segunda-feira, 23 de novembro de 2009

AMOR

Vincent Van Gogh, segundo Millet
-
O amor
tem da morte
o sucumbir
em tal sorte
que a exaltação
se confunde
com o estertor
que ela infunde
-
Apaziguados anseios
se aninham juntos
em afago sem devaneios
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 23 de Novembro de 2009
Pablo Picasso, Blue Nude, 1902

19 comentários:

manuela baptista disse...

O Romantismo

instalou-se de vez(!) neste blog...até à próxima provocação política!
E é a mim, que me chamam romântica...

A celebração pascal continua. É muito bonita e deve durar até ao Natal!

Manuela Baptista

Jaime Latino Ferreira disse...

LISA_B


Querida Amiga,

Espero que se sinta bem por aqui, sei que já frequenta a Casa de minha mulher, eu também já me adicionei aos seus seguidores.

Seja bem vinda


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Novembro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Minha Querida,

Tem lá calma!

Se, é certo, Natal e Páscoa se confundem como datas maiores, não sei não se a esta última a farei perdurar até ao Natal ...

Beijinhos e obrigado por todo o romantismo implícito


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Novembro de 2009

Linda Simões disse...

"Ainda que eu falasse a língua dos homens.
E falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria.

É só o amor, é só o amor.
Que conhece o que é verdade.
O amor é bom, não quer o mal.
Não sente inveja ou se envaidece.

O amor é o fogo que arde sem se ver.
É ferida que dói e não se sente.
É um contentamento descontente.
É dor que desatina sem doer.



É um não querer mais que bem querer.
É solitário andar por entre a gente.
É um não contentar-se de contente.
É cuidar que se ganha em se perder.

É um estar-se preso por vontade.
É servir a quem vence, o vencedor;
É um ter com quem nos mata a lealdade.
Tão contrário a si é o mesmo amor."

...

(Renato Russo)


A celebração deve continuar...!


Abraço

J. Ferreira disse...

Jaime,

Agora sim, consegui visionar o Millet, também ele um pintor do romântico, sobretudo o rural.

No meio, mais uma obra poética Jaimeana, para a posteridade, expressiva, como costume.

No final mais um Picasso, desta feita da época azul.

Como suponho não ser possível colocar aqui neste espaço um dos meus quadros, vou enviar-te por mail um que reflecte uma tentativa de passar pelo "azul" que não teve continuidade.

Embora goste do azul, na tela, prefiro cores mais quentes.

Um abraço

Agora José

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Minha Querida Amiga,

O que aqui escreve e que atribui a Renato Russo, o que é?

Não é uma miscelânia, um patchwork de vários autores e nomeadamente Luís de Camões em O amor é fogo que arde sem se ver e por aí fora!?

Esclareça-me, não me deixe baralhado, por favor!

Ena, hoje levantou-se cedo!!!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Novembro de 2009

Filomena disse...

Bom dia Jaime!

"Se o amor existe, seu conteúdo já é manifesto. Não se preocupe mais com ele e suas definições. Cuide agora da forma. Cuide da voz. Cuide da fala. Cuide do cuidado. Cuide do carinho. Cuide de você. Ame-se o suficiente para ser capaz de gostar do amor e só assim poder começar a tentar fazer o outro feliz."

Artur da Távola


Beijinho

Dulce AC disse...

Bom Dia Jaime!
Outro dia
com Sol!
Que bom!

E agora falemos do Amor,
do Amor mais antigo

"O Amor Antigo

O amor antigo vive de si mesmo,
não de cultivo alheio ou de presença.
Nada exige nem pede. Nada espera,
mas do destino vão nega a sentença.

O amor antigo tem raízes fundas,
feitas de sofrimento e de beleza.
Por aquelas mergulha no infinito,
e por estas suplanta a natureza.

Se em toda a parte o tempo desmorona
aquilo que foi grande e deslumbrante,
o antigo amor, porém, nunca fenece
e a cada dia surge mais amante.

Mais ardente, mas pobre de esperança.
Mais triste? Não. Ele venceu a dor,
e resplandece no seu canto obscuro,
tanto mais velho quanto mais amor.

(Carlos Drummond de Andrade)

É bom quando o Amor chega a "antigo", assim, com este sentir.

Umas palavras ao José,
obrigado pelas palavras de ontem, noutras histórias...

foram importantes,
para que o hoje já o seja
um outro dia, novo.

E fiquei a saber que pinta. Quiça um dia possamos ver a arte do seu traço...
e que Sim adoro o azul da tinta
talvez porque goste muito do mar.

E Jaime,
Com a sua mensagem e a de Outros que aqui já hoje li, me vou mais animada!!
Porque bonitas,
porque concordo:
cuidemos de nós para depois cuidarmos do outro.
Com ternura e com Amor.

Com respeito
Sempre.

Beijinhos para os dois,
e um dia com muitos afectos!!

Dulce

J. Ferreira disse...

Caro Jaime,

Este teu e o da Manuela, blogues, já foram - sou ainda imberbe, no acompanhamento dos mesmos - são e vão continuar a ser, por certo, o sítio dos Poetas Vivos e Inquietos.

Não só pela vossa intervenção criadora, mas também pela que, por arrasto vão trazendo.

Refiro, entre outros, o exemplo da nossa Amiga Dulce.(passe a engraxadela)

Aproveitando a oportunidade, (este espaço está a transformar-se num ponto de encontro, selectivo, como diria a Dulce...)

Dulce,

Se quiser perder uns minutos, percorra o meu modesto espaço pictórico em www.somethingformypleasure.blogspot.com

Comente, se entender, mesmo que não goste.

Jaime,

Posto que estou a utilizar este teu espaço para publicitar a minha mercadoria, se entenderes, manda-me a factura.

Um abraço ao Jaime,
2/2 beijos à Dulce

Agora, José

Jaime Latino Ferreira disse...

JOSÉ FERREIRA


Caríssimo,

Hoje começo pelo fim e pelos cavalheiros, oxalá as senhoras mo perdoem!

Aqui, a publicidade é gratuita, basta que os publicitados a mereçam e, estou certo, os meus comentadores são dela merecedores ...

Tu também és mais um entre os Poetas Vivos!

Um grande abraço


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Novembro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE ANTUNES COSTA


Minha Querida,

Se para mais não tivesse valido, ainda bem que sai daqui mais animada e que nos deixou com o Drummond de Andrade!

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Novembro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

FILOMENA CLARO


Cuidar do cuidado
cuido sempre
minha Amiga
sem o que
eu não daria
escrita que
já sabe
a antiga

Viu, a Dulce saíu daqui mais animada!

Um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Novembro de 2009

Linda Simões disse...

Jaime

É uma miscelânia sim que o Renato fez com Camões,bíblia sagrada e sua veia poética.Renato era um poeta e sua obra ficou para cantar e encantar!

E acordo bem cedo,amigo. Não perco uma caminhada na praia,agora que mudei-me para Olinda!

rsrsrs

Beijo

Linda Simões disse...

Jaime!

Olhe a hora das nossas postagens!

Bingo!


rsrsrs

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Querida Amiga,

Obrigado pelos Seus esclarecimentos e nós também já demos o nosso passeio no paredão que une a Vila de Cascais ao Estoril, passeio que refazemos sempre sem nos cansarmos!

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Novembro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA QUERIDA


Bingo mesmo!

Yessss!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Novembro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE ANTUNES DA COSTA


Querida Amiga,

Andei à procura desse Seu comentário editado no dia 10 de Novembro e não o encontro ...

Help me!

Beijinhos,


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Novembro de 2009

Dulce AC disse...

Jaime,
Olá!

Deixei comentário, sem este Seu ver,
noutras Histórias...

Do que se trata (?)
do dulce AC,
é que já Lho havia revelado,
em comentário à "Escalada", num tempo muito próprio e apropriado,
fazendo todo o sentido,
tê-lo aí feito!
Bom dia para Si!
Beijinhos,
Dulce

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Minha Querida,

Ah, pronto, já percebi!!!

Sabe, eu às vezes sou muito lento ...

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 26 de Novembro de 2009