segunda-feira, 30 de março de 2009

NU

Como a noite que se apaga até ao dia
Canta o rouxinol o que ele via
Onde cada página é uma peça
Música
Roupagem que se tira
E o seu interior
Entre-linhas com sabor
O que por dentro o revira
E mais o faz
Cantar
Escrever
Que até ao nu
Por mais que se dispa
Mais vestes tem para tirar
E mais
E mais e mais como se o ar
Infindo
Se fundisse com o mar
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 30 de Março de 2009

9 comentários:

jaime latino ferreira disse...

PADRE NUNO


Bom Amigo,

Espero ( brincadeira ! ) que não se sinta mal aqui, nesta página, entre dois nus!

O primeiro, feminino, de Modigliani, já do século vinte, o segundo, sanguíneo, um estudo de Agnolo Bronzino, pintor renascentista e que aqui esboça um estudo, veja lá (!), para um quadro sobre o martírio de São Lourenço feito, salvo erro, entre 1565 e 1569.

Continuo aqui o meu diálogo, sempre profícuo, Consigo:

Escrevo neste meu poema:

Onde cada página é uma peça
Música
Roupagem que se tira
E o seu interior
Entre-linhas com sabor

E digo-lhe que, o que no interior das minhas primeiras páginas se trava, estas nossas reflexões, não são menos relevantes do que o que escrevo em primeira página.

Do que estas escondem, ao ponto de involuntariamente podermos esquecer o que lá se passa mas que eu faço questão de valorizar religando umas com as outras.

Como se, as front pages fossem um espectáculo, modéstia à parte, e o seu interior uns bastidores abertos sem os quais o espectáculo não teria lugar!

Não se preocupe que a Sua desassombrada autocrítica e reconhecimento surpreendido ao dar-se conta como ainda não tinha constatado, do que me disse antes, ilibam-no se assim o posso dizer.

E aqui tem como, ao sermos humildes dando a mão à palmatória, é a nossa própria autoridade que se reforça e cresce aos olhos públicos, já que público é tudo o que aqui, nos blogues, se passa!

E era para isso que eu chamava a atenção sem particularizar, que sendo público ou temos um critério norteador da nossa práxis ou acaba por valer tudo nesta metáfora do autoritarismo que ainda o é a blogosfera.

Este nosso diálogo, pode crer, a Sua como a minha voz, dão um contributo inestimável para o reforço da transparência e da responsabilidade nestes virtuais caminhos ainda em busca de um caminho.

E onde se constata que na transparência, por muito que nos dispamos, mais fica por despir.

Um grande abraço


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 31 de Março de 2009

jaime latino ferreira disse...

DIE NACHTIGALL


Canção dos primeva de Alban Berg, O Rouxinol que aqui se ouve dá profundidade a um poema que se quer nu, despido, mas que despido fica sempre por despir como uma noite em que cantando, cantando até ao dia ao rouxinol, na claridade que desponta, o esconde no seu canto.


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 31 de Março de 2009

jaime latino ferreira disse...

ERRATA

Canção primeva de Alban Berg ...

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 31 de Março de 2009

P. Nuno disse...

Muito pelo contrário. O que vejo aqui é arte e, sobretudo, a obra criadora de Deus.

Gen 2, 25: "Estavam ambos nus, tanto o homem como a mulher, mas não sentiam vergonha"

jaime latino ferreira disse...

PADRE NUNO


Obrigado, Meu Querido Amigo!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 31 de Março de 2009

Anónimo disse...

Oi, eu recebi um meme da fadinha Anne,e estou repassando para você.
É simples,só terá que fala sobre você....
Passe no meu blog e veja como fazer....
http://meuespacominhavida.blogspot.com
Beijos

jaime latino ferreira disse...

GABRIELA


Minha Amiga,

Falar de mim não é fácil e isso é o que se vai estampando no meu blogue.

Mais curto, só o que consta do meu perfil!

Em todo o caso, obrigado, seu


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 31 de Março de 2009

ellen disse...

LINDO!!!
tenho uma Tela de um Nú que minha filhota pintou :))) está no meu Blog

e...
Há uma brincadeira no meu Blog. Gostaria que participasse :)) fico à espera...

E traga consigo o Presente de Páscoa. É oferta :))

Beijinho

jaime latino ferreira disse...

ELLEN


Minha Amiga,

Obrigado pelos Seus mimos aos quais eu, apenas saberei corresponder pelo que vou oferecendo sem regatear no meu blogue:

Imagens, música e texto, palavras com que Vos brindo!

Um beijinho, Seu


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 2 de Abril de 2009