segunda-feira, 3 de agosto de 2009

FLOR

Ai minha flor
tua cor
de alegria remata
enche-me de teu odor
inebriante desata
-
Liberta como sabor
para sorver como nata
é o amor
uma data
eternidade sem dor
-
Ai minha flor
dor que ata
desejo e o seu estertor
vontade que desempata
e espanta todo o horror
-
-
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Agosto de 2009

5 comentários:

manuela baptista disse...

Às vezes a mais bela flor é a que no meio do vermelho pinta um sol de Verão, ou a que nasce com uma pétala a mais.

Muito bonito!

Manuela Baptista

manuela baptista disse...

Estão aprovadas as "COM PÁGINAS DA MINHA PARTE" para animar as "SEM PÁGINAS DE UMA ARTE".

Mas tens de esperar um pouco porque o meu blog ainda está pouco spot.com!

MB

David Rangel disse...

Muito bom esse teu post...achei impressionante a imagem tambem
paz ae

Jaime Latino Ferreira disse...

DAVID RANGEL


Muito obrigado!

Um Abraço


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Agosto de 2009

Jaime Latino Ferreira disse...

MANUELA


Meu Amor,

Estamos combinados e como amor com amor se paga, lá me terás no teu blogue com a rúbrica COM PÁGINAS DA MINHA PARTE!

Quanto ao mais, espero o tempo que achares oportuno.


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 3 de Agosto de 2009