sexta-feira, 8 de maio de 2009

AINDA

Minha cabeça estremece com todo o esquecimento. Eu procuro dizer como tudo é outra coisa.
( Herberto Helder )
-
http://www.youtube.com/watch?v=kBDZoYqH4Ng
-
Eu gostava ainda de sublinhar, na sequência das duas páginas anteriores e das reflexões que lhes foram anexas, outras possíveis conclusões e que não são de hoje, são de sempre:
No tempo, sujeita a Obra à prova do tempo, do tempo histórico, o que tem valor e que não se perca pelo caminho, acaba por ser reconhecido embora nem sempre no tempo de vida útil do autor, do artista.
No tempo de vida útil porém, individualmente considerado, existe uma enorme dificuldade em avaliar, em desenvolver o juízo, o espírito crítico quando a Obra ainda não tem uma chancela, quando esta não se encontra devidamente escudada em etiquetas, parangonas, contextos favoráveis, rotulagens ou embalagens.
Por outro lado, para rematar e parafraseando Manoel de Oliveira, gostaria ainda de escrever:
O autor não faz sentido sem o outro autor, os destinatários a quem, por definição, a Obra se dirige!
E é este, desde sempre (!), o drama do autor quando cria e se confronta com a sua Obra.
Incontornável!
Exemplo:
Bach, após a sua morte, esteve esquecido nas gavetas durante quase cem anos.
Foi Félix Mendelssohn quem o desenterrou do esquecimento ...
Acordai, grita-nos então uma voz!
-
http://www.youtube.com/watch?v=eC35GS88OqA
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 8 de Maio de 2009

8 comentários:

jaime latino ferreira disse...

ACORDAI


Wachet auf significa acordai.

A primeira ária, de Mendelssohn e tal como a oratória em que se integra, Paulus, foram escritas à volta de cem anos depois mas à imagem de uma outra ária de Bach com o mesmo título, a segunda que nesta página registei, e das suas próprias oratórias e cantatas.

Se a estas duas lhes acrescentarmos a canção heróica Acordai de Lopes Graça e que eu próprio perfilhei, como podereis constatar, no meu perfil temos então um triplo e majestático apelo que os tempos de apatia clamam em alta voz!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 8 de Maio de 2009

jaime latino ferreira disse...

INFORMAÇÃO


Antes do lançamento público de uma banda que, em tempos, dirigi, os Terra a Terra, rodámos tocando pelas estações de metro da cidade de Lisboa e, convenhamos, o acolhimento que então recebemos foi bem mais caloroso do que aquele concedido a um instrumentista consagrado como o é, bem mais do que, alguma vez o fomos mas à posteriori e nós muito antes dele, Joshua Bell!


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 8 de Maio de 2009

jaime latino ferreira disse...

BRANCAMAR


Minha Querida Amiga,

Lá li a Sua reflexão última. escrita em Brilho e Escuridão, texto que Lhe dediquei!

Não se desculpe mais porque, assim, eu até me sinto mal ...!

Eu é que Lhe tenho que pedir desculpas por uma tão acelarada produção!!!

Um grande beijinho,


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Maio de 2009

Brancamar disse...

Jaime,

Cá estou hoje pela segunda vez, depois de uma belíssima sesta para retemperar forças e mais retemperada fiquei com as belas peças musicais que nos deixou.
Um dia destes venho cá "roubar"estes links todos para mim, para os guardar e oferecer por e-mail aos meus amigos, só ainda não o fiz porque sei que quando quiser os tenho aqui à disposição. Quanto ao texto achei muito interessante a forma como aproveitou os comentários deixados na caixa de "Anonimato e Celebridades", embora com outras nuances, que os completam.
Interesante saber que teve uma banda,o Jaime é o que se pode dizer um "Homem dos sete instrumentos".
Pois, vinha também avisá-lo do meu comentário tardio lá atràs, mas vejo que já o leu.
A sua produção não será acelerada, a minha é que anda muito lenta, bem como o meu acompanhamento noutros espaços, mas não me tem sido possível de outra maneira, mesmo, terão que me perdoar por isso.
Beijinhos.
Branca

Jaime Latino Ferreira disse...

BRANCA


Minha Querida,

E a cantiga de escárnio e maldizer, leu-a na página anterior?


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Maio de 2009

Brancamar disse...

Claro que li Jaime e sorri. Achei imensa piada ao seu estilo, eu sei que não é capaz de um escárnio e maldizer como convém, sai muito adocicado e parece mais um mimo que um arremesso maldizente.

Beijinhos

jaime latino ferreira disse...

BRANCAMAR


Minha Querida,

Também era só o que faltaria se eu escarnecesse que não de uma forma adocicada Consigo, não Lhe parece!?

Beijinhos escarnecedoramente doces,


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 9 de Maio de 2009

somebody disse...

酒店經紀人,

菲梵酒店經紀

,

酒店經紀,

禮服酒店上班

,

酒店小姐,

便服酒店經紀

,

酒店打工,

酒店寒假打工,

專業酒店經

,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工經紀,

制服酒店經紀,

專業酒店經

,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工,

酒店經紀,

制服酒店經紀,