quinta-feira, 15 de outubro de 2009

TRANSPOSIÇÕES

DE
-
Auf deutsch
hab' ich gesehen
wie bleibt
die Blume
stehend
dass wie ein König
sich aus der Erde hebt
wie begleit
bei der Sonne
und so scheint
PARA
-
En français
j'ais vue
florrissante
une fleur
puissante
comme un roi
quand elle de la terre
se lève
brillante
contemplée par le soleil
E PARA
-
Em português
eu vi
contemplada a flor
que da terra
se ergue
aspergida
como um rei
benzida
ao nascer
do Sol
-
( Nas três líguas, partindo do alemão e nesta sequência, vi o que escrevi, em todas elas, de maneiras diferentes! )
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Outubro de 2009

17 comentários:

Mateus Araujo disse...

Ver a vida de maneiras diferentes é uma boa brincadeira também. Eu gostei disso tudo.
:D

Abraçãooo

Jaime Latino Ferreira disse...

MATEUS ARAUJO


Ora seja bem aparecido, gostou das três transposições ...!?

Não me diga que fala alemão e francês!???

Bravo!

Certo é que à vida importa vê-la a partir de diferentes perspectivas que logo as línguas, por serem distintas, fornecem.

Um Abraço


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Outubro de 2009

Linda Simões disse...

...Em cada língua,um novo olhar!



Assim são as palavras...


"Que há de ser da gente, quando os pensamentos cessarem de aparecer e as palavras adequadas não se apresentarem?"


...


Beijinhos

Linda Simões disse...

rsrsrs


Postamos ao mesmo tempo!

rsrsr

manuela baptista disse...

Pena a Graça Pereira

não ter deixado aqui um comentário, pois eu acho que com o seu humor ela está à altura destes mestres!

Da minha parte,

não sei alemão, mas a julgar pelo francês e pelo português estão aqui três poemas.

Quando traduzimos, construímos tudo de novo.

É como quebrar uma noz e querer tê-la inteira de novo, não é possível.

Está bonito!

Manuela Baptista

Ana Cristina disse...

Verifico que este blog conquistou muitos seguidores em terras de Vera Cruz o que acrescenta ainda mais colorido aos vários enquadramentos linguísticos com que o Jaime nos surpreende,SEMPRE!

Quanto ao diálogo entre o Jaime e o José (ambos Ferreira) confesso que tem sido demais para mim pelo que humildemente, e citando os "Gatos", "...menos,por favor...",rsrssr!!!!

1 abraço amigo.
Gute Nacht
Bon Soir
Boa noite ;)

manuela baptista disse...

A língua alemã atraiu mais uma menina...

Beijinhos Nini

MB

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Minha Amiga,

Que há-de ser da gente?

Talvez música, talvez em música a gente se torne ou então, o que seria dizer a mesma coisa, se tornem línguas mortas as que falamos!

Há só uma coisa que não percebo:

Como é que a minha amiga se posta ao mesmo tempo em dois posts distintos!?

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Outubro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Venha daí a Graça, o que espera!?

Quanto à tua metáfora sobre a noz, nem mais!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Outubro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

NINI


Minha Querida,

Começando pelo fim:

Eu isso não disse ao Zé Ferreira mas se ele julga que é o único que se desgasta, está redondamente enganado.

Pese a minha elevada auto-estima e o prazer em contraditar, ai se não me desgasto também!

Pois é, já reparou, eu sabia, no brilho acrescido que nos vem de Terras de Vera Cruz ...!

Quanto ao mais e comentando a observação da Manela, era certo que a Nini não resistiria a uma alemãzada!!!

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 16 de Outubro de 2009

J. Ferreira disse...

Herzlichen Gluckwunsch!

Vamos lá simplificar os temas, pois já começam a aparecer sub-reptícias alusões (justas) à nossa (pretensa) guerrilha retórica.
Parabéns pelas transposições, bem como das escolhas florais. Para mim a edelweisse é de longe a preferida. Quanto às línguas meu caro, o francês é chato pela gramática em especial pela ortografia.
O alemão é de facto uma língua complicada (talvez não tanto para quem deu latim) que não obstante ser declinada, para mim possui uma virtude incontornável: a importância em que coloca o substantivo, obrigando a sua escrita exprimir-se com maiúscula.
So, unter diesen Umstanden,
sehr gut mein teuerste Freund!


Ps.Pelo que acima reconheço, bem como à constatação factual na relutância dos putos de hoje (falo dos meus pelo menos) em se chatearem muito com línguas complicadas, tenho-os empurrado, por razões práticas, para o espanhol(que agora até está acessível no secundário) e inglês, o que, devo confessar, tem resultado positivo, sobretudo para os dois mais novos (12 e 15)

Jaime Latino Ferreira disse...

JOSÉ FERREIRA


Meu Caro,

O teu herzlichen Gluckwunsch inicial ou sinceros desejos de felicidades não só me surpreendeu, mais um poliglota (!) como aliviou qualquer culpa que da nossa refrega eu ainda podesse carregar ...!

Schön ist es ( bonito! )!

Simplifiquemos pois embora insista que muito prazer me dão aquelas que lhes chamas de guerrilhas ou refregas, retóricas ou não ...

Diz-me, também aprendeste russo (!?), é que eu dele tenho ainda algumas noções que vão da leitura em cirílico às declinações que não apenas ao alemão ou ao latim lhes são comuns ...!?

Para que fique claro a quem por esta caixa de comentários passa as palavras finais em alemão que o Zé escreve, a saber,
so, unter diesen Umstanden,
sehr gut mein teuerste Freund, querem dizer pouco mais ou menos, posto isto e de acordo com os parâmetros dados, muito bem meu fidelíssimo amigo ...

Fidelíssimo!!!

Saber que depois das refregas ainda nos apelidamos assim, é um enorme prazer e isto desde que, meu caro Zé, nenhum de nós venha a cair em exultações verbais próprias dos néscios, entendido!?

Quanto ao mais, diz-me lá, onde é que aprendeste alemão!?

Um enormíssimo abraço


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 16 de Outubro de 2009

Filomena disse...

HUM!?!?


Continuamos numa de internacionalização... então também eu venho desejar umas boas noites:


laila tov e beijíssimos


Filomena

Jaime Latino Ferreira disse...

FILOMENA


Minha Querida,

Laila tov (!?), agora é que me apanhou desprevenido!

Israelita, será!?

Faça o favor de nos esclarecer!

Beijinhos ainda vá que não vá


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 16 de Outubro de 2009

manuela baptista disse...

Laila tov...

Eu acho que é bom dia em hebraico, mas não deve ser.
Às 22:47???

Então boa-noite!

MB

J. Ferreira disse...

Meu caro,
À tua extensa e elogiosa prosa a meu respeito, sob o título "Dedicatórias" comentarei mais logo.
Sobre o alemão, esclareço: aprendi os rudimentos no 3º ciclo do liceu, daquele tempo. Depois, com 20 anos, casei com uma austríaca, e sinceramente, sempre falei melhor do que escrevi e escrevo. Já lá vão mais de 22 anos após o divórcio e a inexorável oxidação línguistica foi-se instalando. Hoje, para poder exercitar poucas palavras que sejam, tenho de recorrer à velha selecta, isto para evitar erros ortográficos grosseiros, o que não é totalmente possível, pelo menos a nível da pontuação, pois como tive de mudar recentemente de keyboard, nem o trema consigo utilizar!
Quanto ao resto... bom, acho que a troca de galhardetes honrosos ou honoríficos, nos fica bem dar público conhecimento, pois quase me convenço que alguns(umas) fiéis seguidores(as) deste teu blogue já se iam convencendo que estávamos em guerra aberta!
Ao utilizar "teuerste Freund" não lhe quis atribuir a forma enfática de "fidelíssimo amigo", mas bem mais "caro amigo" .
Quanto ao russo, passo!Não percebo patavina.
Por hoje, por aqui me vou ficar pois o dia é uma criança, mas a noite já é velhota, como eu.
Um abraço

Jaime Latino Ferreira disse...

JOSÉ FERREIRA E MANUELA


Teuerste Freunden,

Respondo-vos na caixa de comentários da página seguinte!

Laila tov, agora sim


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 17 de Outubro de 2009