sábado, 2 de janeiro de 2010

A MÚSICA DAS PALAVRAS

Faz hoje um ano que recebi da Filomena Claro, inesperadamente, este blogue, como prenda de ano novo e dele tenho feito aquele que penso ser o uso devido.
Tinha já programada para esta ocasião uma reflexão comemorativa sobre o título deste meu blogue que aqui se traduzirá num Díptico, dois pequenos textos, um em prosa e o outro em poética e se exceptuarmos a cor de fundo do blogue que do cinza mudei para o amarelo, tudo permanece como então me foi, tão gentilmente, oferecido.
-
I
-
A música, linguagem universal e som do Universo, é o princípio activo da palavra.
Esta, a palavra, sob o efeito deste princípio, não é um som qualquer ...
Princípio activo ou aquele ingrediente que, presente num organismo vivo e a palavra tal como a música são-nos, lhe confere e ainda que escondido, faculdades terapêuticas que a potenciam.
Independentemente da língua em que seja expressa, a palavra condensa, à sua superfície, a entoação, fonética ou traçado melódico e, no seu interior, os harmónicos que pela sua evolução semântica e etimológica a enche de linhas conjugadas de interpretação simultânea, a História toda, conjugando em si mesma todos os ingredientes que à música, o som das esferas, do Universo, na horizontal como na vertical, como veículo, seu berçário e leito a caracterizam.
Princípio activo da palavra, a música é dela catalisador ou trampolim na reciprocidade que, entre ambas, em permanência se estabelece até ao dia em que fundidas, reconciliadas entre si, em linguagem ainda mais sublime e universal se venham, por hipótese, a confundir.
Na palavra está, condensada, toda a música e nesta todas as palavras que pela arte de pensar ou pelo silêncio se potenciam em crescendo.
A palavra é muito mais do que as aparências a que tantos vivem, nela e por medo, aperreados!
Assim se deixem tomar pela música das palavras ...
-
-
II
-
Diurno de um céu estrelado
em cada estrela um lado
palavra
aresta de um som querido
separado pelo berçário
leito onde a cultivo
vazio e escuro
o silêncio
música ao meu ouvido
-
Berçário é onde nasce
minha palavra
que digo
som das esferas que sigo
como a um cantar de amigo
-
Leito onde me deito
palavra
escrita a meu jeito
por ela eu chego à música
êxtase
meu doce preito
-
O meu muito obrigado à Filomena Claro por este suporte, este blogue que há um ano me ofereceu!
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Janeiro de 2009
Salvador Dali, Galatéa de las Esferas

27 comentários:

Filomena disse...

Jaime!

Serei a primeira a comentar?
A recordar,também, esse meu gesto inesperado e um pouco louco, pois não sabia como o Jaime ia receber o presente que eu lhe deixei cair nas mãos.
Em boa hora o fiz!
Fez deste blogue um espaço de reflexão e cultura. A Música e as Palavras ganham novos sons, novos sabores, novas melodias e novos significados.

Obrigada sou eu

Um beijinho


Filomena

. intemporal . disse...

.

. e, ... ao princípio activo da palavra seguiu.se o dom e o tom de uma composição a duas mãos .

. um saber eloquente . uma escrita diferente e por vezes supreendente .

. este blogue é hoje a referência inequívoca de que a alma é povoada por gente . não in.diferente, não ausente . presente . ampla.mente consistente .

. parabéns pelo aniversário deste espaço sublime .

. à Filomena pela dádiva de um valor com a verdadeira força de acrescentar .

. ao Jaime pelo bom uso que tão bem lhe soube/sabe/saberá continuar a dar .

. deixo por isso, dois abraços singulares .




. paulo .

.

Jaime Latino Ferreira disse...

FILOMENA CLARO


Minha Querida Amiga,

Ainda bem que foi a primeira a comentar ... era suposto!

Agradecimento para cá e para lá mas deixe-me que Lhe diga que não fora esta forma ou matriz que logo no nome do blogue, tão inspirada (!), me facultou e os seus conteúdos não seriam os mesmos.

Até chegar aqui, à tese que em binário, dois tempos, desenvolvo, a de que a música é, como um fármaco, o princípio activo da palavra ...!

E não poderia ter sido em melhor momento, aquele em que se comemora um ano desta maravilhosa prenda a que fiz, julgo, juz.

Um grande beijinho reconhecido, Seu


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Janeiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

.INTEMPORAL.

PAULO


Caro Amigo,

Singular é o meu Amigo!

Composição a duas mãos, como se ao piano onde o tema circula, pela palavra, de uma para a outra pelo seu princípio activo!

Comove-me, Meu Amigo, saiba que me comove ...


Povoado por gente
sou eu
e não lhe fico indiferente


Um forte abraço


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Janeiro de 2010

manuela baptista disse...

YESSSSSSSSSSS!!!

eu hoje NÃO fui a primeira!

ao Jaime

pela voz que me deu
pela dinâmica das questões que ousa levantar
pela beleza das prosas
dos versos
e das músicas
pela determinação
e pela ambição!!

!parabéns!

à Filomena

que no primeiro dia do ano passado

acordou com uma bela ideia!

(e só para nós, este ano, acordou com um toque de telefone madrugador...)

e ficou nossa amiga!

ao Paulo

pela sua ternura
e ficou nosso amigo
também!

Beijos

Manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Que te escreverei eu aqui!?

Esse teu yesssss assustou-me!

Mas depois ...

Dei-te essa voz!?

Modesta é o que tu és, ela estava era bem caladinha à espera da melhor oportunidade para se fazer ouvir!

É como escreves:

Lá vamos fazendo amigos por esta senda!

( a Filomena que me desculpe o toque matinal! )

Beijos muitos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Janeiro de 2009

J. Ferreira disse...

Caro Jaime,

Congratulo-me e felicito-te pelo primeiro aniversário deste teu blogue, esperando que se prolongue por tempo indeterminado, pelo menos enquanto te der gozo mantê-lo, neste ou noutro qualquer formato.

Como prenda,

Cito agora Leonardo da Vinci, que há momentos, pelo telefone não consegui lembrar em detalhe:

“A pintura é uma poesia que pode ser vista mas não ouvida. A poesia é uma pintura que pode ser ouvida mas não vista”

Já agora, e, a propósito, citarei Eduardo Lourenço:

“Poesia é a mais alta criação humana. É o verbo divino. Só tem equivalente na música.”

1 Abraço,

José

Dulce AC disse...

Filomena, se me permite, Obrigada.
A Si então se deve neste espaço têmo-las
as palavras sempre com a Música
sejam-no maravilhosa poesia, sejam-no nessa exigência de nos diversos temas expostos nos implicar num vir e num Estar, num já tão significativo Querer
sendo-o sempre renovado aprender.
Em boa hora o promoveu Filomena!

J untos
A mamos
I nequívoca (esta a)
M úsica (com as muitas palavras já)
E ternizada (s)

Muitos Parabéns!
Obrigado Jaime por perseverar no ficar, porque estaremos sempre num Querer, inquestionávelmente, implicados.

Um beijinho.
dulce ac

Jaime Latino Ferreira disse...

PINTURA POESIA E MÚSICA


Pintura e poesia, ambas se vêem mas ouvem-se de maneiras diferentes:

À primeira pelo que ela suscita e leva, em aberto, a pensar e à segunda pelo que se ouve, em aberto também e para lá daquilo que se ouve.

A ambas, não há como vê-las, isto é, lê-las porque dessa leitura íntima, o princípio activo que as norteia, a música, fá-las brotar em toda a sua exuberância.

Quanto à música ...

Se é preciso vê-la, isto é, lê-la e saber interpretá-la, preenchida esta condição basta ouvi-la, porque ao ouvi-la vemos sempre para lá do que está escrito.

Em todos os três casos, o silêncio potencia a abordagem que vai sempre muito para lá daquilo que se vê e ouve.

Pelo que se sente, em todas as três, aproximamo-nos, então, do verbo divino!

( Obrigado Zé, pela deixa! )


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Janeiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Minha Querida ...!


D ulce
U ma
L uzinha
C eleste
E merge

A quece
C heia


Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Janeiro de 2010

J. Ferreira disse...

Para a Manuela e Jaime,

Porque poeta não sou, aqui vos deixo um poema do Alberto Caeiro, que acho merecem.

"O amor é uma companhia.
Já não sei andar só pelos caminhos,
Porque já não posso andar só.
Um pensamento visível faz-me andar mais depressa
E ver menos, e ao mesmo tempo gostar bem de ir vendo tudo.
Mesmo a ausência dela é uma coisa que está comigo.
E eu gosto tanto dela que não sei como a desejar.
Se a não vejo, imagino-a e sou forte como as árvores altas.
Mas se a vejo tremo, não sei o que é feito do que sinto na ausência dela.
Todo eu sou qualquer força que me abandona.
Toda a realidade olha para mim como um girassol com a cara dela no meio."

Um abraço a ambos,

José

Jaime Latino Ferreira disse...

JOSÉ FERREIRA


Querido Amigo,

Poeta também é aquele que se apropria da poesia como, o silêncio também é, muitas vezes, uma forma poética de se responder!


( ... )


Um grande abraço e cuidado com a vista


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Janeiro de 2010

*Lisa_B* disse...

Parabéns pelo aniversário e bela escrita que propicía a quem o lê.
Que lindo o gesto de sua amiga Filomena ao oferecer-lhe este blog.
Lindos todos os comentadores que animam o seu cantinho com palavras e frases...tão invulgares uns e outros e...lindos!
Não estou à v/ altura a nivel literário mas vejam em mim uma atenta e apreciadora leitora.

Que no proximo ano de blog aqui estejam todos a festejar mais um aniversário.

Beijinho

Jaime Latino Ferreira disse...

* LISA B *


Boa Amiga,

Não estar à altura, que é isso!?

Não estar à altura seria não ter escrito o que escreveu ou outra coisa qualquer!

Mas o que escreveu não é coisa qualquer, não senhor!

Deixa-me emocionado, um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Janeiro de 2010

Brancamar disse...

Jaime,

Cheguei um pouquinho depois do dia 2, mas a tempo de lhe dar os parabéns por todo o trabalho que por aqui nos tem oferecido, desde as palavras à música.
Recordo perfeitamente a oferta da Filomena e os primeiros dias que por aqui passei.Parabéns também para ela, tão generosa sempre.
Deixo um beijo para os dois.
Branca
Branca

Ana Cristina disse...

Com um ano de vida, ainda um bébé, mas bem desenvolto por sinal.
Que continue a crescer e a dar passos pequenos mas determinados.
Aliás,se cair, não há problema ...é só levantar e recomeçar !!!

Vi a sua chamada não atendida.
Hoje tive cá em casa um jantar com amigas e a atenção do telemóvel foi desviada.

Espero que estejam bem.

Bjis e parabéns pelo aniversário deste blogue oferecido ao Jaime pela Filomena ;)

Nini

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


Minha Amiga,

Vem sempre a tempo!

Já viu o que entretanto se passou ...!?

Desde as palavras à música e à música que reside, como princípio activo nas próprias palavras!

Um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Janeiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

ANA CRISTINA


Nini

Querida Amiga,

Ah pois, assim é ...!

Nenhuma queda é necessariamente fatal!

O que podemos é não dar por ela e aí, não há nada como os amigos para nos alertarem para a eventualidade da queda ...

Eu logo vi que andava na ... ramboiagem!

Mais logo, se tiver ocasião, Lhe darei uma apitadela.

Estamos todos bem, graças a Deus!

Um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Janeiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

MANOEL JOSÉ DE SANTANA


Manoel Limoeiro,

Seja bem vindo ao número dos meus seguidores!

Aproveito para Lhe desejar um Bom Ano e queira aceitar as minhas saudações


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Janeiro de 2010

Linda Simões disse...

Jaime, CEM palavras não diriam da satisfação que é estar aqui...

A Música das palavras É a Música.Harmonia.Partitura perfeita.


Sem bajulação nenhuma,fez jus.Fez.

Música.Palavras.Sintonia.


Parabéns,obrigada por compartilhar essa alegria. A música das Palavras.



Beijoquinhas de carinho,

Linda Simões

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Querida,

Como já Lhe sentia a falta ...!

Afinal, arranjou quatro palavras, apenas quatro (!), para dizer da Sua satisfação de estar aqui.

Eu escrevo uma por a rever e essa uma é ALÍVIO!

Beijinho querido


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Janeiro de 2010

Linda Simões disse...

Jaime,

quero um poema acrosticado também...


rsrsrss


Beijoquinhas

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


L isongeira
I ncansável
N ão
D iscute
A gora

É

A nimo
L ágrima
I rradiante
V ontade
I ndomável de
O linda


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Janeiro de 2010

Reflexo d Alma disse...

Amo essa tela...
Dali me faz mergulhar no surrealismo que amo.

""O que é ser livre ?
É não termos vergonha de sermos quem somos. ""
Friedrich Nietzche


Bjins entre sonhos e delírios

Jaime Latino Ferreira disse...

REFLEXOS D'ALMA


O que é ser livre?

É sermos + no respeito pelos Outros!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Janeiro de 2010

Linda Simões disse...

Jaime,


Obrigada pelo poema!GOSTEI imenso!


São palavras e música
Com significados diversos
Casa aberta,carinho certo


...

Beijoquinhas diretamente de Olinda,aos dois!


Linda Simões

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Yessss!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Janeiro de 2010