quinta-feira, 12 de março de 2009

ESTÍMULO

Há quem se abstenha de exercer o estímulo, o reforço positivo com medo vá se lá a saber de quê e de que lhe caiam, nomeadamente, os parentes na lama.
Assim, numa desconfiança que se replica, defesa do medo, repito, é melhor não dar confiança ...
Se digo bom dia, não me respondem ou faz-se pior ainda, uma carantonha tal que mais valera não ter esboçado nada.
Como quem diz, é parvo (!?), é lá possível, nos tempos que correm, dizer-se tal coisa ou será antes que ele está a mangar comigo!?
Por quem me toma ele, não querem lá ver ... bom dia para quem!??
E este tipo de atitude propaga-se como uma infestação pandémica, patológica e doentia, somando crise às crises!
Estas atitudes, refugiadas nos seus frágeis minaretes com medo que lhes tomem os lugares construídos a cuspo sobre nada ou muito pouco ou lhes descubram as carecas, implícitas prontificam-se pela calada a fazer a vida negra a ai de quem seja educado e não se cale, seja afirmativo e dê o flanco ao contraditório ...
Para esta sorte de indivíduos, ai de quem manifeste a sua solidariedade ou tenha ambição como se esta devesse ser monopólio de deuses menores, mal convencidos da sua astuta e reverencial tacanhez.
E ai de quem propale aos sete ventos ter os pés de barro, então estes não deveriam ser prudentemente escondidos num qualquer confessionário profano e desobrigado!?
E assim estamos, eu que não me calo e os que calam ou me tentam em vão abafar consentindo porém e pelo silêncio e que cada vez mais sempre furo, o que os leva, contrariados ou não, progressivamente a renderem-se.
Eticamente ... já se renderam!
E assim me vou afirmando ...

-
http://www.youtube.com/watch?v=sUgoBb8m1eE
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 12 de Março de 2009

7 comentários:

P. Nuno disse...

Tem que ser alguém a começar e a romper com estas novas formas individualistas instaladas de ser e estar na sociedade. Por isso, BOM DIA JAIME! BOM DIA AMIGOS QUE VISITAM ESTE BLOG!

manuela baptista disse...

BOA TARDE!

Eu hoje também não me atrevo a deixar de saudar o autor deste blog e todos os que por aqui passam.

E espero bem que os parentes não me caiam na lama,porque estão literalmente em risco de escorregar!

Passo a explicar: temos um problema de esgotos no quintal aqui de casa e desde cedo que só oiço berbequins (?) e outras máquinas ainda mais barulhentas em cima e à volta dos ditos canos.

A coisa está complicada, mas ainda mais complicado é perceber as explicações do pedreiro sobre a "rede" a "caixa" e o "aldrabão que construiu este anexo".

E eu pergunto: "Então e qual é o orçamento, para resolver tudo isto?"

E o pedreiro: "Não digo! Porque a senhora não ia gostar!"

Entretanto já há buracos por todo o lado, ligações directas à lama onde corremos o risco de cair.

Lindo!

Eu também estou a precisar de um estimulozinho para atravessar esta sexta-feira treze.

Manuela Baptista

Já repararam que hoje o Jaime não conseguiu ser o primeiro a comentar? :)!

manuela baptista disse...

AVAROS

Os avarentos
Carantonhas de jumentos
Guardam
Recolhem
Armazenam
Sempre a fuçar
Sem nunca parar

Gostam do escuro
Dos armários
Dos celeiros
Das caves
E das prateleiras

Alimentam-se de ganância
De inveja
E de desmesurada ambição
Saem impunes
Pela porta da frente
Onde têm à espera o motorista

Derraparão mortalmente
num dia de chuva,porque o óleo e a viscosidade que os envolve não cativa os que não têm medo e gostam de partilhar.

Manuela Baptista

jaime latino ferreira disse...

PADRE NUNO E MINHA QUERIDA


Só agora consegui cá chegar e retribuir-Vos as delicadezas estimulantes!

É assim mesmo, romper as formas individualistas e instaladas de estar, retribuir com abertura ao medo ...

E venham de lá esgotos e trampa, perdoem-me (!), que não é nada do outro mundo a não ser pelo preço da intervenção que se desenha e já que parte de todos nós, não há parentes que se safem, desemboca no esterco sem apelo nem agravo.

Pois se todos nós urinamos e defecamos, não há santo que se safe (!), de que adianta escondê-lo como se a esses e outros dejectos estivessemos imunes!?

Acabei de aterrar e estou um tudo nada escatológico mas a coisa passa ...

Isso mesmo Padre Nuno, que bom é tê-Lo aqui entre nós!

De minha mulher, desculpar-me-á então, é bom nem falar.

Vamos a eles, rompam-se os bloqueios!!!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Março de 2009

Filomena disse...

Manuela,Jaime e já agora Padre Nuno,

Antes de mais, Manuela, tenha calma que o barulho há-de parar e quanto ao, orçamento, olhe, quando o pedreiro lhe quiser dizer o valor, diga que não quer ouvir e pronto. Não paga.
Quanto ao tema do Jaime, eu acho que muitas das atitudes das pessoas têm que ver com a boa-educação.

Beijinhos

Filomena

manuela baptista disse...

Filomena,

O barulho já parou, não porque a electricidade tivesse faltado mas porque a noite chegou.

Ao fim do dia já entendia melhor uma língua chamada pedreirês...

Está imenso calor e as frésias soltam um cheiro doido a Primavera!

Beijinhos e bom fim de semana

Manuela Baptista

jaime latino ferreira disse...

A EDUCAÇÃO DE QUE ALGUNS SE JULGAM PROPRIETÁRIOS


Está a ver o título, Filomena?

Grande parte do que abordo tem, como diz, a ver com a falta de educação, é certo, mas há quem se julgue dela proprietário também!!!

É claro que quando alguém assim se julga, tal revela uma imensa falta de educação mas imagine esta situação:

Alguém que me chama a atenção para que não siga este ou aquele percurso por achar que é assim mesmo e pronto ou prontos.

Eu, ao contrário do que seria previsível, não só não acato o tal conselho como fundamento a minha decisão de ir por outro caminho.

O tal ou a tal cujo conselho eu não acato, em vez de defender o seu ponto de vista e desenvolver comigo, frontal e disponivelmente o contraditório, não, fecha-se em copas e deixa de me passar cartão, exercendo deste modo a propriedade que julga deter sobre a matéria e detendo, eventualmente, algum poder, exerce-o contra mim pressionando-me e julgando deste modo poder levar a sua de vencida.

Está a ver?

Vivemos rodeados de pequenos ditadores receosíssimos de perderem o seu poderzinho de caracaca prontos a tramarem a vida de quem, eventualmente, os enfrente!!!

Quanto ao exercício do estímulo, esses tais, encaram-no como se ao praticá-lo perdessem toda a autoridade.


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 13 de Março de 2009