quinta-feira, 13 de maio de 2010

ESCUDO

Jaime Latino Ferreira, Escudo, 1989
-
Este é o meu escudo
brasão
rochedo
com ele
a todos Vos convoco
para lá do medo
-
Espero
-
Cruz
estandarte
e escudo
a Teus pés
Papa Bento
os coloco
A invoco
e rezo
-
no terceiro dia da visita do Papa Bento XVI a Portugal
-
( Estes três símbolos, Cruz, Estandarte e Escudo, constituindo um tríptico criado a partir da estrutura base do primeiro, da Cruz, encabeçam as minhas Cartas Credenciais de 1989, enviadas, entre outras, às mais altas instâncias do poder, tanto temporal como intemporal e que abriram como matriz, juntamente com uma Carta Confessional que as precedeu, em incursão, campanha postal, toda a produção que, de então para cá, não mais parou de crescer, até desembocar neste blogue e para lá dele, intensificando-se em acelerado ritmo. )
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Maio de 2010

15 comentários:

manuela baptista disse...

tu devias ser
cavaleiro da távola redonda
em cavalo alado
à desfilada
estandarte de seu senhor
ondulando ao vento
peito aberto
à mais bela cruzada

convertendo infiéis
de tão fiéis
que de seu dono são cativos
e amados
pássaros loucos
de tão loucos desatinos
desatinando a fé
em cada encruzilhada

...como de Mateus a Paixão!

Manuela

O Rasteirinho disse...

Dê-me um Euro e eu dou-lhe um Escudo
E assim fica a conta feita
Fico rico e o Jaime duro
Não faz mal porque já é graúdo
Um negócio assim qualquer um aceita

Porque eu sou o mais bonito
O mais inteligente neste mundo
Eu cá não uso carrapito
Ponho só laca lá no fundo

Um abraço de quem? de quem?

D`O Rasteirinho, pois claro.

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


E tu princesa
a mais bela
concerteza
com a certeza que tens
do que fazes serem bens

numa paixão de Bach


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Maio de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

LAGARTO


Bichano
come o sapato
sua sola
carrapato
ai se ao lagarto
no prato
mastigaria
sem fato

Xó bicho!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Maio de 2010

Dulce AC disse...

"É necessário ter o caos cá dentro para gerar uma estrela"
(Friedrich Nietzsche)

neste blogue ou noutro lugar,
onde for...
não importa
penso que Será sempre
este crescer num acelaradíssimo ritmo...
também pela música em todas as palavras
e eu falo, porque o fiz ao escrever, claro que de Si...

Querido Amigo Jaime(!)
Um grande abraço.

dulce ac

Dulce AC disse...

estava ainda a meditar nas palavras que aqui escrevi meu Bom Amigo Jaime e, eis quando
suge a dúvida...

será que é o mesmo "ter" o caos cá dentro ...ou será antes um "senti-lo" em alguns dias numa solidão que tanto nos entorpeça e quase faz parar..?!

será que tudo o que sentimos nos pertence...?
será que quero para mim tudo o que sinto..?

sei que nem tudo o que sinto quero
..ah..?! é isso ...
este sentir em mim tão grande desalinho é que faz com que O perceba:

o que tanto desejo e se torna procura...!

e sentimos não terá fim
este procurar também de maior fé por querer a perfeição num imperfeito que sempre nos habita

e este também pode ser um "Escudo" Querido Amigo Jaime, a nossa imperfeição...

Um novo abraço pela Sua reflexão que é também sempre nossa, se o desejarmos...!

dulce ac

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Querida Amiga,

Então agora cita-me Nietzsche ...!?

Ah, e afinal não fala apenas de mim, bem me queria parecer!

Continuo a seguir


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Maio de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Querida Amiga,

( continuação )

Atrever-me-ía a dizer-Lhe que nada nos pertence, somos apenas portadores que a outros passamos o testemunho pelo qual, esse sim, importa, sobremaneira, zelar ...!

O testemunho é a possível organização do caos, se quiser e está nas nossas mãos, partilhá-lo!

Nem tudo o que sente quer, diz-me:

É por isso que sobre o que sente, pelo que quer, acto, em si mesmo voluntário, livre ou de nada serviria, ergue, como todos erguemos, construímos, já que ele não cai feito do céu, uma escudo que assenta, nem de outra maneira poderia ser, em cada uma das nossas singulares imperfeições!

Se as minhas reflexões fossem apenas para meu deleite, de nada como este blogue, serviriam ...

Um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Maio de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Minha Querida,

Já vi as Suas fotos, muito obrigado!

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Maio de 2010

Dulce AC disse...

Jaime...!

Me fico com as Suas palavras de tão certas o serem...

E era de Si que falava, por precisamente, de uma descontrução sentida e vivida, resultarem depois... muitas merecidas estrelinhas na alma, e uma qualquer delas ser esse brilho que transluz e é este ritmo acelarado absoluto que aqui nos dá...é de Si que falo..!

Beijinhos também para Si de sopro terno de maio!

dulce ac

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Mas que troca desalmada de beijinhos que reenvio


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Maio de 2010

manuela baptista disse...

...e no meio de tanta reflexão

um lagarto que põe laca na cauda!

aqui a princesa está parva e pede um escudinho, para se esconder...

Manuela

beijinhos também! ora essa!

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


À tua medida
escudo meu
abriga-te no meu
que é teu


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Maio de 2010

*Lisa_B* disse...

Lindo Jaime,
com ou sem "escudo" eu fico apaixonada sempre que entro neste blog e no da Manuela.
Leio com satisfação tudo o que escrevem e o que comentam depois aqui um para o outro e que é a continuação de um amor sempre enaltecido e nobre...tão lindo!
Li para trás mas não comentei pois daria uma grande trabalheira ao meu amigo de me ir procurar.
Sabe o Jaime que é um Mestre da Palavra e da Música, acrescento qualquer dia que o seja também em arte de fotografar,desenhar e...

Beijinhos com carinho e daqui ao lado vai um a.m do Bruno.

Jaime Latino Ferreira disse...

LISA


Linda Amiga,

Muito obrigado ...!

Para Si e para o Bruno, um beijinho e um grande abraço


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 14 de Maio de 2010