domingo, 11 de janeiro de 2009



Ladrão de Palavras


Eu sou o ladrão
Que na noite calada
Na noite gelada
Te enfeita o coração

Eu sou o ladrão
Que te sopra sonhos
Transforma desejos
Pausas e arpejos

Eu sou o ladrão
De estrelas e ventos
Falésias e marés
Sons e pensamentos

Eu sou o ladrão
De palavras e música
Desenho a carvão
Saudades e tempos


Eu sou um ladrão...
que no dia 11 de Janeiro de 2009 te roubei o blog para te dar os parabéns e nunca pensei que fosse tão fácil!

Manuela da Silva Baptista


"Lascia la spina cogli la rosa"



http://www.youtube.com/watch?v=0qv88wKEA5M

16 comentários:

jaime latino ferreira disse...

Meu Amor,

SILÊNCIO


Surpresa

Espanto

Perplexidade

Acolhimento

Rosa colhida

De espinhos tolhida

A rosa amada

Na minha estrada

-.-

Vês

No silêncio tudo cabe

-.-

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 11 de Janeiro de 2009

jaime latino ferreira disse...

LINDA

Lindas são as rosas do canteiro

Aquelas que cultivo e semeio

Por entre minhas mágoas eu anseio

Tudo o que despertam em meu veio

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 11 de Janeiro de 2009

Ana Cristina disse...

Jaime
Dia de aniversário hoje?
Ou mais uma atenção tocante como só a Manuela sabe ter!

Se fôr dia de aniversário mesmo, então, PARABÉNSSSSSSS!

Se não fôr igualmente Parabéns por ter começado o dia de uma forma tão especial.

Que sorte têem as rosas do seu jardim. Nem todos os jardineiros as tratam com música e palavras ;)

1 beijinho para a Manuela pelo roubo do blog!

Ana Cristina

Ana Cristina disse...

Hoje é dia de Romaria de S.Gonçalo em Gaia.

Não me lembrava nem ontem o sabia.

A partir das 14h o ar em Gaia começou a encher-se com o rufar dos tambores, compassados,primeiro ao longe junto ao rio e progressivamente mais perto da minha casa no cimo da encosta.
Aí numa fugaz mas decisiva lembrança de juventude, debruçada numa varanda da Rua Soares dos Reis,lembrei-me: ...é dia de S.Gonçalo, dia dos Mareantes do Rio Douro subirem a encosta ao som do rufo dos tambores.

O som estava mesmo ali ao lado.
Fui à varanda.
O eco distorce a origem mas num breve olhar vislumbrei os estandartes.

Subiam a Rua Cândido dos Reis e estavam a um passo de os poder ir ver passar.
Gritei para a Diana (que estudava no quarto):
- É dia de S.Gonçalo,vou a correr ver se os vejo passar, levo o Alex!
-O quê?- ouvi ainda qundo já fechava a porta e puxava pela trela o Alex para o elevador.

Saimos os dois a correr.
O Alex feliz porque achava que me ia ajudar a procurar alguma coisa.
As pessoas nos passeios esboçaram sorrisos ao ver a nossa corrida em direcção ao cruzamento da Cândido dos Reis...chegámos a tempo.

Ao som dos bombos lá vinham em primeira fila os Mordomos que transportam as imagens de São Gonçalo , São Cristóvão-protector dos barqueiros do rio, o que explica a importância que assume entre a população de Gaia, especialmente das zonas ribeirinhas-e um terceiro que encarna a figura de São Roque.

Os estantardes brancos com a cruz de Cristo vermelha ladeiam os Mordomos.

Atrás algumas dezenas de homens da Associação de Mareantes do Rio Douro, vestidos de calças brancas e camisola azul rufam os tambores em compasso forte e potente como que a chamar a população para os ver passar em homenagem aos Santos da sua devoção.

Ao pôr-do-sol depois de percorridas as ruas da cidade as cabeças dos Santos juntam-se junto ao altar da Igreja de Mafamude viradas para o rio.
Será a hora de pedir protecção,saúde e sorte para o casamento já realizado ou por realizar!!!

Lembro-me que da varanda da Rua de Soares dos Reis atirávamos moedas à passagem dos Mareantes que as apanhavam com os seus bonés brancos.

Hoje eu e o Alex sorrimos à sua passagem no cruzamento da Rua Cândido dos Reis com a Rua da Misericórdia.

Durante toda a tarde o rufar dos tambores andou no ar, algures numa rua de Gaia a caminho de Mafamude.

Agora que o sol se pôs o regresso ao rio faz-se em silêncio.

A Festa de S.Gonçalo realiza-se no 1º. domingo depois do dia 10 de Janeiro(dia de S.Gonçalo).

Mais tarde explicarei à Diana porque saí a correr para ver os Mareantes passar!

Ana Cristina

jaime latino ferreira disse...

Ana Cristina,

E com imagens, que bonitas elas são!

É, é dia de meu aniversário com que minha mulher me brindou como se vê, deixando-me com o silêncio de todas as palavras ditas e não ditas ...!!

... e apregoando-o aos sete ventos, adorável ladra, catavento que os cativa!!!

Pouco mais fica por dizer, por ora, às rosas do meu jardim ...

Têm sido muito fortes as emoções, um grande beijinho para Si

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 11 de Janeiro de 2009

Filomena disse...

Jaime,
Muitos parabéns!

Um beijinho

Filomena

jaime latino ferreira disse...

Filomena Claro,

Muito obrigado!

Beijinho de volta

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 11 de Janeiro de 2009

Anónimo disse...

Jaime, já atrasada, eu sei, um grande beijinho de PARABÉNS!
MM

jaime latino ferreira disse...

Querida MM,

Nunca vem atrasada e mesmo se o viesse mais vale tarde do que nunca!

O meu obrigado, também a Si ...!

Eu não consigo deixar de responder ao que os meus comentadores, prefiro chamar-Lhes interlocutores, têm para me dizer e quando o faço, faço-o de uma forma personalizada, anónimos ou não (!), em função daquilo que escrevem o que logo Lhes dá personalidade, a personalidade incontornável da escrita que logo os revela, queiramos ou não.

Se me felicitam agradeço-Lhes, se me contraditam, contradigo-os ou não e então dou a mão à palmatória se caso disso fôr ou agradecendo, apenas (!?), umas simples felicitações!

É o que faço, agora Consigo, querida MM, sendo sempre um prazer coloquiar Consigo.

Um beijinho,

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 12 de Janeiro de 2009

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 12 de Janeiro de 2009

Brancamar disse...

Olá querido amigo,

Venho eu visitar o seu blog e qual não é o meu espanto até já o encontro assaltado e muito bem e com imenso talento.
Só chego no dia seguinte, mas quero deixar-lhe um abraço de parabéns, todos os dias são de parabéns quando se faz por merecer a vida e penso que já a mereceu a julgar pelo pouco que conheço de si, pelos bons amigos que aqui tem e por este belo presente tão terno e trazido pela calada da noite.
Agora vai-me desculpar, mas tenho que aproveitar para dar também os parabéns à sua esposa por tão lindos versos.
Afinal, nessa casa existe uma dupla de artistas.
E termino desejando-lhe muitos anos plenos dessa felicidade de ter uma vida útil e cheia de coisas boas, sobretudo com muita saúde.
Beijinhos.
Branca

jaime latino ferreira disse...

Brancamar

Querida Amiga,

Desculpar de coisa nenhuma, as verdades são para serem ditas e minha mulher merece-as!

Vem-me, a minha Amiga Arminda dar os parabéns e pede-me desculpa!?

Vai-me a minha Amiga desculpar mas a felicidade que me, nos deseja e que não regateio faz sentido assim, na criatividade que não enjeitamos e que tanto desejamos partilhar!

Até porque, se não fôr partilhada também não é degustada ...

Obrigado, minha querida Amiga, um beijinho

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 12 de Janeiro de 2009

Linda disse...

Parabéns Amigo!

Um pouco atrasada mas até ao São João é devoção( Já dizia a minha avó)

Bjs
Linda

jaime latino ferreira disse...

DEVOÇÃO

Oh S.João devoção
Aquece meu coração
Linda é tua vontade
Que me dás com caridade

Bate sem um senão
Linda tens todo o perdão
Obrigado sem idade
Por toda a tua saudade

Linda amiga sem vão
Sem arestas devoção
De um santo a bondade
Popular a amizade

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Janeiro de 2009

manuela baptista disse...

Retrato em Janeiro


Habitam um espaço

Sem forma e sem traço

Navegam em rios

Sem água ou maré

São Orcas golfinhos

Bolinhas de Chocolate

Para comer à matiné

São Manas nortenhas

De sotaque em V

Rainha de Castela

Em barquinho à vela

Branca onda neste Mar

Claro de luar

Linda lindo de cantar


Manuela da Silva Baptista
13 de Janeiro de 2009

Espero que estejam todos nesta foto...

Filomena disse...

Lindo como sempre, Manuela!
E desta vez percebi!


Beijinhos aos dois.



Filomena

jaime latino ferreira disse...

DESABAFO

Pois é, minha querida Filomena, como diz, o que minha mulher escreve é lindo como sempre!

Sei que a minha Amiga se está a referir, agora, ao poema que a Manuela editou antes do Seu comentário e que antecede este meu, mas tem razão ... lindo como sempre!

E, como sempre, ao olhar para o post que ladroando minha mulher me dedicou, freio o meu ímpeto criativo e apetece-me deixá-lo ali encabeçando o blogue e vou circulando pelo seu interior.

Ouvindo-Vos, agradecendo-Vos, saudando-Vos ou compondo quadras nos bastidores de um ladrão de palavras.

Oiço, leio e em mim ressoa o poema, percorro as fotografias ou clico no endereço que dá acesso a 'Lascia la Spina' só aparentemente igual a 'Lascia ch'io Pianga' do post anterior, iguais apenas na música mas diferentes nas palavras como se resposta ao primeiro que se quer chorar a mesma voz de Cecília logo desafia a que deixe os espinhos e colha a rosa e apetece-me tê-la ali mais e mais tempo como cartão perene de visita que vai, aliás, alimentando estes bastidores, a caixa de comentários onde circulam os bem vindos interlocutores ...

E vejo-me, a mim ou a ela, naquela janela da primeira fotografia e noite fora frente ao ecrã, desfiando de fio a pavio um novelo que não pára de se auto-alimentar, assaltando sonhos para mais os vêr crescer e contando histórias até ao entardecer.

Serenamente, muito serenamente ...

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Janeiro de 2009