terça-feira, 8 de setembro de 2009

DESAFIO

Desafio-te, pessoa institucional ou singular, cidadã ou cidadão livres e sejam quais forem as tuas inclinações políticas ou confessionais ou, pura e simplesmente, as tuas mundivisões particulares:
A que me acuses de uma qualquer tomada de partido que não seja pelo da Democracia, pelo sistema de representação democrático;
A que me acuses de não concorrer, pese embora me afirmar católico apostólico romano o que é um direito que me assiste, de não concorrer, escrevia, para a distensão confessional e religiosa nela incluídos aqueles que não se pronunciam ou que a nenhuma confissão professem nem em qualquer delas acreditem;
A que me acuses, por fim, e muito embora pese, no contexto da minha Obra, a afirmação da minha mundivisão sem a qual nesta não existiria singularidade específica, a que me acuses de não contribuir para a distensão entre as visões do mundo e para a qual antes dou um contributo em aberto, em aberto, repito e relevante, acrescentaria eu (!), no enraizamento do convívio harmonioso das mundivisões particulares e desde que não sejam exclusivas, facciosas, racistas ou xenófobas!
Pondera:
A ser assim, verdade sempre relativa à Pessoa e ao seu contexto, no caso, a mim próprio (!), que enorme Valia não se apresenta aqui, não de uma leitura superficial mas antes atenta, atenta, sistemática e interactiva acrescentaria ainda (!), e já de tudo o que neste meu blogue se perfila e dá a conhecer em público!?
E assim sendo, repito, escrevei-me que sim ou que não e fundamentadamente, que ilacções verdadeiramente Políticas, daqui se deverão inferir?
Sobretudo quando, no respeito Institucional e medido no tempo, por um lado, entendida a palavra Institucional no seu sentido mais abrangente e, por outro, na salvaguarda das singularidades cidadãs e da sua privacidade, como não apenas se infere da minha mundivisão exposta como da interacção com aqueles que me comentam neste e noutros blogues anteriormente mencionados, aqui me dou e incansável, expondo-me numa entrega que, se é um direito que me assiste, a ninguém mais obriga embora perante a minha consciência, a ela aprisionado, me obrigue a mim!
Em desafio e postos estes considerandos, dizei-me pois de que me acusais!?
Uma pessoa, quem quer que seja, não se revela, apenas, nuns minutos de antena que lhe sejam concedidos!
Perante este desafio Vos deixo dando espaço à reflexão.
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 8 de Setembro de 2009

24 comentários:

manuela baptista disse...

J'accuse!

Zola presente para te defender!
A complicação será maior do que a de Dreyfus e o processo,mais fraudulento?

Pois eu às instituições digo quase nada e seria mesmo nada,caso não reconheçesse honestidade em algumas.

Acusem-me lá de ser Anarquista, vá lá...

Manuela Baptista

Jaime Latino Ferreira disse...

TEM PIADA


Não foi nada que não me tivesse ocorrido, que do que escrevi não viesse à tona, subliminar, reflexivo, o libelo J'Accuse de Émile Zola ...

Não te acuso de coisa nenhuma!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 8 de Setembro de 2009

Filomena disse...

Jaime,

Pelo que de Si conheço( e já conheço alguma coisa) a Sua Integridade fala por Si.

Um beijo cheio de calor humano


Filomena

Jaime Latino Ferreira disse...

FILOMENA


Minha Querida,

Imagine que até ao dicionário fui:

Íntegro ou inteiro, completo, honrado, recto.

Integridade ou qualidade do íntegro, carácter daquilo a que não falta nenhuma das suas partes ( ... )

Deixa-me sem palavras!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 8 de Setembro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

AINDA A PROPÓSITO DE J'ACCUSE DE ÉMILE ZOLA


Se J'Accuse é um libelo acusatório agora, o meu texto, inverte as permissas e desafia a que me acusem ...

Eu não estou a acusar ninguém, apenas desafio a que me acusem a mim e sob pena de o Vosso silêncio se tornar num consentimento explícito, na aprovação e admissão do que me traz até Vós!

Como escrevo no fim e dando espaço à reflexão, aguardarei as réplicas e não editarei, na pausa que se seguirá, novas páginas até a entender como pausa suficientemente explícita e impressiva.

Que me desculpem pois, os meus leitores mas terei de saber, mínimamente e já que nada do que escrevo é inócuo, o terreno que continuarei a pisar!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 8 de Setembro de 2009

manuela baptista disse...

A reflexão está um bocado monótona, ou é impressão minha?

Descomplica-te, ou lê os sete volumes de "Em busca do Tempo Perdido".

Desacusa-te, ou conta uma anedota.

Boa noite ou até amanhã!

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Estás a ver,

ainda ninguém me acusou de anarca ou simplesmente provocadora.

Estamos perdoados!

Agora é de vez,

Manuela Baptista

Brancamar disse...

Eu concordo com a Manuela. Apesar de vir cá espaçadamente, quase sempre estamos de acordo. Ainda me lembro de uma célebre noite em que tive de dar razão à Manuela na crítica aos noticiários televisivos.
Também concordo com a Filomena e embora não tendo estado por aqui algum tempo, do que conheço do Jaime e de alguns posts para tràs, bem como de outro escritos e comentários noutros blogues acho-o sim uma pessoa democrática e plural na aceitação dos outros.
Que mais dizer, que a Manuela dá sempre um toque único, divertido e inteligente a esta caixa de comentários.
Gostei de passar e de assistir à reflexão...
Agora vou ouvir a música, que sei ser sempre da boa.
Beijinhos
Branca

Jaime Latino Ferreira disse...

SANDRA RIBEIRO


Seja bem vinda ao conjunto daqueles que me seguem!

Desculpe não me pôr a segui-la também mas há qualquer coisa com a minha identidade que me impede de a colocar no seu blogue.

Sinta-se por aqui com todo o à vontade, Seu


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Setembro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


A Manela é um diabinho à solta, diabrete nestas caixas de comentários e ainda bem!

Já lhe respondo a seguir ...

A Branca é uma querida mas ainda que fosse um diabinho à solta seria sempre bem recebida.

Como não agradecer-Lhe os Seus elogios!?

Finalmente, gostou da música?

Um beijinho e apareça sempre


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Setembro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

PÁGINA DENTRO DA PÁGINA


Manuela,

Descomplicar-me com os sete volumes de 'Em Busca Do Tempo Perdido', eu bem o tentei com o primeiro volume em francês ...!


Desacusação


Eu bem me desacuso ou justifico o que me trás até Vós e nada, ou melhor, só oiço encómios tal como a ti, ninguém se atreve a dizer que és uma anarca, provocatória e inveterada!

Quanto à anedota:


Anedótico


Anedótica é esta situação em que, fazendo doutrina, ninguém se atreve a questioná-la, a desmontá-la!


Página dentro da Página


Finalmente:

Assim me manterei dando aso a que, no interior desta caixa de comentários outra página se desenrole, mural interactivo e no agradável choque de opiniões na esperança de que alguém me desmonte e me acuse do que quer que seja!

Assim me manterei por mais uns tempos, na esperança de que na Democracia mais fundo se vá do que, já não é mau (!), o respeito pelas opiniões contrárias ou a importância do sufrágio, aprofundando-a no desenvolvimento do contraditório que se afirme pela crítica sistemática!

Anedota!?

Anedótica é esta situação em que pela omissão, excepção sempre feita a todos os meus ilustres comentadores (!), se julgará, eventualmente, poder-se passar um esponja sobre tudo o que por aqui se desenrola como se nada houvesse ou fosse um mero e irrelevante capricho ...

Essa é que é a anedota das anedotas!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Setembro de 2009

Brancamar disse...

Jaime,

Desculpe a má pontuação. Pensei que tinha colocado um ponto de interrogação em "Que mais dizer...?", distrações preversas para a nossa língua.
Quanto à música, claro que gostei...sabe que sim..., também me posso considerar previligiada pela boa colecção de clássicos e outros géneros que possuo, quer em cd, quer em vinil, sim porque nós somos de uma geração em que o vinil imperava.
Volto
Beijinhos.

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCAMAR


Querida Amiga,

E viva a geração do vinil!!!

Beijinhos


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Setembro de 2009

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

Desde mis --- HORAS ROTAS ---

y --- AULA DE PAZ ----

TE SIGO ---A MUSICA DAS PALAVRAS---





. comparto tu blog

con un fuerte abrazo y

Saludos cordiales de amistad:




afectuosamente :
A MUSICA DAS PALAVRAS






jose

ramon…

Jaime Latino Ferreira disse...

FINALMENTE


Serve a presente nota para Vos participar que já puz em dia, porque finalmente resolvi o embróglio, a reciprocidade que me obrigava a tornar-me seguidor daqueles que me seguem!

Qualquer dia tenho uma lista de blogues infindável já que o meu critério é este, o da reciprocidade embora depois me falte a disponibilidade, confesso, para todos os ler!

Pelo facto e sem qualquer desconsideração, uma vez mais me desculpo.


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Setembro de 2009

Linda Simões disse...

Belo post!Para refletir sobre Justiça,Democracia,Liberdade de expressão!

Gostei imenso.

Jaime Latino Ferreira disse...

JOSE RAMON


Caríssimo,

Te sigo también!

Reconhecido, com um abraço


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Setembro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Que Lhe hei-de dizer ...!?

Que me toca e envolve com o Seu comentário!

O mal está ... em as pessoas não se deixarem envolver, fechadas nas suas carapaças com medo, quiçá, de se exporem ...

Uma vez mais, muito obrigado, Seu


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Setembro de 2009

Linda Simões disse...

Jaime,

obrigada.


Pelas palavras em meu blog,pelas daqui.

Sim,muitas pessoas se escondem por "n" motivos...Medo,timidez,falta de palavras adequadas...

Ou simplesmente silenciam e observam,refletem...Para novamente silenciar.
Talvez...
Não é a vida um palco?

...

Jaime Latino Ferreira disse...

LINDA SIMÕES


Minha Amiga,

Sim, as pessoas escondem-se e no seu pleno direito por todos os motivos que escreve e outros mais, seguramente.

Se a vida é um palco!?

Claro que é e por mais que nos escondamos!

E não é um palco a fingir, é o palco do real ...

Por isso, tenho para mim que se o é, há que nele representar com toda a intensidade dramática, com toda a ... realeza!

Um beijinho e boa noite já que aqui, deste lado do mar, já é noite


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Setembro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

PAULO INTEMPORAL


Meu Caro Amigo,

Desculpe-me mas distraí-me:

Quase que me ía passando dar-Lhe as boas vindas pese embora elas estarem implícitas!

Seja bem vindo ao conjunto dos meus seguidores:

Sinta-se como se em Sua casa estivesse!

Seu


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 10 de Setembro de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

SANDRA RIBEIRO


Minha Amiga,

Então já a tenho a seguir-me por via de dois blogues distintos!?

Boa!

Também eu a sigo já em dois dos Seus blogues e neste último deixei-Lhe uma mensagem.

Aceite um beijo


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 10 de Setembro de 2009

. Paulo . Intemporal . disse...

. na assertividade plena e bel.íssima que representa a tradução da verticalidade presente nas sílabas responsáveis pela composição das palavras .

. um exemplo . concreto .

. "amei.de.amar" esta denúncia de um "EU" que se ergue para poder andar .

. um abraço, sentido .

. os meus parabéns !

Jaime Latino Ferreira disse...

.PAULO.INTEMPORAL.


Meu Caro,

Agora sim, parece que temos a escrita em dia pronta a frutificar!

Um Abraço reconhecido


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 10 de Setembro de 2009