terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

DESTE DIA

Waiting
-
Deste dia retenho as mil e uma caras que permanecem à tona e que a ele lhe vão dando relevo e profundidade.
Se a História fosse só uma ou se com uma explicação linear a nós próprios nos bastássemos ...!
Vem isto a propósito da última página, MANHÃS DE PÁSSAROS CONTOS IMPERFEITOS, do blogue de minha mulher, Manuela Baptista e cujo endereço, uma vez mais Vos remeto, http://historias-com-mar-ao-fundo.blogspot.com/, chamando-Vos também a atenção para o endereço que nessa página se faculta, testemunho ímpar e prolongado de Chimamanda Adichie, escritora Nigeriana, com o título The Danger of a Single Story ...
Se tudo se resumisse a uma estória literal ou a um discurso único, plano e sem qualquer profundidade...!
Por essas e por outras é que não paro de desenrolar o meu pergaminho!
Quanto mais escrevo, mais tenho para escrever ...
E assim dou um nó, de novo mais um nó entrelaçado às maravilhosas estórias de minha mulher sublinhando a policromia inesgotável da realidade e que tantos medo têm de assim ver questionado, subvertido o discurso a que, desesperada e acriticamente se agarram!
Pelo contrário, o que constato diante dessa inesgotável policromia é que não há que ter medo e nela mais se revela, potencia aquilo em que, verdadeiramente, acredito:
Acredito em Deus, poliédrico caleidoscópio sem fim e quanto mais olho para o inesgotável subtil da realidade mais me convenço que, como desbravadores, o papel de descobridores, navegadores do Mundo moderno Ele nos deixou e ainda que seja para O pôr, permanentemente, em causa ou perplexos a Ele nos rendermos!
Que descrente e paradoxal medo, pavor ou receio há que ter de uma como de outra coisa!?
Tanto de O questionarmos como de a Ele, eventualmente, nos rendermos!?
Se os crentes se agarrassem menos a supostas certezas que não querem ver questionadas e olhassem, com olhos de ver, a Criação que à sua frente se desenrola ...
... mais lugar ecuménico haveria para todos e até porque Deus não faz acepção nem excepção de pessoas quaisquer que elas sejam!
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 23 de Fevereiro de 2010

23 comentários:

Eva Gonçalves disse...

É essa a mesma fé que professo. A dádiva Divina, é a de nos ter dado a capacidade de vermos... e por esta, estarei eternamente grata. Basta estarmos atentos à criação... e aos seus mistérios e beleza intrínseca, para sermos inundados da certeza que não vem nos livros sagrados... sou uma privilegiada...
Abraço

Jaime Latino Ferreira disse...

EVA GONÇALVES


Minha Querida Amiga,

Se me permite, divergiria de Si escrevendo apenas que tudo o que escreve vem nos livros sagrados:

Basta que nos deixemos impregnar da poética neles contidos e que não sejamos literais, fundamentalistas na sua abordagem!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Fevereiro de 2010

manuela baptista disse...

A História única da Criação

também não existe e a certeza única que temos é a de que os homens são iguais na sua essência

e diferentes nas suas histórias.

O Divino está presente em muitas religiões e é na aceitação dessas suas histórias, que caminharemos para o paraíso terreal.

Terá sido

ou não

o sonho de Deus para o homem?

Manuela

somebody disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Terá, não terá ... estou em crer que sim!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Fevereiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

SOMEBODY


Alguém,

Hesitei se deveria ou não eliminar a Sua mensagem desta caixa de comentários, bem vê, há aqui uma desigualdade de meios que logo começa nos caracteres e se estende para lá deles:

Não tenho por hábito entrar em casa de terceiros sem pedir licença e muito menos se às minhas artimanhas, caso as tivesse, as pretendo publicitar!

Contudo não o eliminei e não o fiz por uma questão de princípio, isto é, não exerço qualquer tipo de censura no meu blogue.

Os actos, todavia, ficam com quem os pratica e eu não poderei, por isso, ser acusado de qualquer tipo de cumplicidade implícita:

Os actos ficam com quem os pratica e tal também quer dizer que só explora Alguém quem, por Sua iniciativa e responsabilidade implícita também o entenda fazer!

Eu, por mim, sigo em frente, passo uma esponja, adiante!

Tenho dito


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Fevereiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

AOS MEUS LEITORES


Reparei à posteriori, ter sido invadido, página após página, com mensagem semelhante à que no comentário anterior refiro!

Repito:

Os actos ficam com quem os pratica e, pelo facto e embora involuntariamente Vos peço as minhas desculpas alertando-Vos, em simultâneo para que de uma rajada, seguramente, se trata!

A resistência provará, seguramente, ser mais forte nesta fase de turbulência e pelo incómodo, uma vez mais, não só dela me dissocio como, perante Vós, me desculpo!!!

Vosso


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Fevereiro de 2010

Eva Gonçalves disse...

Caro Jaime, estes fenómenos são frequentes na blogosfera, não devendo ser levados a peito :) Não percebo nada de informática, mas penso que reduzirá a probabilidade de isso acontecer no futuro, se configurar no seu blogue, na zona dos comentários, a exigência das letras de verificação. Espero ter sido útil.
Abraço

Jaime Latino Ferreira disse...

EVA GONÇALVES


Querida Amiga,

Muito obrigado pelo Seu conselho mas ponderei bem o que é, julgo, não exercer qualquer tipo de censura ou estabelecimento de entraves ou crivos à publicação de mensagens!

Assumo o risco, veja lá (!) e já constatei que esta marca foi despejada, pelo menos, até ao início do mês de Dezembro, daí falar em rajada, e assumo as consequências dela me demarcando e fazendo um apelo a todos Vós para que de igual modo procedeis!

A partir de agora, passarei por ela como se por nada mais o fosse.

Um beijinho, grato pelo Seu conselho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Fevereiro de 2010

Eva Gonçalves disse...

Peço desculpa, :), mas o que estou a sugerir, nada tem a ver com a moderação de comentários!! Eu não modero comentários nenhuns no meu blogue, mas exijo as letras de verificação e isso (Supostamente), dizem os entendidos e conselhos do blogger, reduz o spam, que é isso que são estes comentários de caracteres. Beijinho.

Jaime Latino Ferreira disse...

EVA GONÇALVES


Minha Querida Amiga,

Casa roubada ... trancas à porta!

Reconsidero e vou fazer, a partir de agora, como me sugere!

Como sou teimoso não me livrei que o intruso, paulatinamente, tivesse descarregado a mesma mensagem até à primeira página do meu blogue.

Reconforta-me saber que o teve de fazer 464 vezes!

Um beijinho muito agradecido


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Fevereiro de 2010

Linda Simões disse...

Jaime,


..." mais lugar ecuménico haveria para todos e até porque Deus não faz acepção nem excepção de pessoas quaisquer que elas sejam"

É isso mesmo.Independente de raças ou religião somos iguais na essência e diferentes nas histórias, como bem disse Manuela.


Um grande abraço aos amigos



Linda Simões

Linda Simões disse...

Dulce,

um beijinho.


Manuela,

agora posso escutar sua voz nos contos!


Jaime,


também escuto sua voz alegre e cheia de vida em todas as páginas!


José,


parece até que estou no jardim de sua casa!


Muito bom !



Obrigada,


Linda Simões

Reflexo d Alma disse...

Voltando a vida normal
e vindo ler um pouco voces
como faço sempre,ja passei na Manuela e em outros blogs amigos
e agora
Vindo deixar bjins e minha provocação...
" Mas só percebe
quem aceita a
pro-
vo-
ca-
ção...

Catiaho/ Reflexo d' Alma entre delírios e delírios

manuela baptista disse...

Olá Cátia, também estou por aqui!

Manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Mesmo uma só história singular é, ela também, feita de muitas histórias!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Fevereiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


O quê, a Dulce também já Lhe telefonou!?

É caso para dizer que os tugas Lhe estão a entrar pela casa, pelo ouvido dentro!!!

A Manuela manda-Lhe muitos beijinhos recheados da sua própria voz!

Quanto a mim, é certo que, normalmente, sou assim como me ouviu, alegre e cheio de vida ... agora imagine a minha voz num texto indignado ou tipo repto como também aqui os há ou então apenas naquele em que nesta caixa de comentários respondo ao tal somebody!!!

Um grande beijinho repenicadinho de alegres carinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Fevereiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

REFLEXO D'ALMA


Tua provocação
eu aceito
e se me faz comichão
dela rio
e deliro
com vontade e sem senão


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Fevereiro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Tu ...!?

Tu estás por todo o lado e onde menos se espera!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Fevereiro de 2010

Linda Simões disse...

Sim,

posso imaginar a tua voz que não de alegria...

Mas,que a alegria seja mesmo uma constante.


Beijinos

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Julgo que sim, que a alegria vai sendo uma constante e ainda que ela, na energia que transporta, por vezes se possa transfigurar noutros sentimentos não tão condicentes ...!

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 26 de Fevereiro de 2010

*Lisa_B* disse...

Olá Lindoooo!!!!!!
Tudo bem por aqui?
Andei "fugida" por motivos que já exliquei e apesar de ainda não estar tudo funcional a nivel de internet pelo menos o mau tempo acalmou, as telhas já não voam e as terras esperamos que não deslizem por cá... como vemos na TV.
Excelentes textos estes que tem brindado todos que aqui passam.
Senti-me já meio perdida nos comentários e último post e tive de andar a ler para trás e pronto...percebi o sucedido.

Não sei se resultou o facto de ter colocado as letras para depois o comentário ser verificado...?

Caso continue... pode reportar o blog em questão por spam e conteúdos inapropriados.

Aproveito para dizer que estava com muitas saudades aqui do Lindo e seu cantinho e da querida Manuela, da Linda S, Dulce e todos os amigos.

Beijinhos nossos com carinho.

Jaime Latino Ferreira disse...

LISA


Seja bem vinda de novo e desculpe-me só agora Lhe responder!

Estive muito ocupado no dia de ontem a remover, eliminar permanentemente, todos aqueles comentários a que aqui nos vamos referindo, tendo apenas até 16 de Fevereiro deixado a marca de que os tinha eliminado, para que estes nossos diálogos podessem continuar a fazer um mínimo de sentido!

Quatrocentas e muitas vezes tive de repetir a operação que nos ocuparam, persistentemente, a tarde e noite de ontem.

Fi-lo antes que edite, espero que hoje, dia 27, uma nova página onde me vou justificar!

Um beijinho a Si e abraços ao Bruno


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 27 de Fevereiro de 2010