sábado, 9 de outubro de 2010

DA GRAINHA PARA A GRANDE VINHA


Escreve-Te, mãe pátria, esta grainha, cidadão da Grainha de Uva como na Tua língua o meu país se nomeia, tão pequeno e irrelevante ao pé de Ti ...!
Assim sendo, apenas grainha, grão insignificante terei eu de ser, sem uva e sem nada, tão sem nada como as grainhas que profusamente Te habitam e que sendo, eventualmente, aprisionadas por delito de opinião em pouco Te poderão servir ...

Muito antes pelo contrário!
Escrevo-Te a Ti como Tu és, essa tão grande Vinha, a qual assim aprisionando grainhas, pequenos grãos como eu, impedindo-os de florir, apenas em Si mesma crava espinhos de difícil, incómoda e acusadora, desafiante denúncia a fazerem-se recair contra Ti e sobre Ti mesma ...

Os celeiros encheram-se, o vinho jorra por entre as belas castas apuradas, a grande Vinha abre-se ao mundo e a ele quer dar-se em sinal de Paz, mas uma que seja a grainha, o grão encarcerado por dissidência e a Vinha não poderá florescer plenamente nem os Seus frutos darem-se a escorrer em doce licor de Baco.
Há muitos anos estive do Teu lado perante a derrocada dos impérios e intuindo que se também Tu caísses, todos seríamos engolidos no Teu desabar ...

Há muitos mais anos Te visitei e convivi com camaradas recém libertados após o fanatismo que Te varreu antes da abertura e que se mostravam orgulhosos na sua fustigada mas inteira dignidade ...!
Ouve-me grande Vinha!
Sem Liberdade que é de todas as pátrias e de todos os horizontes, o vinho não jorra e as castas, verdadeiramente, não se aprimoram ...
... e o medo, esse apenas tolhe e é inimigo de uma fortalecida, desejada coesão ...

Que mil flores desabrochem e de todas as cores!

Liu Xiaobo
-
na atribuição do Nobel da Paz a Liu Xiaobo, activista político da não violência encarcerado na China por delito de opinião
não deixa de ser um bom sinal, segundo relata a agência Efe que Sua mulher a poetisa Liu Xian tenha sido hoje autorizada a visitar o Seu marido na cadeia em que se encontra aprisionado, em Beijing
-
Incentivo
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Outubro de 2010

28 comentários:

. intemporal . disse...

.

. que sejam estes os "sinais" do des.tempo a ser o tempo que [ainda] vamos tendo .

.

. em nome da liberdade .

.

. no seio da paz .

.

.

. abraço.O .

. amigo .j.a.i.m.e. ,,,

.

. paulo .

.

Jaime Latino Ferreira disse...

PAULO


Meu Querido Amigo,

Esta é uma carta, o Paulo diria que pueril e sem Lhe querer tirar, abusivamente, palavras da boca, escrita ao Coração da China e numa linguagem que se aproxima, faço por aproximar à metafórica tão querida nessas longíncuas mas tão próximas paragens ...

Um qualquer jornal chinês terá dito tratar-se esta atribuição do Nobel da Paz, de uma vã tentativa de induzir os valores ocidentais na grande pátria de Mao, esquecendo-se, afinal, ter sido o comunismo, ele próprio nascido a Ocidente uma adopção ainda hoje assumida por este tão grande país ...!

Que sejam, os que eu tento infundir, sinais dos tempos, de Liberdade e da Paz!


Meu Amigo,

Um grande abraço


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Outubro de 2010

joanedesire disse...

És bem maluco. Para começar e como se vê aqui, ninguém te ouve, ninguém te lê e parece que têm pena de ti. És o homem da festa porque fazes tudo desde tocar o bombo, deitas os foguetes e apanhas as canas mas parece que não dás conta disso. Também naõ cometes nenhum delito de opinião porque ninguém te liga. Constrois um mundo que não existe a não ser na tua imaginação. Os malucos e malucas que comentam o que escreves parecem que tem pena de ti e não sei porquê. Estarás com alguma depressão? Ninguém que bate bem da bola diz que hoje tem 20 vizitas e no minuto seguinte diz que tem mais 30 visitas. Deviam explicar-te que esses mapas são de clics aleatórios porque se reparares quando entras no teu blog, aparece um pontinho vermelho a piscar na china, no cais do sodré ou na lua. Mas deixa lá que a partir dagora ja sabes.
Também estou muito satisfeito por o Obama ter recebido o prémio nobel da paz no ano passado. Se esse senhor chinês que ganhou já lutasse pela liberdade na china antes do Obama receber o prémio, tinha recebido ele esse prémio já no ano passado. mas só há uns meses é que começou essa luta, dentro da prisão na china.
Tu precisas de ajuda, meu amigo mas não é esta ajuda que te estão a dar aqui. Precisas de ouvir umas verdades para acordares e não parecer mal.

manuela baptista disse...

esteve há 21 anos com os estudantes na praça Tiananmen

pacificamente, combate a falta de liberdades na China e continua preso e condenado e não se espanta, porque sabe que é esse o preço a pagar!

o preço que muitos continuam a pagar, pela liberdade de expressão

a mesma

que permite, a "joanedesire" escrever:

"os malucos e malucas que comentam o que escreves..."

e a nem sequer assinar, o que...escreve!

"DA GRAINHA PARA A GRANDE VINHA"

é um texto fantástico

e entendê-lo, é para quem ainda acredita que a liberdade e os direitos, são valores pelos quais vale a pena fazer a loucura de lutar!

como o prémio Nobel da paz Liu Xiaobo

manuela

Maria João disse...

Jaime

Meu querido amigo

Que grande me sinto eu por afinal ser insana…
E utilizar o privilégio de em liberdade proferir aqui, além e onde quer seja, o que penso, o que sinto, o que escrevo e proclamo. E o que aqui também leio, entendo, respeito, assino e me solidarizo sempre.
Podem prender o corpo, nunca o pensamento. E se insanos somos por lutarmos por quem luta pelo direito de se Ser Humano, na sua expressão maior e mais sublime, que o sejamos pois. Poucos ou muitos, mas com a força do que temos e na liberdade de nos expressarmos de reconhecermos e jamais nos calarmos perante a injustiça.
Que grande me sinto eu, por me rever no que escreve, quando afinal não o diria nunca melhor nem com maior sentido.
A paz, sendo principio de vida é palavra e acto, atmosfera vital no movimento aprisionado de Liu Xiaobo. A nós, cabe-nos a vénia, o respeito e o reconhecimento pela sua palavra que não se verga.

Que grande me sinto, por afinal ser insana…


Um enorme abraço de grande e saudável insanidade.

Jaime Latino Ferreira disse...

O DESEJO DE JOANE


O desejo de Joane seria o de não dar trela a malucos mas não resiste!

E lá se acende um pontinho vermelho, supostamente no Canadá e fica a brilhar e a brilhar tanto tempo quanto, pelo menos, aquele que levou a escrever o seu diagnóstico que não contente por me dar o veredicto nele inclui os meus amigos e visitantes num click nada aleatório e que se não mais revelasse, revela a sua profunda má educação que à frente dos destinos de um povo teria os mais catastróficos resultados.

É bem maluco grita o insano e nem sequer tem a probidade de assinar aquilo que escreve ...!

Vê como ages e dir-te-ei quem és!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Outubro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Obrigado pela tua incondicional loucura!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Outubro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

MARIA JOÃO


Minha Querida Amiga,

Que bom que é viver num hospital psiquiátrico para onde, se o podesse e lembrando outros tempos e lugares o/a desejoso/a insano/a nos remeteria sem piscar os olhos e sem nos dar margem de escolha ...

Nós, ao menos, aqui e agora escolhemos as insanidades com as quais nos identificamos!

Maluco maior é aquele que não enxerga as besteiras que diz!!

Maluco não porque maluco é elogio!!!

Um beijinho

( mal sabia o/a tarado/a a animação que viria a provocar. Calhou que nem ginjas! )


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Outubro de 2010

Linda Simões disse...

"Dizem que sou louca
Por pensar assim
Se sou muito louca
Por eu ser feliz
Mas louco é quem me diz!
E não é feliz!
Não é feliz...

Se eles são bonitos
Eu sou Sharon Stone
Se eles são famosos
I'm Rolling Stone
Mas louco é quem me diz!
E não é feliz!
Não é feliz..."

...

Jaime

Yes! Concordo contigo.Posso escolher a insanidade com a qual me identifico.E sou feliz...


Beijos e um bom final de semana a todos os amigos queridos

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Querida Amiga,

Mais uma ...!

Vamos lá a ver a colecção de malucos, queridos insanos como eu (!), que conseguirei reunir por aqui!

Entretanto ...


Dizem que sou louco
por pensar assim
mas não me dizem porque
o serei ou não
talvez porque não saibam
como bate o coração


Beijíssimos e um bom fim de semana


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Outubro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

GRÃOS I


Aos 9 065 visitantes, atinjo mais 125 consultas nelas incluído aquele que a esta maluqueira lhe não resiste!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Outubro de 2010

. intemporal . disse...

.

. jaime,,, .

.

. é assim o cristal barato .

.

. que de cristal só tem, tão somente ou a.penas, o pseudónimo .

.

. de resto, sempre diverso, é pétala de mal.me.quer .

.

. re.abraço.O .

.

. entre.as."penas" que deram lugar a um belo caril esta noite,,, :) .

.

Jaime Latino Ferreira disse...

PAULO


Meu Caro,

Agora deixa-me confundido ...!

Está a querer dizer-me que o personagem, afinal, corresponde a uma outra identidade que comigo, sinuosa, já se cruzou!?

É que se assim é, então, o seu pontinho vermelho, sem qualquer aleatoriedade, não tem deixado de brilhar por aqui ...!

Nem a despropósito lhe escrevia eu da sua falta de probidade!

Tem piada, nós também fomos comer um excelente caril ao jantar, não de penas mas de gambas!

Reabraço-O eu também e obrigado pelas pistas que me sugere


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Outubro de 2010

manuela baptista disse...

não, não,

quem comeu o caril fui eu!

estou morta de riso...

manuela

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA BAPTISTA


Ora esta, então eu que já tinha depenado o franganote e que lhe estava a milhas de distância julgando-o definitivamente cristalizado, afinal estava mas era a comer o caril contigo ...!

Não de penas como disse mas de gambas!!!

( Para quem não perceba esta deriva entre as penas e as gambas de um caril que aqui se desenvolve entre o Paulo, a Manela e eu próprio, perguntem à desejosa Joana que ela talvez encontre ensejo que a anime com afinco a atestar, finalmente, a nossa total insanidade )


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 10 de Outubro de 2010

BRANCAMAR disse...

Bom dia Jaime,

Apesar de só chegar agora já tinha lido o seu texto, embora com pouco tempo pelo que o vim reler com mais atenção, com a atenção que uma escrita elaborada como esta merece.
Tenho uma admiração enorme por Liu Xiaobo, como por todos os homens e mulheres que dão a vida pela liberdade. E nós, os que vivemos a juventude antes de Abril de 1974 sabemos bem o que isso representa e tantas vidas totalmente entregues a ela conhecemos e tão sofridas e tanto lhes devemos. Trabalhei algum tempo com a Amnistia Internacional e penso retomar e este senhor (joanedesire) que não se percebe muito bem quem é não tem a noção mínima da palavra liberdade, nem de como os gestos daquela organização ou um prémio Nobel como este pode fazer a mudança do mundo. Os ataques pessoais são só ridículos para quem os profere, é gente que não tem que fazer, não tem educação, nem o respeito e a noção que a liberdade deles é libertinagem pura e simples que aremessam aos outros porque nunca aprenderam os limites da boa formação e do bom senso.

Incluo-me aqui nos malucos(as) que gritam por uma mudança na China e pelo respeito humano, concordemos ou não com a opinião dos outros, concordemos ou não com a sua forma de estar, que é o que este senhor não sabe fazer.

Beijinhos amalucados.

Viva a liberdade, abaixo a libertinagem

Branca

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


Querida Amiga,

Seja bem vinda ao clube!

Ou ao asilo!???

Uma coisa é certa, pela negativa, dar-se-á conta (!?), a Joana só nos tem feito reunir forças e afirmar a Liberdade!

A liberdade que, é bom que se diga, não me leva a censurá-la, apagando-a, coisa que o poderia fazer num ápice ...

Não se preocupe que eu também não, um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 10 de Outubro de 2010

O Rasteirinho disse...

Jaime, amigo! O Rasteirinho está consigo!

Jaime, amigo! O Rasteirinho está consigo!

Porque o Cristal nunca é disperso! É singular, nunca diverso!

Deve ter a nuca tinhosa o nosso amigo do cristal da prosa!

Jaime, amigo! O Rasteirinho está consigo!

Jaime, amigo! O Rasteirinho está consigo!

Um abraço de quem, de quem?


D`O Rasteirinho, pois claro.

Jaime Latino Ferreira disse...

JACARÉ


Pois seja bem vindo, já lhe sentia a falta!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 10 de Outubro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

MORAL DA HISTÓRIA


O QUE A JOANA NÃO SABE


Chamo-lhe Joana apenas por comodidade de expressão e que me perdoem todas as Joanas:

1 - O que a Joana não sabe é que há vinte e dois anos quando iniciei a minha Obra ouvi todos os epítetos, a eles resisti e hoje, quando eventualmente os volto a ouvir, já são, para mim, uma graça;

2 - O que a Joana não sabe é que, sendo a escrita o espelho de nós próprios, naquilo que aqui escreveu, isso sim (!), ela estava mas era a olhar para o seu próprio umbigo;

3 - O que a Joana não sabe é que, para ter um mínimo de audiência, ela se tem, qual parasita, de vir colar aqui e mesmo assim para ouvir o que lhe descascam em cima;

4 - O que a Joana não sabe é que, por cada vez que invejosa prescruta este meu blogue, mais visitantes, nele, se contabilizam;

5 - O que a Joana não sabe é que, sem o querer, seguramente, me acabou de dar motivo para a minha próxima página, que até a desfaçatez tenho em o dizer e que para doideira, já basta a minha;

6 - O que a Joana não sabe é que, cada vez que aparece, provoca exactamente o efeito contrário ao pretendido e aqui, seguramente, à própria valorização de Liu Xiaobo, aqui símbolo dos oprimidos e pano de fundo de toda a indignação aqui manifestada e nas trevas em que, ela própria, insecto larvar e símbolo da opressão, chafurda;

7 - O que a Joana não sabe é que não adianta, muito antes pelo contrário (!), contrariar a doideira;

8 - O que a Joana não sabe é que há coisas que têm limites e que de tanto se forçarem acabam por enjoar.


Que Liu Xiaobo seja libertado!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 10 de Outubro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

GRÃOS II


Atingidas as 9 220 consultas, juntam-se mais 155 visitas ao meu blogue!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 10 de Outubro de 2010

*Lisa_B* disse...

Querido Jaime,
excelente texto como aliás todos os que tem escrito desde que o li a primeira vez.

Ando pouco pela net mas com saudades dos amigos que aqui fiz.

Posso ser maluca, insana por assim sentir...e nem me importo com isso.

(Teria vergonha de ir a um blog ROUBAR visitas,ACHINCALHAR amigo do autor desse blog e etc...sem mais comentários quanto a essa estanha identidade que aqui entra desgovernada do desejo de sucesso e visitas que não tem e tenta assim roubar o que aos outros pertence).

Dito isto...desejo ehhehe esta palavra tem que se lhe diga...pois...é uma honra continuar a ler o que o meu lindo amigo escreve com tanta sabedoria.

Beijinhos para si Jaime, para a querida Manuela e para todos os amigos que aqui passam.

Jaime Latino Ferreira disse...

LISA B


Querida Amiga,

Já cá faltava para que o ramalhete dos maluquinhos ficasse ainda mais composto!

Bons olhos a tragam, um beijinho para Si e um aperto de mão vigoroso ao Bruno


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 11 de Outubro de 2010

Jaime Latino Ferreira disse...

PAULO


Caro Amigo,

Volto às pistas que me deu no segundo comentário desta mesma página, uma vez mais para reforçá-las, agora pela via da argumentação em si mesma, dispendida pela peluda Joana que aqui se transformou num oportuno bobo da festa.

Aqui, tal como na minha página Sakineh Ashtiani, o pressuposto de que ambos ou a mesma pessoa partem consiste em implicitamente se insinuar que se ambos, Liu e Sakineh, estão detidos, então é porque algum delito grave terão cometido, escamoteando ou deturpando ignobilmente tudo o mais, ponto, desde as razões que os levaram a ser detidos até à natureza dos regimes que os enclausuraram insinuando-se que tudo o resto não passa de pura mitificação ...

A peluda Joana, estou certo, desejaria estar presa, talvez assim lhe dessem algum crédito que, por si mesma, de facto, não merece de todo!

Ou merece apenas na medida em que num como no outro caso, quem sai engrandecido são aqueles a quem aqui se faz um veemente apelo à Libertação.

Esses e todos os que a esses apelos os subscrevem!

Um abraço, mais uma vez reconhecido


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 11 de Outubro de 2010

Linda Simões disse...

Em nome da liberdade,

volto aqui,

para desejar uma boa noite

aos amigos.


Um abraço de saudade,


Linda Simões

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Querida Amiga,

Boa noite para Si também e para Liu e Sua família, toda a persistência do mundo!

Saudosos beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 11 de Outubro de 2010

Dulce AC disse...

"Que grande me sinto eu, por me rever no que escreve, quando afinal não o diria nunca melhor nem com maior sentido"

Cheguei..:))
Jaime,

Querido Amigo
Olá..!!

Pois é, revejo-me absolutamente, inequivocamente nas palavras da Maria João (Olá..), por ser assim..!!Desde o primeiríssimo dia que aqui vim e decidi ficar..até hoje ..e sei bem que até sempre:
é a minha caminhada e sei bem de quem já não prescindo..!

E SIM que mil flores desabrochem e de todas as cores num significado de plena Justiça, e a Liu Xiaobo seja concedida a Liberdade...!

Um abraço de mil cores para Si Jaime. E Obrigado sempre pelas palavras que quantas vezes nos reflectem e nas quais reflectimos e quão importante é que o façamos..! E Obrigado pela música..Obrigado pela "música das palavras".

dulce

Jaime Latino Ferreira disse...

DULCE AC


Minha Querida,

Agora fico tranquilo porque o ramalhete está, verdadeiramente, composto ...!

E tenho a certeza de que Liu Xiaobo também Lhe fica agradecido!

Um reconhecido beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 12 de Outubro de 2010