quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

POVO PARA QUÊ - II -

O povo é uma chatice ...!
A gente bem o tenta estratificar, dividir em grupos, etnias, tribos, culturas e religiões, sexos, uns mais baratos do que os outros e classes mas nada, o povo não se conforma!
A gente bem o industria, força a novas tecnologias, dispensa-o, cria exércitos de desempregados que o tornem mais em conta e domável, disponível e rentável, mas não, o povo não perde a capacidade de se indignar!
Ao povo bem o tentamos virar contra si próprio mas, de que é que serve ...!?
O povo não devia existir ...!
Perdão, o povo só devia existir quando nos fizesse jeito!
Para que serve o povo se ele só nos cria engulhos!?
O povo é assim como se um polvo de imensos tentáculos que nos armadilha os pés, que se enreda e exige, que está por aí e quer sempre mais, que quer ter voz e direitos, imagine-se (!), que não nos larga nem conhece fronteiras, cada vez menos (!), que se imiscui em tudo e não nos deixa os movimentos livres, que se levanta em massa e nos atazana o juízo, o povo é uma chatice, repito!
Nós a julgar que tínhamos criado, ali, a Sul, um cordão sanitário que estancasse a mob mas, qual quê!?
O povo transborda ...
O povo ...!
Educámos o povo para quê!?
O povo é ingrato, é mal agradecido, mune-se de ferramentas tecnológicas e zás, vira-as, nós que lhas demos (!), contra nós próprios, já julga que manda e rebela-se sem atender a quem, é insaciável e suga-nos até ao tutano, atrapalha a vida àqueles que, por ele, sempre fizeram o melhor ...!
O povo, essa imensa e descaracterizada amálgama, esse incógnito tumulto ...!
O povo é uma chatice e pronto ...
... povo, povo para quê!?


à Liberdade dos povos e aos que por ela sofrem


triste vida


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 23 de Fevereiro de 2011

15 comentários:

Linda Simões disse...

BRAVO!

Clap!Clap! Clap!

Bravo!


Eita!


Beijinhos,


Linda Simões

BRANCAMAR disse...

Jaime,

Óptimo texto, tremendamente esclarecedor e algo satírico, muito bem construído e um protesto digno de um Homem de bem, como sei que é.

Tal como a Linda,

Clap,clap,clap,de pé e com bis, :)


Não repare, mas tenho andado com muita preguiça para escrever.
Hoje estou de férias para o trabalho, aniversário cá em casa e vim passear-me por aqui um bocadinho, depois dos festejos que ainda não acabaram.

Foi o primeiro espaço que visitei e gostei muito do que vi.

Parabéns pelo talento, sempre crescente.

Beijinhos
Branca

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Querida Amiga,

Muito obrigado ...!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Fevereiro de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


Querida Amiga,

Aniversário aí em casa, de quem (!?), não me deixe neste suspense ...!

Seja como for, os meus muitos parabens e um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Fevereiro de 2011

manuela baptista disse...

ora esta...

povo para quê?

para não desligarem os telemóveis nas salas de cinema

para arrotarem à mesa e no sofá

para dizerem palavrões à arbitragem

para sujarem as carruagens do metro e não respeitarem os sinais de trânsito

para comprarem ténis de marca aos filhos e baterem nos professores

para passarem os domingos de sol no carrefour

para dizerem mal de tudo dando estímulo a quem não merece

para me atirarem cascas de laranja para eu me calar!

clap, clap...tens cá uma claque!

manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


A tua é uma réplica bem ... popular!!!

Clap, clap, clap!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Fevereiro de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

POVO I


24 390 = + 145 visitantes!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Fevereiro de 2011

BRANCAMAR disse...

Jaime,

Não há suspense, hoje é aniversário cá em casa de todos os habitantes, uma porque nasceu, a verdadeira festejada, a outra porque foi mãe, sim porque não sei porquê as amigas costumam dar-me os parabéns, mas não sou eu que faço anos, mas sim a filha.

Agora aproveito para lhe pedir licença para fazer clap, clap, clap também à Manuela, é uma outra versão de povo, muito bem caracterizada, somos um povo de muitas e variadas características.

Beijinhos aos dois.
Branca

Linda Simões disse...

Pois,

também gostei da réplica da Manuela

e

novamente


Clap! Clap ! Clap!


E muitos beijinhos

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Lindinha,

Clap, clap, clap a abrir e a fechar ... boa!!!

Beijinhos mais


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 25 de Fevereiro de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


Querida Amiga,

Então, parabéns às duas ...!

Quanto ao povo ... que inúmeras facetas ele tem!

Beijinhos salpicados de muitos e muitos anos felizes


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 25 de Fevereiro de 2011

manuela baptista disse...

...um abraço

à mãe e à filha!

o povo é assim todo abraçado e sentimental :)))))))))))))))))

manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

POVO ABRAÇADO


Povo abraçado
és tu
meu amado
por muito que queiram
não cais para o lado


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 25 de Fevereiro de 2011

Maria João disse...

Jaime

Grande chatice o povo...

e quem assim pensa, o que é senão parte do polvo ou do povo que se esqueceu do que era?

Os meus parabéns, está magnifico este texto!

Jaime Latino Ferreira disse...

MARIA JOÃO


Olha-me outra polva ...!

Que grande chatice, não é assim!?

Beijinhos grandes


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 28 de Fevereiro de 2011