terça-feira, 3 de maio de 2011

DAQUI EM DIANTE


Madu_lopes, Cidadeando

Daqui em diante e depois de me ter visto forçado a replicar Camões e a pronunciar-me, não o poderia ter deixado de fazer (!), sobre a morte de bin Laden, passarei a espaçar no tempo as minhas páginas de tal maneira que, apenas em última instância as publicarei!
Durante estes últimos dois anos e cinco meses e como o escrevi no meu perfil, senti-me na obrigação de me desdobrar quase diaristicamente com vista a que este, o meu perfil, fosse, no meu blogue e publicamente, rápida e de forma suficientemente abrangente desvendado …
Podereis consultá-lo, ao meu perfil, lendo-me de fio a pavio!
Cumprida essa meta, outro ritmo se impõe, sob pena de me ver, eu próprio, arrastado, engolido pelos acontecimentos coisa que em tudo faço como sempre fiz questão de salvaguardar, eis a minha marca de água (!), assim como de não me confundir com um simples comentador ou analista.
E deixo, na primeira pessoa e de há três páginas a esta parte, a soar:

Quem ora soubesse
que o semeasse
não vi em meus anos
que muito durasse
quem ora soubesse
que o semeasse
não vi em meus anos
que não magoasse

… como se me impusesse a mim mesmo, como diz a legenda da ilustração que encabeça esta página, o lema quem ama deixa livre!
Livre de por amar … saber delegar!
Nem sobre os constrangimentos que se anunciam aos meus concidadãos, meus próprios também (!) e sobre cujo enquadramento geral não me coibi de exaustivamente sistematizar, me irei, em princípio, pronunciar já que haverá, não o duvido, quem sobre eles, no concreto, mais habilitado esteja do que eu para o fazer …!
Situar-me-ei pois noutro plano, aquele que eu próprio criei e dele não faço tensões, em princípio, de me retirar.
Aqui fica para Vosso cabal esclarecimento apelando, em simultâneo, à Vossa paciência e compreensão!
Estarei atento por aqui, Convosco sempre atencioso, Vosso


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Maio de 2011

18 comentários:

ki.ti disse...

Até parece que não gostaste de replicar Camões...não ouves outra coisa!
Pois daqui para diante e também para trás, serás dono e senhor do teu ritmo.
Nós cidadearemos, por aqui.

Atenciosamente

ki.ti

Jaime Latino Ferreira disse...

KI.TI


Gata querida,

Pelo facto de ter replicado co gosto a Camões tal não significa que não me tivesse visto forçado a fazê-lo ...!

Ver-me forçado ou impor-me, expressões que entroncam com o dever, não excluem nem o prazer, nem o lúdico, o gosto, tu que me ouves amiúde, mas coisa que uma gata, admito-o, tem dificuldade em compreender!!!

Mas cidadeia à vontade por aqui que eu também, por gosto, sem dúvida, mas não menos por dever, também não o deixarei de fazer ...

Atenciosamente ...!?

Gata danada!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Maio de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

DAQUI E DALI I


32 235 = + 150 visitantes nas últimas vinte e quatro horas!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Maio de 2011

Maria João disse...

Jaime
Meu amigo

E eu, atenta ficarei, para o ler quando lhe aprover escrever.
Entendo a necessidade de impor a si próprio um ritmo diferente. Mas nem é de entendimento que se trata a questão, mas de um enorme respeito pelo que é, a sua imperiosa e emergente vontade.

Um beijinho

Jaime Latino Ferreira disse...

MARIA JOÃO


Querida Amiga,

Sabe, estando eu por aqui assíduo e sistemático, porque precisaria, então, de estar noutro lado!?

Não bastaria que me consultassem por aqui!?

E haveria alguma diferença entre consultarem-me por aqui ou noutra circunstância!?

É exactamente por entender que sim, que haveria grande diferença e não o digo numa perspectiva egoísta, sublinho-o (!), que me imponho agora crescente parcimónia ...

... emergente de vontade!

Um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Maio de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

DAQUI E DALI II


32 370 = + 135 visitantes!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Maio de 2011

Cristina Fernandes disse...

Um texto para pensar no replicar... a actualidade da palavra ao ganhar raízes...
Abraço,
Chris

Linda Simões disse...

Sei que vir aqui
e
escutar tão bela música
e rever
meus amigos queridos
é sempre gratificante
mesmo.

E falar com vocês
e abraçá-los
mesmo com o oceano a nos separar
...

E mesmo se não comento aqui e alí,


estou sempre presente.


Beijoquinhas de carinho,


Linda Simões

Jaime Latino Ferreira disse...

CRISTINA FERNANDES


Amiga Cristina,

... a actualidade da palavra ao ganhar raízes ... ou o silêncio, a pausa como sementeira!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Maio de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Lindinha,

Eu sei que anda sempre por aí ...!

Um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Maio de 2011

Isabel Venâncio disse...

Boa tarde, caríssimo Jaime

Apesar de nem sempre deixar qualquer comentário, vou passando por aqui.
Nunca me foi muito fácil comentar os seus posts porque o Jaime escreve à velocidade da luz e sempre à medida da actualidade.
É muito difícil acompanhá-lo.
E eu não tenho jeito para comentários breves de "olá e adeus".
Ora eu, estou cada vez mais afastada desta cansativa "redondela" política. Não saio muito; aliás agora, quase nada, porque fui operada a um pé ...

Bem, voltando ao assunto, diz-nos que vai espaçar as suas intervenções. As razões são as suas e, sendo as suas, são obviamente as únicas que contam.

Por aqui continuarei a vir.
Não posso deixar de lhe agradecer o apoio que me deu, sempre que me viu mais ensimesmada.
Fico-lhe grata ... e muito.

Um abraço

Isabel

manuela baptista disse...

tu és um animal político!

o laço familiar que nos une, permite-me este à vontade, porque em última análise, se fosse depreciativo, estaria a ofender-me a mim própria...

eu estou fartinha de política e nem quero ouvir falar de partidos, buscarei o meu próprio caminho de intervenção, como cidadã deste país

tu escolheste o teu e aí ninguém tem nada com isso

mas acho que, fazendo tantos comentários a ti próprio, bem podias fazê-los em primeira página, simples, sem imagens nem complicações e formatações, assim tipo diário, pessoal mas transmíssivel e sobretudo sem stress

quem quer lê e é bem vindo mesmo em silêncio, que muitas vezes é a forma mais bonita de falar

quem não quer, vai andando, eu hoje estou muito terra a terra

mas se este blogue existe é para alguma coisa, que não seja estarmos para aqui a pedir-te sonetos, ora essa! também os sabemos fazer

e em dia de troika, vou andando!

manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

ISABEL VENÂNCIO


Minha Querida Amiga,

Antes de mais e agradecendo-Lhe, começando pois pelo fim, deixe-me que Lhe diga como me gratifica sempre que aqui vem e como a percebo melhor por não querer deixar apenas um qualquer comentário de circunstância.

... e sempre à medida da actualidade, escreve a minha Amiga.

E as minhas razões entroncam, precisamente, aí:

Ao longo de todo este tempo, julgo que o provei, se escrevi como também o diz à velocidade da luz e à medida da actualidade nem por isso deixei de salvaguardar a distância que muito prezo.

Esse desafio foi ganho e está registado publicamente pelo que, agora, há que resguardar-me na distância que criei sob pena de, como escrevo em primeira página, me confundir com um comentador ou analista ou então, mantendo-me assim, no fio da navalha, poder perder o equilíbrio, coisa que está fora dos meus objectivos na acção política que desenvolvo ...

Há, agora, que demonstrar a capacidade que tenho de, mantendo-me atento, saber participar pelo silêncio que tanta falta faz e pronunciar-me apenas em última instância ...

Operada a um pé, o que Lhe aconteceu!?

Desejando-Lhe um rápido restabelecimento, um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Maio de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


De animal para alimária, belo laço e sem ofença já que ofendido ficaria eu se não adorasse a minha alimariazinha favorita:

Escolhi o meu caminho, certamente e se a decisão foi minha e solitária, não deixa de ser solidária e, logo, tem a ver com todos!

Julgas que ao longo destes anos não pensei muitas vezes nisso mesmo, em escrever sem ilustrações, visuais ou musicais, texto despojado sem mais!?

Pensei sim, mas aquilo que nestas caixas se escreve, para além do dinamismo que adquire pela interacção com terceiros, não deixa de ser transmissível.

Quanto ao stress ...

Esse é parte integrante daquilo que escrevo ...!

Não vês a Isabel Venâncio a dizer que escrevo à velocidade da luz!?

Falar em silêncio ...

Isso é o que mais faço quando penso ...

... e como, apesar de tudo, me ouves!!!

Quanto ao blogue, não te preocupes porque ele continuará a encontrar o seu espaço no alimento que a minha alimária me dá!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Maio de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

DAQUI E DALI III


32 495 = + 125 visitantes!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Maio de 2011

Dulce AC disse...

"quem quer lê e é bem vindo mesmo em silêncio, que muitas vezes é a forma mais bonita de falar..."

mas que volte de novo
um dia, quando lhe aprouver

para que possamos lêr, o que no silêncio fala, pensando...

Querido Amigo Jaime (...Olá!)
eu também por aqui, sempre, estarei

num abraço amigo, um obrigada grande, sempre, de inequívoca Estima e elevada Consideração.

dulce ac

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Querida Dulce,

Voltarei sim mas noutro ritmo entremeado de silêncios ...!

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Maio de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

DAQUI E DALI IV


32 605 = + 110 visitantes!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Maio de 2011