domingo, 4 de outubro de 2009

ODE

Ode é este meu canto
que do meu ao teu encanto
se compadece
é santo
pois que a cantar
o teu espanto
me emudece
neste esperanto
-
Às palavras e a tanto
a tudo o mais que levanto
que instilado pela música
se sublima nesta túnica
-
Etéreas vestes são preces
o que pelo canto se diga
em ode
o verbo se irriga
se religa ao sacrossanto
a tudo ao que a palavra não vê
e já soa
ao que se crê
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Outubro de 2009
Matteo Rosselli, Santa Cecília (1615 - 20)

9 comentários:

Linda Simões disse...

Ode é este meu canto...

...


E o Verbo era Deus...


...


Beijos

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Este meu canto é uma ode
a que a minha Amiga acode

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 4 de Outubro de 2009

manuela baptista disse...

E quem é que vai musicar esta tão linda Ode?

Eu hoje já não estou disponível, é exactamente meia noite e vou festejar a República!

Amanhã logo se verá.

Boa noite ao Jaime e à Linda, que hoje foi a primeira a chegar...

Manuela Baptista

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Levantas bem a questão, quem musicará esta Ode em data tão republicana!?

E isto muito embora ela esteja já perpassada de música!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Outubro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

JOSÉ FERREIRA


Caríssimo,

O prometido é devido e aqui me tens a felicitar-te na data do teu aniversário ...

Deduzo que sejas um republicano dos quatro costados!?

Para ti e para todos os teus um excelente dia e muitas felicidades!

Um grande abraço


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Outubro de 2009

Fernando Christófaro Salgado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando Christófaro Salgado disse...

Caro Jaime,

Infelizmente não tive 15 blogs para indicar. Não é do meu feitio espalhar elogios pela net. Fico sim satisfeito quando recebo elogios, mas este não é meu objetivo.
Pretendo aqui me tornar uma pessoa melhor, entender o que os outros têm para me passar!
Agradeço-te por todos comentários.
Abraços
Fernando.

Jaime Latino Ferreira disse...

FERNANDO CHRISTÓFARO SALGADO


Meu Caro,

Mais aliviado fico agora por saber que o meu Amigo me não levou a mal o que Lhe escrevi!

E este meu alívio, contém já, escondido, um grande elogio, a saber, que o Fernando aceita a crítica e não fica melindrado.

Parecendo que não, esta é, em si mesma, uma qualidade que nem sempre se encontra!

Pessoas melhores somos todos nós, assim o queiramos e, o meu Amigo, faça-me o favor de aqui se sentir como se em sua casa.

Um grande abraço


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Outubro de 2009

J. Ferreira disse...

Caríssimo,
Pois à mingua de felicitações, (até esta hora do dia) as tuas proliferam generosamente,com reconhecida gratificação quer aqui, no meu blogue e no correio electrónico!
Fico sem jeito para pouco mais do que, reiteradamente, dizer: Obrigado!
Com jeito já me sinto para elogiar, não só a tua Ode acima, mas diversas coisas que tens rabiscado por este blogue afora, que tenho lido com agrado. Em mim sempre foi exíguo e parcimonioso o jeito para escrever poesia. Pena igual me acomete, pelo facto de não poder, igualmente por falta de jeito, musicar coisa destas!
Um Abraço Republicano,