domingo, 3 de janeiro de 2010

COM OS MEUS BOTÕES

A Manuela Baptista, no seu blogue Histórias Com Mar Ao Fundo bem fez uma bonita, lindíssima chamada para o meu blogue no dia do seu primeiro aniversário!
Mais recente do que o meu, Histórias Com Mar Ao Fundo que se vai tornando numa Antologia de Contos, maravilhosos contos de Sua autoria, conhece uma pujança, força que até pela quantidade de comentários que a ele afluem, vai revelando o seu impacto ...
Confesso que, por vezes, fico com uma danada pontinha de ciúme ...!
Ciúme ...
O ciúme é, no mínimo (!), uma coisa muita feia, impede a serenidade, tolda-nos o raciocínio e o distanciamento e aprisiona-nos a uma cegueira que é tudo menos aquilo a que por demais anseio.
Por ele podemos, sem aviso, vir a sentirmo-nos tomados, tomados por esse outro princípio activo, negativo diria e nos antípodas do da música e que à palavra, extirpando-a do belo a expõe à crua, ácida e contaminante malícia, perfídia que nos pode, sem que verdadeiramente o queiramos (!), consumir.
Partilho Convosco este momento, porquê?
Porque dele, do ciúme me quero extirpar;
Porque dele me não poderei ver livre se não partilhar Convosco este verdadeiramente incómodo sentimento;
Porque sem o fazer, não poderei, na seriedade que, acima de tudo, prezo, sentir-me verdadeiramente livre para prosseguir!
Eu poderia ter ficado calado, não me ter, diante de Vós e neste particular, exposto que tudo ficaria entre as nossas quatro paredes sem consequências para o exterior ...
... será, será mesmo que sim!?
Não, não o creio!
Sabem porquê?
Porque o ciúme não é digno da nossa relação e para que dele me possa, verdadeiramente, livrar, não o conseguirei fazer sem o exercício autocrítico sem o qual eu não poderia, em rigor, acreditar, nem em mim próprio nem muito menos naquilo que a Vós, neste meu blogue, faço questão de Vos trazer;
Porque, deixando-me tomar pelo ciúme, tudo o que até agora Vos trouxe, desmoronar-se-ia como um castelo de cartas;
Porque, nada nesta Empresa em que nos metemos, a Manuela e eu, se trata de uma competição;
Porque, at last but not least, a minha liberdade e afirmação passa pela liberdade e afirmação da Manuela e nenhum de nós faz nem tem o direito de fazer sombra nem um ao outro nem a quem quer mais que seja;
Desculpem-me, desculpem-me este desabafo e leiam, leiam as maravilhosas histórias de Histórias Com Mar Ao Fundo!
-
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Janeiro de 2010

38 comentários:

J. Ferreira disse...

Hoje sou o Primeiro!

Meu caro Jaime,

Palavras para quê?
Amigo, desse mal, mesmo que a nível intelectual, tão exuberantemente e publicamente exposto, te liberto!

Manuela,

Mas que homem! Heim? Já nem do ciume se exime! Poetas...são assim!

Mais não me alongo, pois por hoje já vai longo o esforço! (vejam o meu blogue)

Um grande abraço aos dois,

José

Jaime Latino Ferreira disse...

JOSÉ FERREIRA


Meu Caro,

É assim ...

Tinha, mais do que o dizer, de escrever.

Tu libertas-me tal como eu me libertei ao expor o que aqui escrevi.

Afinal, não custa assim tanto:

Basta admitirmos, primeiro para nós mesmos e depois publicamente, porque não (!?), não que a isso tenhamos de ser obrigados, Deus nos livre de sociedades confessionais (!), mas nada nos impedindo de o fazer, que somos assim, cruzados por sentimentos mistos, por um caldo contraditório deles, que quantas vezes tudo atrapalham e nem todos da melhor estirpe!

Para tudo simplificar, tornar mais cristalino e, se possível, mais transparente ainda ...

Já, já fui ao teu blogue e lá lhe deixei uma pincelada.

Um abraço de Amizade e repito-te, não te entusiasmes não vá a tua vista regredir


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Janeiro de 2010

Dulce AC disse...

Jaime!!

A Sua sinceridade é totalmente o reflexo dessa tão grande cumplicidade que existe entre os dois e que para quem tem o privilégio de ir e ler "Histórias com mar ao fundo" e vir aqui ao encontro de "a música das palavras" (ou vice versa)e vai mais além e ousa implicar-se com as Vossas palavras percebe-o admiravelmente.

Eu sinto que estou para cada um de Vós, na mesmíssima medida, de um tão grande gostar do qual já não sei como prescindir. Não sei nem quero!
E a propósito Manuela...que Sim, vou querer musicar a amizade, a nossa, em muitos dias já neste ano!

Um beijinho para Si Jaime.
E um beijinho para Si Manuela.

E um obrigado que o é para os dois.
dulce ac

manuela baptista disse...

Com que então??

"ai! Deus me livre de sociedades confessionais" ??!!

e Zás! uma confissãozinha e isto sem ofensa para a Santa, mas vá lá...

é preciso admitir

que eu pela parte que me toca
já tive monteeeees de inveja da Maria Callas!

vai daí pensei "invejar o quê??"
tenho os discos todos dela, não sou anorética e não me casei com um homem podre de rico mas feio que se farta!

e agora prefiro a Cecilia Bartoli e a Anne Sophie Von Otter...

Também já tive inveja das mulheres que são capazes de usar saltos de 7,5 cm e conseguem caminhar sem dobrar os joelhos, ou partirem um salto ou o pé...
agora já não tenho inveja e nunca fiz uma luxação.

ainda por cima

ciúmes de um bloguito???

A Filomena é que tem a culpa, mimou-te demais e se ela não estivesse tão ocupada com as suas férias, eu chamava-a aqui em meu socorro.

E agora não te ponhas com respostas pomposas que amanhã vais aturar 40 adolescentes desafinadas!

Só um reparo:

como eu ainda não mudei a página, estou a enviar as pessoas para apagarem as velinhas...

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

até a Dulce (Olá!)

já divide os beijinhos pelos dois...

que vergonha...

Manuela

Dulce AC disse...

"que vergonha ..." ?!! (olá Manuela...)

Só mesmo de não o ter feito em todos os outros dias, precisamente nos dias em que não os dividi os beijinhos!!

Jaime, Olá!
Abraçinho.
dulce ac

Dulce AC disse...

E pronto...mais beijinnnnnnhooooosssss para os dois,
Ooops ... Manuela voltei para fazê-lo!

dulce ac

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Minha Querida,

Se não se importa vou, primeiro, responder à espigadota da Manela e, depois, vir-Lhe-ei então dar a devida atenção com toda a disponibilidade recuperada e inteiramente para Si.

Desculpe-me mas é só um momento!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Janeiro de 2009

Brancamar disse...

Olá Jaime,

Esta foi uma das páginas de a Música das palavras de que mais gostei.

Quem assim se confessa, depois de admitir a si próprio um sentimento tão humano, num exercício de humildade grande, só pode ter um espírito grandioso e esse é também um exercício de amor e cumplicidade para com a Manuela.
Quem de nós nunca sentiu uns ciumezinhos, embora possamos reconhecer que este é um sentimento egoísta?
Depois de o reconhecermos, tudo fica mais tranquilo e o amor sempre incondicional, grande e único, superior a sentimentos menores.
Parabéns pela conciência tão esclerecida que sempre demonstra em tudo o que escreve.
Obrigada pela Música e pelas palavras.
Beijinhos.
Branca

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Já viste, já viste o que tu própria provocas!?

Estava eu a pedir licença à Dulce para te vir dar uma resposta conveniente para então Lhe poder dedicar toda a minha disponibilidade e zás, agora sou eu (!), lá vem a Dulce de supetão outra vez, beijinhos para aqui e para acolá a meter-se pelo meio e sem saber mais o que fazer com as tuas dondoquices de tia da linha, Callas para cá sem te calares, Bartoldi a Van Otter para ali e com declarações de amor encapotadas, vá lá, não serei feio mas pobertanas, desejosa de me humilhares com saltos de 7,5 cm como se já não fosses alta o bastante e para mais a meteres-te na conversa entre o Zé e eu próprio mais as sociedades confessionais!

Fica-me sabendo:

A melhor maneira de se neutralizarem as derivas confessionais é por-se tudo em pratos limpos.

Bloguito!?

Bloguito o tanas, ganda blogue!

Estamos entendidos!?

Agora vou, finalmente, dar toda a atenção à Dulce


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Janeiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Minha Querida Amiga,

Agora sim mas, entretanto, já perdi o fio à meada ...

Ah, já sei, sinta-se à vontade que esta coisa do ciúme foi apenas um glince, um relampejo momentâneo e sem mais consequências.

Não somos, nem a Manela nem eu, dessas coisas e gostamos imenso de brincar.

Atenção, o que escrevi em primeira página não foi brincadeira nenhuma, chegou-me a atormentar mas desanuviada a situação, valha pois o folguedo e a brincadeira.

Beijinhos muitos e quem quiser que os apanhe


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Janeiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


Ah ...!

( até me esqueci do querida amiga )

É como diz um exercício de humildade e também, friso, em relação aos meus leitores ...

Quantas vezes não se elaboram as mais arrevezadas teorias fundadas no ressentimento, no ciúme!?

Eu quero manter transparente tudo o que digo em primeira página e cristalino o amor que de outra maneira não concebo entre a Manela e eu próprio e que o mesmo é dizer com os meus destinatários.

Obrigado Branca e um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Janeiro de 2010

Canduxa disse...

Lindo o seu texto para a Manuela.
Respira-se aqui muito amor e uma confissão que achei linda.
Que possa existir sempre esta cumplicidade entre os dois.
Parabéns pelo 1º aniversário.

um abraço

manuela baptista disse...

Jaime, Dulce e Branca (olá!)

bem...

aceito, apenas por hoje e porque sou simpática

dividir os beijinhos da Dulce :))), com o Jaime

que não se deve envaidecer (outro pecado) lá por a sua amiga Branca se colocar do seu lado

além disso eu também tenho

imensaaaaaaaaaaaaaaa
inveja

das torres dos castelos
porque são mais altas do que eu

e cantam de alto!!!!!

O José Ferreira é que me percebe, os poetas são lixados!

Manuela

manuela baptista disse...

Canduxa!!

e eu aqui a protestar...

Manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

CANDUXA


Querida Amiga,

Corrija-me se estiver enganado:

Julgo que é a primeira vez que vem ao meu blogue ...

Seja bem vinda e o meu obrigado por tudo!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Janeiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Lixados são os poetas
e por isso são amados
ai de mim ai dos profetas
que por o serem são cardos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Janeiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

CANDUXA


Uma vez mais ...

Agora é que vi que se fez minha seguidora.

Sinta-se aqui como em Sua casa!

Um beijinho mais


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Janeiro de 2010

Canduxa disse...

Manuela,


Não fica mal um pouco de ciúme,
por isso o protesto foi oportuno e aceite.
Ah, valeu a pena ter vindo aqui...agradeço o ter anunciado o aniversário.

canduxa

Canduxa disse...

Jaime,

De facto é a primeira vez..
o que a Manuela escreveu no Histórias trouxe-me até aqui e gostei.

Um Abraço

Jaime Latino Ferreira disse...

CANDUXA


Querida Amiga,

Ainda bem que gostou mas, sinta-se à vontade para contradizer ou dizer que não, que não está de acordo quando assim o bem entender!

Mais uma vez, um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Janeiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

AOS MEUS LEITORES


A partir de agora, apenas referirei aqueles que me passarem a seguir quando deixem também, aqui, o Seu comentário.

O mesmo em relação ao gesto recíproco de me incluir como Seus seguidores.

Implícitas, naturalmente, ficarão as boas vindas que nem por um momento me ocorre regatear.


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Janeiro de 2010

Dulce AC disse...

Olá!
Bom dia!
Estou de saída para o Porto...trabalhinho trabalhinho a quanto obrigas, mas hoje não iria!!

É bem verdade Jaime valha-nos a brincadeira mesmo que com que temas e palavras de tão grande expressão por o serem sinceras, como sei o foram as Suas, como o são sempre.

Eu também o fiz brinquei com as palavras que a Manuela aqui deixou... desculpem-me os dois as minhas intromissões, mas por vezes não resisto...
a tentação de o fazer é muito grande e a espontaneidade que me caracteriza faz o resto..
Valha-nos a brincadeira é o que é nestes dias mais chuvosos, com pouco Sol!!
Desejo-Vos um dia muito Bom!
Abraços!
dulce ac

Filomena disse...

Meninas e Meninos, que grande algazarra!
Isso não são ciúmes! O que o Jaime tem é um grande orgulho na Manuela e só escreve estas coisas para criar um bruaaaa... ele é todpo babado pela Manuela e mais não digo porque vocês já adivinhiram.

Jaime, gostei do texto, gostei das palavras que usa para definir o ciúme.

Concordo em absoluto... embora por vezes seja atacada por esse malvado.


Beijos que agora vou ao blogue da Manuela desejar um Bom ano à Renata, porque não sei fazer comentários no blogue dela- Loura!

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Minha Amiga,

Boa viagem e que volte bem e depressa!

Não tem nada que pedir desculpas porque não intromete, coisa nenhuma:

Este espaço é público e, portanto, é sempre bem vinda, irresistivelmente bem vinda!

Não há como a espontaneidade ...

Um bom dia para Si e um irresistível beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Janeiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

FILOMENAZINHA


Com que então sou todpo babado pela Manela ...!?

Vá, vá lá consolar a Renata e diga-Lhe para vir aqui que já tenho saudades dela!

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Janeiro de 2010

J. Ferreira disse...

Caro Jaime,

Pelo que pude ver, passaste fugazmente pelo meu blogue, notando a alteração cromática do fundo.

É sem dúvida, sinal que não sofres da doença de Dalton!

Quando puderes, (julgo saber que hoje é um dia complicado para ti) notarás que hoje postei dois trabalhos.

O segundo titulado "Musica e Palavras" com o endereço musical, que merece ser visto e ouvido.

O primeiro, que abaixo do segundo se situa, titulado "Juris et de jure ou jure imperil?" serve de almofada a um texto crítico do Mário Crespo, datado de hoje, no Jornal de Notícias, que vale, igualmente, a pena ser lido.

Reflexo d Alma disse...

Ei !
O Jose me falou de vc e
seu par;
mas eu ja tinha vindo aqui cedo!
Lindo aqui.
Vou amar que me visite...
Bjins entre sonhos e delírios

Jaime Latino Ferreira disse...

JOSÉ FERREIRA


Caríssimo,

Cada vez mais preocupado com a tua vista que insistes em forçar não me dando sequer troco às minhas preocupações reeiteradamente sublinhadas, aqui me obrigas, de novo, a responder-te ...

Sim, vi o vídeo, li os teus dois trabalhos e oportunamente te respondi a eles já no teu blogue.

Quanto ao vídeo:

Está, hoje em dia muito em voga a criação de espectáculos imprevistos em espaços públicos e habitualmente movimentados criando um indiscutível envolvimento entre aqueles que por eles são, assim, apanhados de surpresa e inesperadamente.

Aqui trata-se de um espectáculo de ópera a sair das bancas de um mercado para perplexidade e empatia geral.

Como este ainda não tinha visto e não deixo de sublinhar o cartaz que quase no fim surge em primeiro plano e onde está escrita qualquer coisa como:

Mas, afinal, quem é que não gosta de ópera!?

E é bem verdade, ele há toda uma série de preconceitos e ideias feitas em relação à chamada música erudita que, de facto, não têm correspondência com o real!

Houve uma altura da minha vida em que, frequentemente, ía buscar a minha mulher ao emprego e enquanto na rua e sentado no carro, por ela esperava, aí punha a Antena 2 ou Cds de música clássica em altos berros ...

Nunca houve ninguém que tivesse, no seu direito, aliás, reclamado e pelo contrário, pessoas havia que da janela do carro se aproximavam afirmando gostar do que ouviam ou perguntando, afinal, que música era aquela ...

Aqui tens e quanto ao mais já te respondi no teu blogue marfim!

Abraços


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Janeiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

REFLEXO D'ALMA


Minha Amiga,

Antes de mais, seja bem vinda a este meu espaço e aproveito, julgo que ainda vou a tempo, para Lhe desejar um Bom Ano Novo!

Saiba que também já Lhe fiz uma visitinha que gostei e lá Lhe deixei um pequeno comentário ...

O meu tempo é, porém, curto e muito concentrado no que por aqui se vai passando.

Todos os que me visitam e comentam sabem que têm de mim toda a reciprocidade e atenção mas, exceptuando uma meia dúzia de blogues que por vários motivos me sinto na obrigação de comentar, não me poderei dispersar por muitos mais sob pena de não fazer mais nada do que estar sentado ao computador o dia inteiro.

Não me leve a mal, esta também é uma Sua casa, sinta-se bem por aqui!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Janeiro de 2010

Linda Simões disse...

Jaime e Manuela,


vocês são uns amores!



Eita que faço parte dessa novela,quando aqui venho esperando o próximo capítulo!


...


Hihihihi!


Eita!


Beijinhos ao José e à Dulce também!

*Lisa_B* disse...

Lindo Jaime,
adorei que se tivesse aqui confessado....poucos o admitem assim com essa sinceridade e ao mesmo tempo admiração dessa bela Senhora que é a sua amada Manuela.
Sente-se deste lado o quanto a estima.

Respondi no post da Manuela não me leve a mal e agora vim cá deixar umas gotinhas de carinho e admiração que sinto por si...

São lindissimos os dois e fazem um par maravilhoso (lido e sentido daqui)

Parabéns!!!

Beijinhos

J. Ferreira disse...

Caro Jaime,

Rapidamente para te replicar, confirmando que me vou sentindo bastante melhor.

Espero deste modo descansar-te da tua preocupação com a minha vista, que, podes crer, vou utilizando com parcimónia, devidamente controlada.

Pelo teu sistemático cuidado te agradeço reiterada e reconhecidamente.

Um grande abraço,

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Ah, finalmente chegou aqui ...!

Eu que já me aprontava para uma cerrada cena de ciúmes ... eita!

Então, só agora percebeu que faz parte deste enredo!?

Quem por estes atalhos se mete ...!

Beijíssimos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Janeiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

* LISA B *


Ah ...

Retiro a ordem de prisão e multo-A com um ... beijinho!

Um beijinho e um obrigado


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Janeiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

JOSÉ FERREIRA


Meu Caro,

Chamas parcimónia a duas páginas quase em simultâneo no teu blogue mais não sei quantos comentários disseminados por aqui e por toda a blogosfera conhecida e por conhecer e já para não falar nos mails a que não te coibes!?

Vamos lá a ver:

Eu não quero, por sistema, sublinhar o teu handicap porque, já se sabe, quanto mais se sublinha mais o endiabrado do meu amigo se sente na obrigação de puxar pelos seus galões ...

Por isso, aqui declaro solenemente que não o voltarei a fazer, és maior e vacinado, está dito e pronto!

Agora vou, de novo, ler o texto do Mário Crespo a ver o que me sai.

Abraços


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Janeiro de 2010

EROS - Deus do Amor e da Família disse...

Bom 2010!
Ronrons e marradinhas

Jaime Latino Ferreira disse...

EROS


Meu Caro,

Ronrons e marradinhas ...
pois então seja, bom ano de 2010 também para Si!

Cordiais saudações


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Janeiro de 2010