terça-feira, 6 de janeiro de 2009

V Série

DÁDIVA

A cordei
-
M anuela
U ma
S ereia
I luminou-me
C laro
A li
-
D oce
A lvor
S ilencioso
-
P or
A ndar
L á
A
V oar
R ondando
A
S ilvar

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Janeiro de 2009

5 comentários:

manuela baptista disse...

Divas


Clara é a noite
Silenciosa
E alva

Rondando
Princesas
Sereias e fadas

Iluminando voos
Entre a doçura
Das silvas

Manuela da Silva Baptista
Estoril,6 Janeiro 2008

jaime latino ferreira disse...

Minha Querida Mulher,

DIVINDADE

Das silvas
tem a doçura
e o encanto

Tem da sereia
princesa
a ronda feiticeira

A claridade
da noite
silêncio e o seu espanto

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Janeiro de 2009

Filomena disse...

Jaime,
Para mim?
Eu até fico sem palavras?
E a Manuela a ajudar!?
São uns amores!Não me façam isso, que eu fico,assim, meia patareca e sem jeito!
Vou colocar o poema da Manuela no meu blogue!
Oh! fico mesmo meia pateta.
Um beijo ENORME para os dois.

Filomena

jaime latino ferreira disse...

PATETA

Pateta é um cãozinho ou um cãozão da Disney que nos apatetava deliciosamente os tempos livres num tempo em que ainda não havia ATLs!

E eu a julgar que os claros, Claro no meu poema e Clara no de minha mulher, eram por si sós suficientemente explícitos para que a Menina os entendesse como Lhe sendo dirigidos!

Se a essa claridade somasse ainda o efeito em palavras cruzadas que das primeiras letras dos meus versos logo compõem o título que deu ao blogue que me ofereceu ...

Deixe-se ficar com o jeito que tem que fica muito bem!

Beijinhos retribuídos

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 7 de Janeiro de 2009

maicher disse...

hermes birkin bag
hermes birkin
hermes bag
hermes handbags
gucci handbags