sexta-feira, 28 de maio de 2010

CONTEXTUALIZAÇÃO

Jaime Latino Ferreira, Nós, desenho a lápis feito a partir de montagem fotográfica
-
Tenho escrito amiúde invocando a Obra, a minha Obra.
Dela e do que a este blogue o precede já editei apenas aqui um conto, With the Cat.
Terá chegado agora e na sequência do que anteriormente escrevi, a altura de Vos dar a conhecer extractos relevantes de uma carta, Carta a um Economista, que escrevi no ano de 2003.
Extractos relevantes porque, tendo esta sido escrita a um economista concreto, pessoa de bem e ligada à banca, dela apenas decidi retirar o que, sendo-lhe directamente dirigido, aqui não faria sentido reproduzir ...
Salvaguardo, também, a sua identidade.
Desse economista, até hoje, recebi de volta, de feedback apenas um sintomático e consentido silêncio que tomo por aprovador ...
Dei-a, aliás, a ler a outros economistas feitas as mesmas reservas, que de igual modo reagiram!
Da sua leitura, trata-se de uma extensa carta para a qual solicito a Vossa aturada atenção e paciência e que decidi editar por atacado, é extensa, repito (!), podereis constatar quanto ela, já na altura, tinha de pertinente por linhas de força e, vista à distância, não só de imensa actualidade como de prospectiva.
Porquê Nós e Tu a ilustrar esta contextualização que à carta a antecede e anuncia?
Primeiro porque, a Manuela, minha mulher, a isso o consentiu;
Depois porque sem Nós e sem Tu, essa minha insubstituível rectaguarda, tanto a Obra como a Carta que a seguir irei publicar, nunca teriam tido lugar.
Esperai para ver!
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 28 de Maio de 2010
Jaime Latino Ferreira, pormenor de Nós, Tu, desenho a lápis feito a partir de montagem fotográfica

15 comentários:

manuela baptista disse...

pré-aviso
contextualizado


o desenho a lápis é surreal,
pois nem o Jaime tem cara de palhaço
nem eu tenho um sinal no nariz!

quanto ao resto logo se verá

economia, economia...vou de férias para o meu blogue!

Manuela

O Rasteirinho disse...

O desenho é surreal
Eu até nem acredito
O que tem a Manuela afinal
É um belo de um carrapito

O Jaime não tem cara de palhaço
Mas tem muito sentido de humor
Na palavra dele não há cansaço
Mas um dedo apontador

Desta vez à Economia
Que detesto até mais não
Mas será pela comparação
Aos desenhos apresentados
Que aqui fico mesmo cheio de azia
À espera da Economia
para saber os resultados

Porque eu sou o mais bonito
E também gosto de lérias
Vou para o blogue da Manuela
Onde ela se encontra de férias
sobre o parapeito da janela
Dir-lhei-ei que gosto dela

Venha de lá a Economia
E a relação com o casal
Porque eu quero afinal
é rir até ao Natal
e viver com com euforia

Um abraço de quem? de quem?

D`O Rasteirinho, pois claro.

manuela baptista disse...

...eu também O Rasteirinho!

quero viver com com

alegria!

beijinhos

manuela

manuela baptista disse...

...e com com um carrapito?

manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

XÓ BICHARADA, AGORA ENTRO EU!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 28 de Maio de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Como se não conhecesses a carta de gingeira!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 28 de Maio de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

RASTEIRINHO


Caro Amigo,

Se há coisa que não gosto é de apontar o dedo, sempre aprendi que era falta de educação!

Faz bem, não fique com azia e distraia-se que só lá para amanhã à noite virá a Carta!

Com, com, com licença


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 28 de Maio de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Tens toda a razão, a euforia sempre deu mau resultado ...

A alegria não!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 28 de Maio de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

CARRAPITO


Carrapito
não te fito
e ao sinal não enxergo
o que em ti vejo aqui cito
às palhaçadas me vergo


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 28 de Maio de 2010

Brancamar disse...

Ah, mas que bem Jaime, acho que o desenho não é assim tão diferente dos originais, pelo que já me foi dado ver. Claro que um desenho é senmpre um desenho, mas o artista até que nem é muito mau.

Folgo muito com a alegria que vai por aqui e que é contagiante.

Deixo beijinhos
Bom fim de semana.
Branca

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


Querida Amiga,

Pronto, está visto, sou mesmo um palhaço!!!

Beijinhos e um bom fim de semana


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 29 de Maio de 2010

Brancamar disse...

Não Jaime, não é nada, o desenho é surreal como diz o Rasteirinho, o que apenas abona a favor da arte re(criativa) do artista. :)
Nós sabemos, eu sei, que os modelos são inspiradores...

BeiJinhos para os dois.

Branca

Dulce AC disse...

Olá Manuela e Jaime..!

Bem...eu que chego aqui agora para sair já de seguida (onde anda o meu tempo que já lhe tenho saudades...??)

E...gosto..!!
Sim..gosto de Vos ver retratados nestes desenhos...
e pronto, com este dizer sincero vou me embora e para Vocês Queridos Amigos um bom fim de semana..!
E beijinhos claro..!!

dulce

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


Minha Querida,

Mas ainda que fosse um palhaço, o palhaço não é apenas aquilo que, eventualmente, possa parecer ...

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 29 de Maio de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Minha Querida,

Ainda bem que gostou e, sobretudo, que não se assustou comigo!!!

Palavra, se eu vir por aí o seu tempo ... aviso-A!

Mas se não o vir, duvido que tenha tempo de ler a página que se vai seguir e que logo avisei que será extença

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 29 de Maio de 2010