quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

V Série

( ... )

Se tanto me dói que as coisas passem
É porque cada instante em mim foi vivo
Na busca de um bem definitivo
Em que as coisas de Amor se eternizassem
( ... )
( Sophia de Mello Breyner Andresen )

-

FEMININO

-

Eu sou eu e o Outro eu

Sou X e Y

Tenho da mulher o toque invicto

Do homem a vontade do convicto

-.-

Eu sou eu e Tu Mulher

Sou força de uma mãe

De um pai o ser

Sou toda e tudo o mais que quiser ver

-.-

Sendo mulher eu sou um homem nu

Definitivo ser

E o saber

-.-

Dor que se sabe o que é sofrer

Saudade carregada

Vivo instante

-.-

Definitivo bem

Amor constante

Tudo o que se carrega de levante

-.-

Mulher eu sou e o infante

Gigante sem o ser

Sou tu

E eu

-.-

Mulher se apercebeu

Ao ver o céu

Descobre-se sem véu

No que sofreu

-.-

Sou teu e meu

Homem Mulher

Gritai pois insensatos

Que meus actos

Aos vossos contrapõem

Estes factos

-

Jaime Latino Ferreira

Estoril, 15 de Janeiro de 2009

-

-

6 comentários:

jaime latino ferreira disse...

VOZ OFF

Rectidão

Passadas umas seis horas sobre a publicação desta minha primeira página e não havendo na sua caixa ainda qualquer comentário, obriga-me o dever de transparência, a rectidão também, a nela escrever o que se segue como se, nuns bastidores abertos, desse azo a uma voz off, ao que em complemento ao poema Feminino, achasse por bem acrescentar:

Não contem comigo para alimentar guerras religiosas como logo oportunamente, no blogue Sete Mares e em polémica nele desencadeada na sequência da sua ante-penúltima página e a propósito do conflito do Oriente Próximo, nele, reflectindo, plasmava.

Nele também e na sua última, mais recente página e a propósito de alguém que afirmava, ironicamente, preferir ser homo sexualis dixit, a ele lhe respondia o que no blogue Sete Mares se constatará alertando para o facto de que, o critério aferidor passa e centra-se na rectidão de comportamentos, isto é, que o que importa acima de tudo é que não se manipule o Outro já que ninguém é descartável (!) e que desse olhar em relação ao Outro tudo vai, mais do que o que se escreva numa cartilha de não iniciados onde os nãos preponderem como se fossemos todos débeis mentais, pecadores inveterados por roubarmos, tão só (!), doces da dispensa!

Remato:

Ainda há quem tente negar a evidência científica!?

Vosso,

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 15 de Janeiro de 2009

Ana Cristina disse...

VOZ ON

Centremo-nos no essencial e deixemos o acessório.
Concentremo-nos nas prioridades e esqueçamos o que tanto que há a fazer ... depois.

O importante é a educação.
A dignidade.
Os principios.
O exemplo activo de cidadania.
O egoísmo , sim o egoísmo, porque se fizermos tudo bem a pensar apenas em nós, quem sabe criemos uma corrente de reprodução que atinja os outros na sua qualidade de vida, na sua protecção, na sua felicidade.

"L'important c'est la rose".

Qualquer que seja a sua cor ou cheiro.
Pela PAZ!

1 abraço amigo de mim que sou eu e outro.

Ana Cristina

jaime latino ferreira disse...

ANA CRISTINA

Querida Amiga,

O egoísmo ...

Se egoísmo é, como diz o dicionário, amor exclusivo à pessoa e interesses próprios e se, como o reforça a minha Amiga, eu sou eu e outro, o amor está pleno de generosidade e o Outro, que é Ele e Outro de outros, enlaçam-se já e logo por definição em corrente reflectora susceptível de inflectir-se na qualidade de vida de todos e sobretudo, se tivermos em conta o que na Sua mensagem escreve sobre a importância da Educação, da dignidade, da rectidão, dos princípios ou do exercício pró-activo da cidadania, susceptíveis todos de implementar a Paz e seja qual fôr a cor da rosa!

É isso mesmo, minha Amiga, pela Paz!!!

Um beijinho de um eu feito de muitos outros, Seu

Jaime Latino Ferreira
Estopril, 17 de Janeiro de 2009

OrCa disse...

Talvez que a inclemência dos tempos aconselhe ao ser andrógino da Natália, que por saber demais do homem e da Pátria, nos traga a urgência da Mátria.

A nós vá chegando, entretanto, a Frátria.

Um abraço.

jaime latino ferreira disse...

ORCA

Caríssimo,

A Frátria que nos vá chegando o que já não é nada mau já que andróginos que somos como Natália, matriciais patrícios e como tal, fraternos, nos devemos, sinal dos tempos, eleger!

Anda e volta de novo que és sempre bem-vindo, um Abraço

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 18 de Janeiro de 2009

alerts disse...

dolce bag
dolce gabbana handbags
dolce gabbana bag
dolce gabbana handbag
balenciaga bag