domingo, 5 de julho de 2009

CAMINHO

Caminho é um trilho
um destino
sagrado porque é fino
sem atilho
-
É o meu caminho como um filho
que tu me pões nos braços
dos cansaços
amor meu que em ti me anilho
-
É o meu caminho
voz
papiro
escrita que não para e em que me firo
é o dealbar deste cadilho
-
Se este é meu caminho
e tu meu trilho
é o nosso um vasto pecadilho
redime-se em um ai no nosso ninho
-
Se este é meu caminho
és tu meu vinho
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Junho de 2009

8 comentários:

manuela baptista disse...

Ao Jaime,

Bonito poema!

Estás redimido da página tramada da Leviandade, até porque eu questiono tudo com ou sem a dita.

"Serse" é Xerxes rei da Pérsia e afinal tem muito geitinho para se vestir em andamento.
O que eu não sabia, é que Xerxes era avô da Mary Poppins...

Isto há cada caminho!

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

À Filomena,Vulcão a tempo inteiro,

batedora de portas,
teimosa,
gulosa,
dorminhoca,
febril,
incoveniente
e preguiçosa

quero dizer,
que os vulções têm a beleza do princípio dos tempos e recordam-nos continuamente que a Terra está viva debaixo dos nossos pés!

Eu também bato com as portas, até porque acho que se deve bater com elas.
Assim os outros sabem sempre onde estamos e se vier alguma coisa chata atrás de nós, entalamo-la!

Um beijinho

Manuela Baptista

Nota: para quem não sabe, esta conversa tem a ver com a vida da Filomena que é só dela,mas onde nós gostamos de espreitar e que tem sempre bonitas fotos.

Alegria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alegria disse...

Maravilhoso, Caminho, adorei, e já andei ou vaguei por muitos.
Sempre venho xeretar teu blog, e muito aprendo, obrigada. Na verdade creio que bolgs são trocas de informação e sentimentos.

Renata Vasconcellos Farias
Brasil.

Ana Cristina disse...

Jaime

Ainda bem que o caminho encontrou os trilhos e continua com ou sem leviandade (de preferência com!!).

Não sei se estamos na mesma onda (para não dizer caminho ou trilho,rsrssr) mas também não faz mal!

Ai Manuela, quem aguenta estes políticos?

Beijinhos.
Ana Cristina

Filomena disse...

Manuela e Jaime!


Somos nós que fazemos o caminho ou é a vida que nos indica que rota seguir?

Beijo grande para os dois, por isso é que é grande senão eram vários e pequeninos.


Filomena

manuela baptista disse...

Os políticos, Ana Cristina, desaguentam-se!
São trilhados!

Beijinhos

Manuela Baptista

jaime latino ferreira disse...

ENA PÁ


Vários comentários:


Ao comentário eliminado,

Não fui eu que o eliminei, o que não sabia é que quem o escreve também o pode eliminar ...!?

Eu não pratico qualquer tipo de censura!


À Renata Farias,

É sempre um prazer tê-La por cá, já tinha saudades Suas!


À Ana Cristina,

Sempre pronta a avacalhar!

Políticos, a quem se está a referir!?


À Filomena,

Somos nós e a vida que determinamos a rota, mas nós temos, nesse processo, um importante papel a desempenhar!


À Manuela,

Quanto à tramada da leviandade, não te era, nem a ti e nem às nossas Amigas dirigida.

Bates com as portas, tem graça, nunca me tinha dado conta!

A todas um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 5 de Julho de 2009