sexta-feira, 17 de abril de 2009

A LIÇÃO DE MÚSICA ( III )

Sente, sente as palavras como música e derrama-as até ao choro!
Viste, estou certo, e percebeste com atenção o apontamento da primeira lição em que Bernstein compara a IV Sinfonia de Tchaikowsky, o tema que dela ilustra como se fosse uma birra ou afinação, de afinar como tantas vezes as crianças ou os mais velhos o fazem quando picados, persistindo num querer obstinado que de tanto e tanto ser teimosamente desejado acaba por implodir em choro intenso?

eu quero, eu quero, eu quero tanto
que me rasgo neste pranto

Pois bem, a música que das palavras jorra pode transformar-se em afinação sublime, de tanto sabermos dela nos apropriar, saborear e mais do que isso, sentir!
Aqui, o aprendiz de feiticeiro diria que sentimento não é tudo, criatividade também o não é e que sem técnica não se irá a lado nenhum e há mesmo os mais refinados que chegam a tentar medir as percentagens de ambas no composto que é o resultado final que resulta em Arte, sabotando, de certa forma, a reflexão sobre o assunto ...
Tranquiliza-te pois sinto-me completamente à vontade para sobre ele discorrer!
Primeiro tens que sentir, percepcionar, teres o feeling de que é por aí, por esse caminho que queres ir e que, eventualmente, desembocará em Música;
Depois tens de aturadamente treinar a técnica que a ela te conduzirá e sempre sem deixares de sentir;
E, finalmente, de tanto persistires como eu o faço, é só seguires-me o percurso (!), encontrarás e por Ventura o teu que em Música se converterá.
Música com maiúscula;
Música que é tudo e desde que seja feito com Arte e sem ofensa;
Música que é a Palavra, a palavra enquanto o simbólico e o literal, princípio e fim de tudo o mais.

E quando aí chegares, à Palavra, que é ela própria e o seu contraditório todo, a História e a Humanidade, então estarás já a meio caminho e como se num espectro intermédio, aroma a rosas ou limbo entre a Mãe Terra e o Céu.

-

Às Rosas do meu Jardim

-
http://www.youtube.com/watch?v=sHz3GYqJIPA

-

( clique na janela do youtube à direita onde diz: here are the lyrics )
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 17 de Abril de 2009

10 comentários:

jaime latino ferreira disse...

MANUELA


Meu Amor,

Com que então a música é comigo!?

Pois aqui tens e a teu pedido, o Espectro da Ros de Hector Berlioz!

Para ti e para todas as Rosas do meu Jardim


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 17 de Abril de 2009

manuela baptista disse...

A Lição da Noite


Em pétalas de rosas me desfaço

como laços em vestido de rainha

noites de Verão e de poetas

a inveja dos reis e das princesas

chegam do Paraíso

em carruagens de cristal opaco

escondidas dos faunos e dos deuses

pérolas redondas nas manhãs de orvalho

passeiam-se estreladas e mudas

estremecem de emoção

ao raiar dos dias e das luas


Manuela Baptista
Estoril, 17 de Abril de 2009

manuela baptista disse...

Este é o meu outro eu.

Ao professor,

à Ana Cristina,

à Filomena,

a quem estiver por aí,

uma noite boa e perfumada.

MB

manuela baptista disse...

Obrigada à Filomena pela história do Príncipe Feliz, que colocou no seu blog!
Só não percebi o significado de alguns códigos.

É outro eu?

MB

Ana Cristina disse...

Boa noite a todos os poetas.

1 abraço
Ana Cristina

Filomena disse...

Bom Dia a todos os poetas.

Um beijo


Filomena

Filomena disse...

Querido Professor,

Continue, através da Música e das Palavras, a difundir a Sua Obra.

Vale a pena, porque a sua alma é grande.

Desta Sua Aluna( se calhar a mais rabina de todas) que se sente orgulhosa de o ter conhecido e de Consigo aprender todos os dias

Filomena

Filomena disse...

Manuela,

Códigos?

Onde estou os códigos?

Ai, não se meta mais comigo( ou como dizem os meus meninos: ó sessora também tá sempre a entrar com nós!)

Beijinhos

Filomena

jaime latino ferreira disse...

ANA CRISTINA


Minha Rosinha fina,


Não estejas murchinha
Rosa
Respira o perfume da vinha
Enche-te da tua casta
Formosa
Não faças essa boquinha

Minha Rosinha ensina
Não cismes na minha prosa
Respira a terra molhada
Da semente semeada

Rosinha com cor
Poeta
Chora tudo o que for
Resolve a Tua dor
Canta para lá da meta

Canta tudo sê profeta


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 18 de Abril de 2009

jaime latino ferreira disse...

ENTRAR COM NÓS


Minha Tutora querida
Explique-nos lá os seus códigos
Que aos parágrafos intervalam
História de Wilde como pórticos

Ai a Rosinha poeta
Que é como uma seta
Como um anjo que me fala
Como fada que me entala

No perfume de uma pétala
É uma cifra sem pála
A direito linha recta
Cupido que em nós acerta


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 18 de Abril de 2009