sábado, 15 de janeiro de 2011

ESTUDO

Passados para lá de dois dias e tendo recorrido uma vez mais à caixa de comentários e como, amiúde, tem acontecido ao longo da vida deste meu blogue, nela fiz um esboço, estudo, rascunho de um texto que, finalmente, irá preencher nova página que à anterior se lhe seguirá.
Esta página!
Saco à viva força das palavras, oiço-as e aqui as digito mais ou menos ininterruptas, mais ou menos reticentes e vou formatando-as em períodos sem ideias pré-concebidas.
Paro aqui, paro acolá e, aos soluços, à matéria da escrita a vou deslaçando.
Por vezes, tenho a sensação de que o filão se esgota o que, invariavelmente me angustia mas hoje não, apenas prossigo neste exercício num tira-teimas como quem previne engulhos, ansiedades a evitar.
Volto atrás, corrijo esta e aquela palavra, esta e aquela expressão e prossigo já com outro ênfase.
Paro de novo, no exacto momento em que escrevo paro de novo.
Fico à espera ...
Abro outra janela e ponho o tema Beyondness, de John Barry a tocar em fundo, aquele que em
Espiral acabei por escolher quando desejaria antes ter colocado um outro, aquele outro de Out of Africa do mesmo compositor mas que aqui, ao concerto para clarinete de Mozart, me acabou por conduzir e convencer!
E sigo no encalço da música que as palavras têm ...


em memória das vítimas das terríveis intempéries no Estado do Rio de Janeiro, na Austrália e no Sri-Lanka e de outras, intempéries de outra ordem de grandeza não menos terrível, como as que fustigam a Tunísia e a Costa do Marfim ou aquela que nos Estados Unidos dizimou ou atingiu civis e uma reputada congressista


Concerto para Clarinete


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Janeiro de 2011

24 comentários:

Dulce AC disse...

"E sigo no encalço da música que as palavras têm ..."

E permita-me segui-lo a Si Jaime, parando também eu aqui, para no mesmo propósito prestar a mesmíssima homenagem a todas as pessoas vítimas das intempéries que refere e com as palavras que nos fazem de novo parar...para depois prosseguirmos.. e sentirmos na música, que é lindíssima e que tanto nos aconchega...

Um beijinho grande.

dulce ac

Dulce AC disse...

...e sentirmo-nos na música, que é lindíssima e que tanto nos aconchega...

Agora sim.
Um abraço forte e amigo.

dulce

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Querida Amiga,

Pois é, a música aconchega-nos como escreve e, às vezes, bem precisamos do seu aconchego!

Um bom fim de semana e um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Janeiro de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCDE AC


... sentirmo-nos na música ...!

E porque não pois se dela, aquático reflexo, somos feitos!?

Já agora, e amanhã, sempre nos vemos!?


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Janeiro de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Dulcde é que não, desculpe-me!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Janeiro de 2011

manuela baptista disse...

ao segundo andamento
ensaio um passo

estudo o clarinete em tom de fundo

funda é a violência dos homens
contra si
contra a natureza que responde nua e crua

e contra os outros seus irmãos

poderíamos seguir no encalço da música
e tudo seria diferente!

manuela

. intemporal . disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fézada disse...

Auf!

Estudar não é comigo...

Auf!

Auf!

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA



Temos de seguir no encalço da música ...!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Janeiro de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

PAULO


Meu Caro,

Redizendo-a, redigo-O e ao que lhe disse sublinho!

Um Abraço e um bom fim de semana também para Si


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Janeiro de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

FEZADINHA


Isso sei eu mas tal facto, isso é que é certo, não te impediu de vir aqui!

Croquete!?

Querias mais nada!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Agosto de 2011

Dulce AC disse...

Se Vos vejo amanhã...?!!

Queridos amigos,
I Hope so...
Contamos convosco para a grande festa de.......Ups..! Festa de Domingo...!
Beijinhos grandes, amigos.

dulce

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Minha Querida,

Fiz-Lhe a pergunta porque não me esqueci ...

Se tudo se conjugar, então, lá estaremos!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Janeiro de 2011

Linda Simões disse...

...

"No encalço da música que as palavras têm... "

Um grande beijinho aos amigos


Linda Simões

manuela baptista disse...

estudar é o que está a dar

tantos amigos...

um abraço a todos

manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Querida Amiga,

Um grande beijinho para Si também


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Janeiro de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


... sobretudo quando o estudo é trazido ao engano!

Mas, vivam os amigos!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Janeiro de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

ESTUDIOSOS I


19 714 = + 80 visitantes!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Janeiro de 2011

BRANCAMAR disse...

Jaime,

Aqui estou consigo nesta homenagem e também no amor à música que nos consola e nos enche o espírito, num encontro com o Divino.

Gostei imenso do comentário da Manuela, que resumo toda a verdade da miséria humana.

Beijinhos
Branca

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


Querida Amiga,

Pela verdade ... conto Consigo!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 16 de Janeiro de 2011

Maria João disse...

Jaime

Meu amigo

O filão não esgota, não senhor!

Porque quem saca à viva força as palavras, colhe delas toda a força que elas têm e com a qual, aqui, fez sementeira.

Um beijinho

Jaime Latino Ferreira disse...

MARIA JOÃO


Querida Amiga,

Hoje até parece que resolvi embirrar Consigo, sabe que não!

Só para lhe dizer que ... retiro o pretérito e escreveria antes, faço sementeira ...

Não me leve a mal, um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 16 de Janeiro de 2011

Maria João disse...

Jaime

Meu amigo

E "embirrou" muito bem!
Pois se de um constante presente se trata. Deixei-me levar pelo pensamento de quem colhe depois de semear... está a ver ?!

Um abraço enorme

Jaime Latino Ferreira disse...

MARIA JOÃO


Minha Querida Amiga,

Ah ...!

Que bem embirra quem não se deixa embirrar pela embirração, bravo!

Um beijinho ainda mais cúmplice


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 16 de Janeiro de 2011