sábado, 6 de novembro de 2010

CARTA AO PRESIDENTE HU - I -


fotografia de f pedrosa
-
Presidente Hu Jintao
-
Sou como as águas de um rio
um rio que corre límpido
transparente
cristalino para o mar
-
De cujos lábios sai assim
por impulso
como um poema
o que deles do coração vem
nas saudades que guardo da
China
-
Do Império do Meio
-
E que de meus lábios saindo
te saúdam quando nos visitas
-
Assim aprendi a fazê-lo
-
De coração apertado
agrilhoado como estará o coração de
Liu
-
Olho para ti
e vejo-te homem como eu
com vontade de ser rio
e ir ao encontro do mar
das águas com sal
lágrimas que nos unem a todos
continentes fora
-
Neste mundo pequenino
e que nos transfiguram e fazem iguais
-
Iguais
na comunhão
de um comunismo
finalmente maduro
despojado do seu pecado original
-
Olho para Ti
e resoluto choro
-
coincidindo com a visita do Presidente da República Popular da China a Portugal
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 7 de Novembro de 2010

fotografia de f pedrosa

16 comentários:

manuela baptista disse...

sou como um junco

que navega mal
em águas traiçoeiras

pedindo aos peixes
que não comam os mais fracos
no domínio de inconfundidos impérios

eu sou o sol nascente
que ainda acredita na manhã
e no coração de cada dia
quanto de dias tem esta terra
como homens e cantos de voar

somos iguais
no sangue quando brota
nas lágrimas que salgam tanto mar

e apenas posso desejar para mim
aquilo que de bom, reconheço nos outros!

esta é uma página esperançosa que acredita nos corações

...mesmo, dos mais frios homens!

manuela

Carla Diacov disse...

adorei a tudo aqui!



Tudo...
E também adoraria ver tua honrada visita pelas minhas chafurdadas coisas;
carladiacov.blogspot.com
larcavodica.blogspot.com
odesimundasdoneochiqueiro.blogspot.com
carlacarlacarlac.multiply.com

Sofá Amarelo disse...

E dos rios se fizeram homens, muitos homens que construíram um mar grande de gente igual a nós...

. intemporal . disse...

.

. bel.íssima carta farta mensageira de uma ascese mayor .

.

. a do propósito des.prendido e latente em cada palavra .

.

. saúdo.O e abraço.O .

.

. paulo .

.

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


" ... mesmo, dos mais frios homens!"

Sim, acredito nos corações e para te ser franco, não sei mesmo se o deste homem será dos mais frios ...!

Ainda hoje de manhã, em animada conversa a propósito desta minha carta/poema, o meu interlocutor perguntava-me se ele, este homem, era dela, da carta ou do poema, merecedor ao que prontamente lhe respondi:

Para todos os efeitos e quer tu o queiras quer não, ele é aquele que representa o povo chinês e assim sendo, ele é dela, desta carta ou deste poema, plenamente merecedor!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Novembro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

CARLA DIACOV


Seja bem vinda e muito obrigado!

Quando tiver oportunidade, visitá-La-ei ...

Saúdo-A calorosamente


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Novembro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

SOFÁ AMARELO


... e esse mar grande teve ocasião de se recostar num belo sofá amarelo ...

Por aqui O acolho dando-Lhe as boas vindas!

Saudações


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Novembro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

PAULO


Meu Caro,

Sabe, amiúde penso que o que falta é mesmo e tão só isso!

Reconhecido, também eu O saúdo e abraço, Seu


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Novembro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

RIOS I


Pelas 11 850, mais 120 visitas!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 6 de Novembro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

SEGUNDO DIA DA VISITA DO PRESIDENTE HU A PORTUGAL


Repego pela positiva as Palavras da Manela e escrevê-las-ia começando assim:


Sou como um junco

que navega bem
em águas cristalinas

( ... )


E permaneço por aqui nada arrependido das palavras que, em ascese mayor, como o escreveu Intemporal, dirigi ao Presidente Hu neste Seu segundo dia de visita a Portugal.

Para todos os efeitos, merecedor que entendo delas o ser, Hu Jintao é o Presidente do Povo Chinês que entre nós em visita se faz representar ...

E assim Lhe diria, olhos nos olhos, tudo o que aqui ou onde quer que seja, de meus lábios transporto no meu coração.

Diplomaticamente, pulidamente como tudo pode ser dito e assim se o saiba fazer sem hipocrisias ou duplas faces, sem esconder pedras nas mãos prontas a arremessar na primeira ocasião!

E no reconhecimento explícito da importância desta visita que se aos olhos dos comuns poderá não ter nada de especial ou reflectir, apenas, um sinal de capitulação, pelo que se diz e como se diz mais não revela do que a salvaguarda de uma autonomia que se preserva, mais, de um desafio positivo que se lança (!), para lá da importância que a visita irremediavelmente traduz ...

Pois se a China estará interessada em investir neste país, sinal dos tempos, quem não o estará!?

E que reflexos não o terá para este povo e no contexto global!?

E que reflexos não o terá também para o povo chinês, na determinação resoluta que nesta postura, determinado me move!?

A real potitik, nos dias que correm, não reside num discurso de dupla face e esse, esse é que é gerador de desconfiança ...

... desconfiança essa que já não engana ... os mercados!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 7 de Novembro de 2010

walter disse...

é! como estará o coração de Liu?

tocante e comovente esta carta/poema e que seja ela mais um elo de uma corrente que desaccorrente os agrilhoados pensamentos de quem por direito é livre de pensar

de coração apertado dou-lhe um abraço

walter

Jaime Latino Ferreira disse...

WALTER


Querido Amigo,

Que bom tê-Lo por aqui e logo neste momento ...!

Corrente que desacorrente ...

Por vezes, com duas pedras na mão ou com um discurso dúplice embora na melhor das intenções, quebram-se todas as correntes e elos, a começar nos daqueles que agrilhoados estão e que por direito são livres não apenas de pensar mas de viver!

Por vezes ...!

De coração tocado retribuo-Lhe o abraço


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 7 de Novembro de 2010

Silviah Carvalho disse...

Lindo! um poema patriótico e perfeito, mais parece uma canção um Hino.
Bjs. Parabés.

Jaime Latino Ferreira disse...

SILVIAH CARVALHO


Minha Amiga,

Muito obrigado

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 7 de Novembro de 2010

Maria João disse...

Jaime

Meu amigo

E nessas lágrimas que jorram feito mar de todos nós, mundo fora, onde somos tão diferentes e tão iguais, eu pergunto que sal diferente é esse que nos salga a uns e a outros deixa indiferente.

Choro... choro sempre, por Liu e por todos os outros, porque gosto de me sentir salina no adoçado sabor que tenho cá dentro.

Um beijinho

Jaime Latino Ferreira disse...

MARIA JOÃO


Caríssima,

Tento sempre não fazer juízos de intenções, por isso não me atrevo a dizer que outros sejam homens frios ou banhados por outros sais que não os meus e pesem todas as aparências ...

Esse é o meu ponto ...!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 8 de Novembro de 2010