, que apesar das dores na perna se vai tentando manter o mais activo possível. A sua Mãe tem-vos ao lado e podem tratar dela.Aqui, tanto eu como o meu irmão vivemos um bocado afastados e temos horários de trabalho a cumprir.
São coisas que dão que pensar. Eu acho que crianças e idosos são seres tão frágeis e desprotegidos que não deveriam sofrer, mas sabemos que não é nada disto que se passa.
São os nossos Pais que nos deram vida, que nos criaram, que nos educaram. Cabe-nos a nós deles cuidar o melhor que sabemos, e aí vocês fazem uma equipa perfeita. Que nunca vos falte a força


Beijinhos

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Sabes como às vezes sou lento:

Quando abri o meu blogue e vi, de repente as fotografias do castanheiro, A Música do Castanheiro como lhes chamaste, fiquei desconcertado ...

Bonitas que são, ao teu comentário tudo se iluminou e achei mesmo que vinham oportunamente a calhar.

Bravo!

E um beijo do tamanho de tudo quanto, confesso e maravilhoso ladrão, nos dás


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Junho de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

FILOMENA CLARO


Querida Amiga,

Somos todos seres tão frágeis e desprotegidos que é do sofrimento inerente à nossa condição que nasce a nossa força.

Essa força tanto pode dar para o pior como para o melhor ...

Eu prefiro pensar e fazer pelo melhor e tanto quanto mais desprotegidos e frágeis os nossos irmãos o forem e logo a começar por aqueles que nos são mais próximos.

Se o não conseguirmos fazer em relação a esses que mais próximos nos são, que poderemos fazer em relação àqueles que de nós distam mais!?

Um grande beijinho e que Seu pai se conserve, pelo menos, tão bem quanto está


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Junho de 2010

Brancamar disse...

Muito lindo este post Jaime, tanto, que não necessita comentários.
Nunca as pessoas deviam ser separadas no fim da sua vida da sua casa, das suas coisas e de tudo o que lhes é querido,o contrário deveria ser sempre uma solução última, de excepção.

Força Manuela, força Jaime, o amor tudo supera e acrescenta paz e tranquilidade ao resto dos nossos dias.

As melhoras para a senhora sua mãe, com tão bonita idade.

Beijinhos.
Branca

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


Querida Arminda,

Ainda bem que, pese como escreve esta página nem necessitar de comentários aqui ter vindo pôr o Seu!

Pois é, o que devia de ser, nem sempre é possível de acontecer e quem sou eu, que fique claro, para julgar os outros nas decisões que se vêm forçados a tomar, pesem como pesam as complicações das vidas de cada quais ...

Repegando no comentário da Filomena, minha mãe mantém toda a sua lucidez e ocupa-se o dia todo a ler, a fazer paciências, a ouvir música e a fazer palavras cruzadas.

É na mobilidade e no cansaço que se tem vindo a ressentir o que a limita muito mas cá vamos indo e estou em crer que o que a minha Amiga escreve é mesmo assim ...

Obrigado pelos Seus desejos já que a idade de minha mãe é mesmo bonita!

Um beijinho grande


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Junho de 2010

KrystalDiVerso disse...

A gratidão dá-se ao Ser quem É por aquilo que Somos!... Em todos os casos é um acto de Amor e, quase sempre, uma provação tida como privilégio aos que sentem cada batimento do coração daqueles que com Amor nos criaram!... Nem todos trabalham a Terra com o carinho que ela merece; uns batem-lhe outros esquecem-na num pousio ingrato!... A fome, mais tarde ou mais cedo, é certa e o Amor acontece, por merecimento, na mesma proporção que se dá!... Sem sacrifício.
Oitenta e quatro anos é… são vidas numa Vida!... A delicadeza da situação exige respeito e… mais Amor do que nunca!... Esse que vocês fazem acontecer!

Com o desejo de uma rápida recuperação

Abraço

Jaime Latino Ferreira disse...

KrystalDiVerso


António Pina

Meu Caro,

Tem toda a razão, se eu com 56 anos já vivi muitas vidas que dizer de quem 84 anos tem!?

Muito obrigado ...!

Um grande abraço


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Junho de 2010

Dulce AC disse...

"Eu, todos os dias, a elas lhes vou também buscar as minhas e nelas me revejo profundamente gratificado!"

Lindíssimo Jaime.
Que bonito sentimento testemunhamos nas Suas palavras.

E neste momento dou-Lhe um grande abraço de esperança na ternura de um gesto sincero, com palavras:

"Quando Tu mulher
vens ao meu encontro
sorrindo
meu coração
abre-se"

E se tem mulheres maravilhosas ao Seu lado Amigo Jaime
é porque, estou certa, o merece...!

As melhoras para a Sua Querida mãe Jaime num grande abracinho de muita ternura.
E uma mão de beijinhos de Sol à Manuela.

dulce ac

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Querida Dulce,

... merecerei!?

Sabe, se não tivessem sido sempre tão persistentes ... não as teria merecido de todo!

Mas como poderia eu tê-las desmerecido!?

Obrigado pelos Seus desejos e fique descansada que me erguerei solar para dar os beijinhos que à Manela lhe envia


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 25 de Junho de 2010

Linda Simões disse...

Belo exemplo a ser seguido,Jaime.

Na mais tenra idade somos cuidados,amados,e temos à disposição uma babá/mãe amorosa e zelosa.Nada mais justo que agora,nós nos desdobremos em mimos e zelo,amor e companhia,cuidados para com quem sempre fez isso conosco,muitas vezes abdicando de alguns prazeres para não nos faltar...


Sejam fortes e persistentes,e que a mãezinha tenha melhoras,bem como a secretária do lar,que tanto força nos presta,sempre.


Um grande beijinho aos dois,


Linda Simões

Linda Simões disse...

Dulce,


um beijinho para ti também!


rsrs


Linda Simões

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Linda, querida

A secretária do lar ...

Mas que metáfora!

Eita!!!

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 25 de Junho de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

... ouviu, Dulce!?

Ou não fosse tertuliana à maneira!


Jaime Latino Ferreira
Estoiril, 25 de Junho de 2010

Dulce AC disse...

ouvi ouvi..!!

e ouso responder:

para os meus Queridos Amigos Tertulianos...

um abraço de Vida na música de um castanheiro
árvore tão amada pela Querida mãe do Jaime
e que a Manuela aqui nos deixou

tenham o Sol sempre por perto
na terra ou em mar

beijinhos..!!

dulce ac

Linda Simões disse...

Jaime,

secretária do lar= empregada


hehe


mais beijinhos em dia de jogo Brasil X Potugal


Eita!


rsrsrs

manuela baptista disse...

até agora empatados!!

é porque somos tão bons, não é assim?

beijos a todos

Manuela

Linda Simões disse...

Eita!


Gostei do resultado,melhor assim!


hehe


Beijos a todos,numa comunhão total!


YES!




Linda Simões

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Teremos sempre um sol em fundo no marulhar do mar em terra chão ...!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 25 de Junho de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Pois é ...!

Empregada doméstica dizemos nós por aqui!

Beijos porque do Jogo só no fim comentarei


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 25 de Junho de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


... empatados ...


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 25 de Junho de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


E foi mesmo empate, tem razão, melhor assim!

Mas, depois, covencido, apetece-me comentar:

O desempate será para a final!

Beijos em comunhão repartida


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 25 de Junho de 2010