terça-feira, 6 de outubro de 2009

MIUDINHA

Miudinha cai a chuva
como se fosse enzima
é a chuvinha miúda
o soletrar de uma esgrima
cai a chuva miudinha
como se fosse franzina
luta de espadas doiradas
minha eterna namorada
a chuva miúda se cai
irriga por onde vai
como palavras cruzadas
é a chuvinha um ai
cheia de águas passadas
onde cai não se definha
e em teus pingos me ensinas
a contornar minhas esquinas
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Outubro de 2009

22 comentários:

Filomena disse...

Manuela, Ana Cristina, Jaime,


Príncipes, sapos, Fê CÊ PÊ( rnham!!!) ( logo eu que sou do BEnfica), outono e outubro e CHUVA( Miudinha) só se for aí em baixo!! que cá em cima é cada bátega que até magoa, e tb vem acompanhada de trovoadas.

Nós cá no Norte temes de tudo C... (arroz com caras de muitos rês)


Beijinhos e muitos e as melhoras da tia


Filomena

Maga disse...

Tenho a impressão que até passei a gostar de apanhar chuva...
Bjos

Jaime Latino Ferreira disse...

FILOMENA


Filomena chuviscante
é bátega trovejante
é trovoada errante
relâmpago que nos guia

rnham!?

Rosna de noite e dia
aos sapos ela não queria
nos príncipes ela se fia
ao Benfica por amante


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Outubro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

MAGA


A Maga não quer saber
se forte está a chover
chapéu de chuva atrapalha
venha a chuvinha que calha


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Outubro de 2009

manuela baptista disse...

Se a chuva é uma miúda
franzina ela não é
inunda-me a cabeleira
fico de cabelos em pé

Assim cheia de caracóis, pintura expressionista...

Beijinhos ao Jaime e às meninas do blog

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

E então,

é agora aqui no meio da chuva, que eu vou conversar com a Nini sobre sapos e príncipes?

Bem o sapo está lá fora, feliz dentro de água.
O príncipe fica apenas para as odes e cantos, porque quando penso nos verdadeiros os que falam (embora enroladamente!) a nossa língua...

Manuela Baptista

Linda Simões disse...

...Miudinha cai a chuva fininha
na ruazinha com sapinhos e príncipes!
Que friozinho!

rsrsrsrs

"Mas é claro que o Sol vai voltar amanhã..."


Um abraço

Priscila Lima disse...

a chuva lava a alma "as vezes"...
Abraço Carinhoso.
Priscila lima

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Miudinha como é linda
canta na rua canções
vem calor que não mais finda
com o frio sapos sapões

Estás ao Sul e vem o Verão
ao Norte o frio de roupão


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Outubro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

PRISCILA LIMA


A chuva é choro da alma
cai das nuvens lá de cima
lava tudo e me acalma
no beijo que ela lastima


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Outubro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Os teus caracóis são anzóis
expressão do teu feitiço
molhados pela chuva são sóis
teu saber e meu enguiço


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Outubro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

AVISO


A todos os que nesta página depositarem o seu comentário os aviso que, apanhado pela toada que desencadeei, não se livrarão de uma quadrazita!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Outubro de 2009

Ana Cristina disse...

Manuela

Eu e o Alex apanhámos ontem à noite a meio do passeio nocturno uma chuvada que nos soube lindamente e nos trouxe até casa como gatos pingados,rsrsrs!!!

Agora,Jaime, venha de lá a quadra ;)))

Beijinhos.
Nini

manuela baptista disse...

E estes picantes anzóis
serão magnólias ou sapos
que esta chuva miudinha
confunde-nos com trapos

SOCORRO! isto pega-se

MB

Jaime Latino Ferreira disse...

ANA CRISTINA


Pela noite passearam
o Alex e a Nini
Eis que a chover se molharam
correram para casa eu os vi

Espantar-se-iam zombaram
minhas quadras do que eu ri
à minha Amiga toparam
são duas quadras para Si


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 7 de Outubro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

GOOGLE


Transformadinha num código
de barras estará à venda
pobre Google eu cá digo
pobrezinha rica prenda


( no dia da criação do código de barras em que a Google, transfigurada ... ficou à venda )


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 7 de Outubro de 2009

Maga disse...

Depressa, depressa! Gritei atarantada, tragam-me depressa um guardanapo, não! um rolo de papel de cozinha... deixem, eu vou buscar um lençol!!
E pronto, já consegui limpar a baba, baba que era tanta, mas tanta, que a vizinha de baixo pediu que lhe pagasse o estuque do tecto...
Pudera!... Nunca ninguém me tinha escrito um verso!
Obrigada, fico á espera que me autorize a publicá-lo no meu blog.
POSSO? Posso? poooosso?

Jaime Latino Ferreira disse...

MAGA


Amicíssima,

Pare de choramingar
e publique sem medir
o que não possa parar
de mostrar e de sentir

( e vão duas!!! )

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 7 de Outubro de 2009

Linda Simões disse...

...Eita chuvinha danada
Que traduzida em versos
Faz qualquer poeta
Querer seu regresso!

...

Socorro!!!Não sou poeta...rsrsrsrsrs


...

Beijinhos

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Ai Lindazinha limões
deixe-se de sermões
o poeta está na alma
da poesia que acalma

Eita chuvinha danada
que traduzida em versos
faz da alma do poeta
a vontade do profeta


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 7 de Outubro de 2009

Maga disse...

Há mulheres com muita sorte,eu que o diga, com a minha provecta idade, tenho obrigação de saber do que falo. A esposa deste homem teve tanta sorte ao escolher marido como eu também tive quando pesquei o meu (que ao fim de quase 38 anos, ainda está convencido que foi ele que pescou). Desejo-vos tudo o que quero para mim!
E obrigada pela nova quadra.
Bjos

Jaime Latino Ferreira disse...

MAGA


A UM CASAL FELIZ


A sorte não escolhe idades
agarra-se com afeição
Maga querida obrigado
Vossos desejos meus são

Guardai-os com afincado
amor e convicção
espalhai-os pelas cidades
como uma feliz união


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 7 de Outubro de 2009